Salvar

Salvar

Salvar

Salvar

http://portalpbh.pbh.gov.br/pbh/ecp/comunidade.do?evento=portlet&pIdPlc=ecpTaxonomiaMenuPortal&app=meioambiente&tax=43437&lang=pt_BR&pg=5700&taxp=0&

 

 

Salvar

Salvar

Salvar

Salvar

.


   
 
  PRINCIPAL / SALA DE NOTICIAS
 
 
 
Prodabel e Sebrae certificam alunos do Programa Empreendedores de Futuro
Publicado em 15/12/2016 11:00:21

 Com 18 anos de idade, Sérgio Felipe Eucarístico, já sonha alto. Desde 2015 passou a integrar a equipe da marcenaria do pai com uma visão inovadora. Ele desenvolve um trabalho de móveis sustentáveis com reaproveitamento de materiais. “Avalio os objetos encontrados para saber ser está apto a se transformar em outro móvel. Com o meu projeto, diminuo o custo para o cliente em 30% e ainda, ajudo a preservar o meio ambiente”, afirmou.
Maurílio Pereira e Geraldo de Andrade Melo fazem parte de uma cooperativa da construção civil, a Coopmult. A ideia da criação do grupo surgiu para minimizar a incidência de problemas em relação a obras, seja de prazo ou até da qualidade do serviço entregue. A proposta da cooperativa é por meio da auto-gestão, criar um cronograma para que o cliente consiga acompanhar o orçamento, o tempo e a evolução do trabalho, além de fazer a contabilidade.
Roberta Santos e Vinício Ferreira perceberam que existe uma grande vontade das pessoas em relação a criação de hortas, mas que não sabem por onde começar. O projeto deles visa o plantio de legumes, verduras e frutas. “Com pouco espaço é possível construir uma horta e ter vários produtos em casa. Nosso projeto apresenta novas ideias de plantio aproveitando o espaço disponível em casa ou até mesmo no trabalho para produzir alimentos orgânicos e com custo menor”, afirmou Roberta.
Sérgio, Maurílio, Geraldo, Roberta e Vinício foram alguns dos alunos certificados pelo Programa de Pré- Aceleração“ Empreendedores de Futuro”, desenvolvido pela Empresa de Informática e Informação do Município de Belo Horizonte (Prodabel), por meio de sua Diretoria de Inclusão Digital, em parceria com o Serviço de Apoio às Micro e Pequenas Empresas de Minas Gerais (Sebrae-MG). Além da certificação, a programação do dia contou com painel de empreendedores convidados que já atuam no mercado, mostra de projetos dos alunos e apresentação cultural do grupo “La da Favelinha”, formado por moradores da comunidade do Aglomerado da Serra. O evento foi promovido no Sebrae e contou com a presença de cerca de 100 pessoas
O Programa destina-se à captação de boas ideias de negócios de pessoas com mentalidade empreendedora e tem como objetivo estimular a economia local e aumentar o capital empreendedor das comunidades de Belo Horizonte. Este programa aconteceu durante dois meses, e qualificou 44 emprendedores que puderam neste período modelar suas ideias em negócios rentáveis, viáveis e transformadores.
O diretor Técnico do Sebrae-MG, Anderson Costa Cabido, descreveu o programa como inovador e pioneiro. “É a primeira vez que estamos realizando esta ação e não posso deixar de ressaltar a importância desta parceria do Sebrae e da Prodabel. Os projetos inscritos têm potencial e estes dois meses de curso ajudaram os empreendedores de futuro com planejamento, organização e metas. Mais que botar a mão na massa e fazer acontecer é a capacidade de sonhar que não pode ser perdida nunca. O Sebrae acredita no potencial das pessoas e fazer os sonhos serem colocador em prática, pode transformar um país inteiro. Parabéns por serem comprometidos e se dedicarem a este curso”, felicitou Anderson.

As ideias de negócios foram bastante variadas: marcenaria sustentável, agricultura urbana, bolos, doces e massas caseiras, obras e reformas na área da construção civil, moda, cinta de amarração para cargas, entre outras. Os alunos passaram pelas etapas de desenvolvimento da ideia, validação e organização dos processos de gestão e mercado. O trabalho foi desenvolvido no Centro de Qualificação em Tecnologias da Informação (CQTI) da Prodabel, onde os participantes receberam consultorias, mentorias e instrutorias sobre perfil empreendedor, cliente e mercado, problema e solução, prototipagem e mínimo produto viável, canais, vendas e finanças, além de métricas do negócio, vantagens competitivas, storytelling e apresentação. As aulas foram ministradas por consultores do Sebrae e empreendedores que já atuam em Belo Horizonte.

 

| Voltar