Salvar

Salvar

Salvar

Salvar

http://portalpbh.pbh.gov.br/pbh/ecp/comunidade.do?evento=portlet&pIdPlc=ecpTaxonomiaMenuPortal&app=meioambiente&tax=43437&lang=pt_BR&pg=5700&taxp=0&

 

 

Salvar

Salvar

Salvar

Salvar

.


   
 
  PRINCIPAL / SALA DE NOTICIAS
 
 
 
SMSA inaugura 10 leitos de CTI no Hospital Odilon Behrens
Publicado em 08/01/2016 15:12:56


A Secretaria Municipal de Saúde inaugurou, na última terça-feira (29/12/15), mais 10 leitos do Centro de Terapia Intensiva do Hospital Odilon Behrens (HOB), que agora passa a contar com 50 leitos de CTI. Foram investidos cerca de R$500 mil na aquisição dos equipamentos e contratação de cerca de 50 profissionais que darão maior suporte aos pacientes que precisam de cuidados intensivos.

O CTI é uma unidade que atende a pacientes que precisam de assistência médica, de enfermagem, laboratorial e radiológica ininterrupta. Atualmente, a Rede SUS-BH possui 5.694 leitos, sendo que destes, 763 são de UTI. No HOB são 86 no total. Com a inauguração deste novo CTI, o HOB se consolida como o terceiro hospital público da capital com maior número de leitos de terapia intensiva.

A ampliação faz parte de uma série de melhorias realizadas pela SMSA para garantir o acesso adequado aos serviços de saúde pela população. No caso do HOB, os impactos positivos refletem também na assistência aos pacientes das cidades metropolitanas que buscam atendimento médico na capital. “O impacto assistencial que a abertura de leitos de terapia intensiva representa para a rede SUS se traduz na ampliação de acesso dos pacientes críticos que necessitam de um minucioso manejo e condução de situações graves ameaçadoras da vida, que não tinham oportunidade de serem tratados da forma mundialmente recomendada. Desde a inauguração 19 pacientes já passaram pela unidade, clínicos e cirúrgicos, moradores de BH e da região metropolitana encaminhados inclusive pela CINT ”, afirma Paula Martins, superintendente do HOB.

Até o mês de julho, outras mudanças, que fazem parte da reestruturação e requalificação do HOB ocorrerão. Dentre elas aumento dos leitos de enfermaria cirúrgica, área exclusiva de pronto-atendimento pediátrico permitindo a ampliação deste serviço, abertura de mais 10 leitos de terapia intensiva adulto

UPA HOB já passa dos 12 mil atendimentos

A inauguração da UPA HOB, na Regional Noroeste, aconteceu em dezembro do ano passado e faz parte da reestruturação da Rede de Urgência da capital. Diretamente ligada ao HOB, a UPA já realizou mais de 12.000 atendimentos. O corpo clínico conta com 11 clínicos, 2 ortopedistas, 1 cirurgião, 4 enfermeiros, 18 técnicos de enfermagem, 4 técnicos de laboratório e 2 bioquímicos. Esta reestruturação trouxe ganhos significativos para a população e trabalhadores, que contam agora com instalações mais amplas e adequadas, melhor fluxo de trabalho, com espaços exclusivos para os atendimentos de urgência e emergência.

As UPAs da capital atendem a uma média de 300 pessoas por dia. Estas unidades apresentam uma taxa de resolutividade de 96,5%, o que significa que apenas 3% dos casos não são resolvidos na própria unidade e necessitam de transferência para um hospital. Já a taxa de óbitos das UPAs da capital é de 0,15%, percentual considerado satisfatório pelos padrões internacionais de atendimentos de urgência e emergência.
 

| Voltar