Salvar

Salvar

Salvar

Salvar

http://portalpbh.pbh.gov.br/pbh/ecp/comunidade.do?evento=portlet&pIdPlc=ecpTaxonomiaMenuPortal&app=meioambiente&tax=43437&lang=pt_BR&pg=5700&taxp=0&

 

 

Salvar

Salvar

Salvar

Salvar

.


   
 
  PRINCIPAL / SALA DE NOTICIAS
 
 
 
Semana do Conhecimento divulga trabalhos desenvolvidos pela Zoo-Botânica
Publicado em 09/02/2015 15:42:45


Foto: Suziane Fonseca

Com o objetivo de divulgar os trabalhos e pesquisas desenvolvidos por técnicos e estagiários dos jardins Zoológico e Botânico, do Parque Ecológico da Pampulha e do Serviço de Educação Ambiental, a Fundação Zoo-Botânica de Belo Horizonte (FZB-BH) promove desde esta segunda-feira, dia 9, a Semana do Conhecimento 2015. A programação reúne diversas atividades até sexta, dia 13, no auditório do serviço de Educação Ambiental da FZB, próximo ao prédio da administração, na Avenida Otacílio Negrão de Lima, 8.000, Pampulha.

A abertura da Semana do Conhecimento foi realizada nesta segunda no auditório da Casa de Educação Ambiental, em evento que reuniu funcionários da FZB-BH, o presidente da FZB-BH, Jorge Espeschit, o diretor do Jardim Zoológico, Gladstone Araújo, e o diretor do Jardim Botânico, Odilberto Roque Bezerra.

Durante essa semana serão apresentados 22 trabalhos científicos que se relacionam a distintos aspectos da fauna e da flora silvestres, e também de educação ambiental. As palestras incluem temas como “Biologia reprodutiva de Dimorphandra wilsonii”; “Projeto de conservação da Arara-Azul-de-Lear na FZB-BH”; “Reestruturação e integração das coleções de plantas medicinais (vivas e secas) do Jardim Botânico da FZB-BH”; “Estudo dos comportamentos sociais na formação de um casal de Gato palheiro (Leopardus colocolo) no Jardim Zoológico da FZB-BH”; “O Aquário da Bacia do Rio São Francisco e suas contribuições para a Educação Ambiental”; “Levantamento da Avifauna do Parque Ecológico da Pampulha”, entre outros. A programação completa pode ser consultada na página da FZB-BH no site da Prefeitura de Belo Horizonte, www.pbh.gov.br/fundacaozoobotanica.

Ecologia Integral

Fundadores do Centro de Ecologia Integral, a jornalista Ana Maria Vidigal Ribeiro e o psicólogo José Luiz Ribeiro de Carvalho ministraram ontem à tarde a palestra de abertura, “Ecologia Integral”. "Quando falamos em ecologia integral fazemos questão de salientar que a ideia da não separatividade, de que tudo está interligado, que é fundamental para o entendimento da nossa proposta, já vem sendo apontada por muitos pensadores em vários campos do conhecimento”, explicou José Luiz.

O evento também contou com a participação da professora do Departamento de Biologia Geral da Universidade Federal de Minas Gerais (UFMG), Marta Svartman, que apresentou o trabalho “Citogenômica de Primatas Brasileiros”, que teve como objetivo estudar citogeneticamente os mamíferos do Zoológico da FZB-BH pertencentes às ordens Xenarthra (tamanduás) e Plathyrrini (primatas de pequeno e médio porte) para a identificação de espécies e a compreensão das relações filogenéticas e de mecanismos de evolução do genoma.

As demais palestras serão ministradas por estagiários da Fundação, alguns deles bolsistas da Fundação de Amparo a Pesquisa do Estado de Minas Gerais (Fapemig), por biólogos e técnicos da FZB-BH. Desta vez, além dos funcionários, poderão participar permissionários e convidados. Além disso, o evento estará aberto ao público, dependendo apenas da confirmação dos interessados.

De acordo com o estagiário do Jardim Botânico, Tiago Vilas Boas da Silva, que comandará a palestra “Fenologia de três espécies nativas existentes na Fundação Zoo-Botânica de Belo Horizonte”, o evento vai permitir uma maior divulgação de seu trabalho. “É uma oportunidade importante e desafiadora, porque será a primeira vez que apresentarei um trabalho fora da minha instituição de ensino e para um público completamente diferente,” destacou.

Tiago acredita que seu trabalho deve fornecer um rico material para as atividades educativas desenvolvidas pelo Jardim Botânico, promovendo a popularização do conhecimento científico e a valorização da flora nacional. “O trabalho também contribui com informações básicas de cultivo e produção de mudas das espécies estudadas”, conclui.

Educação ambiental

Do ponto de vista da educação ambiental, um dos destaques da semana é o trabalho da bióloga e educadora ambiental Rízzia Dias Botelho, que comandará a palestra “Campanhas educativas em prol da conservação da biodiversidade... as experiências da Fundação Zoo-Botânica de Belo Horizonte (FZB-BH) em 2013/2014”.

O estudo faz um apanhado sobre quatro importantes campanhas educativas lançadas ou apoiadas pela Sociedade de Zoológicos e Aquários do Brasil (SZB) para mobilizar os zoológicos e instituições conservacionistas em todo o país. As campanhas “Minha amiga é uma anta” (2013), “Tem tatu aqui” (2014), “Zoos & Aquários por 350” e “Dia Nacional de Urubuzar” mobilizaram centenas de pessoas que visitaram a FZB-BH e que participaram de várias atividades e receberam importantes informações sobre cada assunto.

O objetivo das campanhas é possibilitar que os conhecimentos científicos de conservação sejam divulgados de modo integrado, por meio de materiais educativos que tenham uma identidade visual única e que esses materiais possam suprir especialmente as necessidades do público visitante dos zoos.

Essa é quarta vez que a Semana do Conhecimento é realizada. Em 2000, 2002 e 2005, o evento contou com boa participação de servidores de todas as áreas da instituição, além de vários convidados.

 

| Voltar