Salvar

Salvar

Salvar

Salvar

http://portalpbh.pbh.gov.br/pbh/ecp/comunidade.do?evento=portlet&pIdPlc=ecpTaxonomiaMenuPortal&app=meioambiente&tax=43437&lang=pt_BR&pg=5700&taxp=0&

 

 

Salvar

Salvar

Salvar

Salvar

.


   
 
  PRINCIPAL / SALA DE NOTICIAS
 
 
 
Seminário comemora os 21 anos do PRHOAMA no SUS-BH
Publicado em 26/11/2015 15:00:23

Foto José Luiz Campos

Em comemoração aos 21 anos do Programa de Homeopatia, Acupuntura e Medicina Antroposófica do SUS-BH (PRHOAMA), a Secretaria Municipal de Saúde (SMSA) promoveu o “Seminário de 21 anos do PRHOAMA”. O evento aconteceu no auditório Phoenix da Faculdade Fumec. Participaram do seminário, o secretário municipal de Saúde, Fabiano Pimenta, o coordenador de Práticas Integrativas e Complementares da Secretaria de Estado de Saúde de Minas Gerais, José Geraldo Martins, e trabalhadores da saúde.

Em Belo Horizonte são 36 médicos do PRHOAMA, sendo 20 deles homeopatas, atuando em 18 Centros de Saúde. O programa realiza, em média, 30 mil consultas por ano, considerando-se as três terapias juntas. Fabiano Pimenta falou da preocupação em alterar a prioridade da saúde no Brasil. “Temos que inverter o modelo de saúde que tratamos no nosso país, priorizar a atenção primária. Dessa forma, investiremos de forma mais eficiente na saúde e de forma pontual na alta complexidade. E programas como o PRHOAMA mostram como nos preocupamos com formas alternativas de prevenção”, defende o secretário.

O seminário foi dividido em sete mesas que discutiram a importância das terapias do programa para o SUS-BH. “É com muita satisfação que vemos várias pessoas de diversos setores da secretaria participando do seminário. É o espaço de discutir, opinar e trocar ideias sobre esse tema tão pertinente para o SUS-BH, que comemora mais de duas décadas do programa na capital”, afirma Cláudia Prass, membro do conselho gestor do PRHOAMA e representante da Gerência de Assistência em Saúde (GEAS).

Voltado para a assistência, o programa compreende a adoção de práticas integrativas complementares, que têm como objetivo estimular as forças curativas naturais a recuperar a harmonia física, afetiva, espiritual e social, para restabelecer a saúde do paciente. Essas práticas contribuem para o serviço prestado pela psicóloga do Centro de Saúde Novo Aarão Reis, na região Nordeste, Iêda Mendes Souza, que ressalta o valor das terapias para seu trabalho. “O tema é muito importante e contribui para o nosso trabalho diário na unidade, promovendo um novo olhar sobre a saúde e contribuindo para a qualidade de vida dos moradores de toda a cidade.”
 

| Voltar