PRINCIPAL / SALA DE NOTICIAS
 
 
 
Cine Humberto Mauro apresenta a mostra Pierre Perrault
Publicado em 24/05/2012 17:28:35

A Fundação Clóvis Salgado, em parceria com a Associação Balafon, apresenta no Cine Humberto Mauro, no Palácio das Artes, entre os dias 29 de maio e 10 de junho, a mostra “Pierre Perrault – Retrospectiva e Colóquios no Brasil”, uma retrospectiva integral com a exibição dos 31 longas e curtas-metragens dirigidos ou escritos pelo cineasta canadense e três filmes sobre sua obra. A entrada para as sessões e conferências é gratuita, com retirada de ingressos na bilheteria do cinema meia hora antes do início.

Além da exibição dos filmes, a programação conta com quatro conferências sobre a obra de Pierre Perrault, mediadas por pesquisadores e acadêmicos do Brasil e do exterior. Muitos dos filmes que integram a programação da mostra serão exibidos pela primeira vez no Brasil. Ao longo de sua trajetória artística (que inclui também a literatura e o rádio), Perrault dirigiu 11 longas-metragens e cerca de 20 curtas e médias-metragens. Alguns de seus filmes mais célebres, como os da trilogia da Île-aux-Coudres com Pour la suite du monde (1963), foram exibidos em raras ocasiões.

A retrospectiva oferece ao público mineiro a oportunidade de descobrir todos os filmes de Pierre Perrault legendados em língua portuguesa. Eles serão apresentados em ciclos temáticos: a trilogia fundadora da Île-aux-Coudres, a busca da identidade coletiva, o ciclo de Abitibi, o homem e a natureza, o rio Saint-Laurent, a série Au Pays de Neufve-France, entre outros. Para o gerente de Cinema da Fundação Clóvis Salgado, Rafael Ciccarini, a exibição da retrospectiva apresenta ao público mineiro as obras de um dos principais nomes do cinema canadense e da história do documentário, cuja obra não é muito conhecida, inclusive, pelos mais cinéfilos.

Exibida anteriormente no Rio de Janeiro, depois de Belo Horizonte a mostra será apresentada em outras cinco capitais brasileiras (João Pessoa, São Paulo, Porto Alegre, Salvador e Recife). Na capital mineira, a mostra conta com o apoio da Universidade Federal de Minas Gerais (UFMG) e com o patrocínio da Lei Municipal de Incentivo à Cultura de Belo Horizonte. Mais informações sobre a mostra e a programação completa do evento podem ser obtidas pelo telefone 3236-7400 ou no site da Fundação Clóvis Salgado (www.fcs.mg.gov.br).

Conferências e Debates

Durante a mostra, serão realizados conferências e debates que pretendem apresentar ao público mineiro uma discussão ampla sobre a obra do autor, assim como levantar pontos específicos sobre alguns filmes. De maneira geral, nesses momentos os espectadores da mostra terão a oportunidade de conhecer um pouco mais sobre a vida e a obra de Pierre Perrault. Vasta e variada, esta obra recobre os campos do rádio, da literatura (prosa e poesia) e do cinema, objetos que estarão em pauta durante as discussões. No cinema, Perrault é considerado um dos maiores documentaristas da segunda metade do século 20 e um representante fundamental do cinema direto. A obra cinematográfica de Pierre Perrault trata de temas e questões do Quebec, que se podem imaginar muito distantes do Brasil, mas que encontram vários ecos na sociedade brasileira, como, por exemplo, o desaparecimento progressivo de práticas tradicionais, hoje tão discutido no país, ou o tema do descobrimento e da colonização. Uma comparação entre o cinema brasileiro e o cinema de Perrault também estará em pauta.

Mais informações para a imprensa pelo site www.fcs.mg.gov.br.

| Voltar