PRINCIPAL / SALA DE NOTICIAS
 
 
 
Regional Barreiro realiza Pré-Conferência da Pessoa com Deficiência
Publicado em 30/03/2012 15:00:48

No dia 22 de março, quinta-feira, foi realizada a Pré-Conferência da Pessoa com Deficiência da Regional Barreiro. A conferência foi promovida no auditório da PUC Barreiro e teve a finalidade de propor melhorias para as pessoas com deficiência e escolher os delegados que irão representar o Barreiro na III Conferência Municipal de Direitos da Pessoa com Deficiência, em maio.

O secretário de administração regional, Sylvio Malta, deu as boas vindas ao público de 180 pessoas, composto por profissionais de diversas áreas, entidades não governamentais, estudantes, pessoas com deficiência e seus familiares. “Oferecer pleno acesso às pessoas com deficiência, garantindo autonomia para transitarem pela cidade e usufruirem do que ela tem a oferecer é nossa obrigação enquanto membros do governo”, reconheceu o secretário. Após destacar os avanços da cidade, no campo das políticas públicas para as pessoas com deficiência, ele frisou que ainda há muito a ser feito em matéria de inclusão social. “Trazer novos olhares e vivências para as discussões é fundamental. Contamos com vocês e esperamos que as discussões promovidas aqui sejam produtivas e possam conduzir a avanços consistentes”, conclamou.

Também participaram da abertura, a representante do Serviço de Proteção Social à Pessoa com Deficiência Barreiro, Juliana Xavier, o gerente regional de políticas sociais, Dilson José de Oliveira, o coordenador da Coordenadoria dos Direitos da Pessoa com Deficiência, José Carlos Dias e o representante do Conselho Municipal de Pessoas Portadoras de Deficiência, Arnaldo Godoy. Eles ressaltaram a importância da ação conjunta para o exercício dos direitos da pessoa com deficiência. “É através do conselho que temos voz para escolher propostas de melhorias para as nossas vidas”, destacou Arnaldo Godoy.

Foram eleitos oito delegados da sociedade civil organizada, quatorze delegados com deficiência, ou que tenham familiares com deficiência, e oito delegados de âmbito governamental. Eles vão representar a regional na conferência municipal. “Nós que convivemos diariamente com as pessoas com deficiência, sabemos o quão importante é a conferência. Esse encontro mostra que não estamos sós, que podemos contar com muitas pessoas na luta por melhores condições”, destacou a representante governamental, Juliana Xavier.

Além de eleger os delegados, os participantes discutiram propostas de políticas públicas. “Mamãe, fale na conferência para ter mais acessibilidade nas ruas, porque está difícil, todo dia chego em casa com o pescoço doendo”, disse Vanderlúcia Monteiro, relembrando o pedido do filho, que é cadeirante. “Estou aqui para pedir acessibilidade, não só para o meu filho, mas para todos que têm dificuldade de locomoção”, disse. Assim outras propostas aprovadas durante a pré-conferência, o pedido de Vanderlúcia será apresentado pelos delegados durante a conferência municipal.

Lúcia Aparecida de Almeida, também foi eleita delega. Ela defende uma forma diferente de ver e abordar as pessoas com deficiência. “Muitos confundem deficiência com sofrimento. Eu sou deficiente e não me considero uma sofredora. Trabalho e me cuido, tal como as outras pessoas”, frisou.

Barreiro desenvolve atividades para crianças com deficiência


Não é raro ver a educadora social Patrícia Santos sair da Regional Barreiro com sua mala, em direção à casa de crianças e adolescentes com deficiência. Ela leva recursos para promover atividades lúdicas que agucem a imaginação e envolvam toda a família. O objetivo é fazer das brincadeiras um hábito e um elo familiar. “Quando percebemos que a família tem dificuldades em realizar brincadeiras e sair de casa com a criança, fazemos visitas quinzenais a elas”, explica Patrícia.

As atividades são escolhidas de acordo com as necessidades da criança e de quem convive com ela. “Levamos materiais diferentes, condizentes com o perfil e a realidade de cada família. Ás vezes são livros e contamos historias. Em outros casos também criamos brinquedos”.

O trabalho com as famílias não fica restrito só à casa. Esse ano, a brincante já levou duas famílias para um passeio ao zoológico. “Foi uma manhã maravilhosa. Fizemos um piquenique e mostramos para eles como é importante esse contato das crianças com o mundo fora de casa”, lembrou Patrícia.
O Serviço de Proteção Social à Pessoa com Deficiência atende na Rua Flávio Marques Lisboa, 345, 1º andar, Barreiro.

| Voltar