Salvar

Salvar

Salvar

Salvar

http://portalpbh.pbh.gov.br/pbh/ecp/comunidade.do?evento=portlet&pIdPlc=ecpTaxonomiaMenuPortal&app=meioambiente&tax=43437&lang=pt_BR&pg=5700&taxp=0&

 

 

Salvar

Salvar

Salvar

Salvar

.


   
 
  PRINCIPAL / SALA DE NOTICIAS
 
 
 
BH foi sede de reunião preparatória para 2º Encontro de Secretários de Meio Ambiente das Capitais.
Publicado em 05/03/2013 12:52:22

Ao saudar os participantes da reunião preparatória para o 2º Encontro de Secretários de Meio Ambiente das Capitais, que será realizado em Porto Alegre-RS, de 21 a 23 de abril, o prefeito Marcio Lacerda destacou que “o Brasil e o mundo passam por uma fase favorável à implementação de políticas de desenvolvimento sustentável e que, a despeito de alguns obstáculos, é possível avançar nesse sentido”.  Marcio Lacerda lembrou, ainda, que o programa de governo da Prefeitura em relação ao meio ambiente foi elaborado com ampla participação de ambientalistas.

A reunião preparatória, realizada na terça-feira, dia 05/03, na sala multiuso da PBH, contou também com a presença da secretária de Meio Ambiente da PBH, Carla Vasconcellos, do secretário adjunto, Vasco Araújo, dos secretários de Meio Ambiente de Vitória-ES, Cleber Bueno Guerra, e de Porto Alegre-RS, Luiz Fernando Záchia, além de representantes das prefeituras do Rio de Janeiro-RJ e de São Paulo-SP.

Reunião contou com a participação do Prefeito Márcio Lacerda, da Secretária de Meio Ambiente de BH, Carla Vasconcellos.

De acordo com o secretário Luiz Fernando Záchia, anfitrião do evento de âmbito nacional no próximo mês, o desafio será dar continuidade ao trabalho iniciado no primeiro encontro, realizado no ano passado, no Rio, em que foi elaborada a Carta Rio pela Sustentabilidade, contendo propostas para o estabelecimento de um pacto federativo pela sustentabilidade.

A secretária municipal de Meio Ambiente de Belo Horizonte, Carla Vasconcelos, acrescentou que no encontro de Porto Alegre os participantes terão a oportunidade de trocar experiências e conceitos, o que certamente será muito proveitoso, uma vez que “meio ambiente e qualidade de vida são temas de primeira ordem em Belo Horizonte e o desenvolvimento sustentável é compromisso de governo da administração municipal”, afirmou.

A secretária também destacou a necessidade de se discutir  as questões ambientais em conjunto, pois não há como dividir o meio ambiente do meio urbano. “Uma cidade não é apenas o meio físico, é um ecossistema, uma região de contradição e conflito, entre graves problemas em relação ao meio ambiente, como a utilização do meio urbano e as necessidades de mobilidade. Esse conjunto de questões não pode ser enfrentado isoladamente, mas sim de uma forma conjunta e sustentável”, concluiu.

Objetivo

Segundo Anna Louzada, Secretaria Executiva do Comitê Municipal Sobre Mudanças Climáticas e Ecoeficiência (CMMCE), e uma das coordenadoras da reunião preparatória, o objetivo principal do encontro foi o de encontrar formas para a regulamentação da carta Rio pela Sustentabilidade, e elaborar uma plataforma de colaboração entre os gestores-chefes por meio de troca de experiências, visões e boas práticas. Alguns dos objetivos são o apoio mútuo na implementação de medidas na redução de carbono e adaptação à mudança climática, e na criação de espaços urbanos mais sustentáveis.

A coordenação desse trabalho está a cargo da Prefeitura de Porto Alegre (por isso a participação de seu secretário), com o apoio do Instituto Latino Americano de Desenvolvimento Econômico Sustentável (ILADES) e da Fundação Konrad Adenauer (FKA).

Carta

Entre as propostas da carta estão o estabelecimento de um Pacto Federativo pela sustentabilidade que disponha sobre as responsabilidades de cada ente federado e preveja os recursos necessários à sua implementação, incluindo a criação de fundos financeiros alavancados por meio da oneração de produtos e serviços não sustentáveis; e o estimulo aos financiamentos públicos que contemplem critérios de sustentabilidade nos empreendimentos.

 

| Voltar