Salvar

Salvar

Salvar

Salvar

http://portalpbh.pbh.gov.br/pbh/ecp/comunidade.do?evento=portlet&pIdPlc=ecpTaxonomiaMenuPortal&app=meioambiente&tax=43437&lang=pt_BR&pg=5700&taxp=0&

 

 

Salvar

Salvar

Salvar

Salvar

.


   
 
  PRINCIPAL / SALA DE NOTICIAS
 
 
 
Artista plástica retrata elefantes e alerta para o risco de extinção da espécie
Publicado em 05/04/2017 16:00:47


Foto Maria Inês Ribeiro

A Prefeitura de Belo Horizonte, por meio da Fundação Municipal de Cultura apresenta, de 5 a 29 de abril, no Centro Cultural Padre Eustáquio (Rua Jacutinga, 821, Padre Eustáquio), a exposição “Elefantes”, da artista plástica Maria Inêz Ribeiro. A mostra traz pinturas acrílicas e óleo sobre tela, que retratam a crueldade da matança dos elefantes e o risco da sua extinção. A exposição tem entrada gratuita e pode ser visitada de terça a sexta, das 8h às 17h e aos sábados, das 9h às 12h.

O talento de Maria Inêz Ribeiro para a pintura foi desenvolvido na própria Fundação Municipal de Cultura, dentro da Escola Livre de Artes. Admiradora da natureza, Maria Inêz passou a pesquisar e se informar sobre a vida dos elefantes. Logo ela se deparou com a triste realidade desses animais que são perseguidos e massacrados pelo homem. “Esse tema me sensibilizou, gerou várias emoções de amor e respeito a esses animais. Após várias pesquisas, me senti na obrigação de sensibilizar outras pessoas através da minha arte, para que mais pessoas abracem a causa e lutem pela defesa dos elefantes”, afirma.

Em suas obras, Maria Inêz busca expor a necessidade de proteger os elefantes. Inspirada na obra “Lentes que Gritam”, do fotógrafo britânico Nick Brandt, a artista buscou retratar de maneira realista os animais, usando técnicas de sombra, luz e perspectiva. “Foram suas poderosas e realistas imagens que me levaram a ver a exuberância de tão belos animais no seu tamanho formas e principalmente inteligência”.
 

| Voltar