Salvar

Salvar

Salvar

Salvar

http://portalpbh.pbh.gov.br/pbh/ecp/comunidade.do?evento=portlet&pIdPlc=ecpTaxonomiaMenuPortal&app=meioambiente&tax=43437&lang=pt_BR&pg=5700&taxp=0&

 

 

Salvar

Salvar

Salvar

Salvar

.


   
 
  PRINCIPAL / SALA DE NOTICIAS
 
 
 
Conferência de Assistência Social amplia discussão das diretrizes da política municipal
Publicado em 25/07/2013 18:51:33

A Prefeitura de Belo Horizonte, por meio da Secretaria Municipal Adjunta de Assistência Social, promove sexta e sábado, dias 26 e 27, na Escola Municipal Marconi (avenida do Contorno, 8.476, bairro Santo Agostinho), a 10ª Conferência Municipal de Assistência Social. O evento reunirá membros da sociedade civil e representantes do setor público e de entidades do terceiro setor. O objetivo é avaliar a situação atual da política de assistência social na capital e propor novas diretrizes para o seu aperfeiçoamento, em especial quanto aos avanços do Sistema Único de Assistência Social (Suas).

Com o tema "A Gestão e o Financiamento na Efetivação do Suas", a 10ª conferência foi idealizada em um formato inédito quanto ao seu processo preparatório. As pré-conferências, que normalmente ocorriam nas nove regiões da cidade, foram reordenadas e divididas em três encontros, todas realizadas em julho, sendo uma com foco nos trabalhadores, outra nas entidades e a última voltada exclusivamente aos usuários do sistema, o que possibilitou um maior aporte quanto à qualidade dos debates e das deliberações, aprofundando as discussões e análises mais atentas ao conteúdo produzido a partir do evento.

De acordo com o secretário municipal adjunto de Assistência Social, Marcelo Mourão, a conferência será uma oportunidade para ampliar a discussão das diretrizes que norteiam a política de assistência social em Belo Horizonte e também um espaço para a construção conjunta de novas estratégias de trabalho. “Esse é um momento muito importante para a cidade na medida em que, por meio da participação de usuários, trabalhadores e entidades conveniadas, conseguimos avaliar a política e propor deliberações e propostas coletivas que possibilitem uma maior eficiência no atendimento aos cidadãos, um bom gerenciamento de recursos financeiros e de mão de obra, uma gestão do trabalho eficaz e uma oferta de serviço qualificado pela rede socioassistencial. É fundamental que as deliberações tiradas sejam propositivas, contribuindo para o fortalecimento de Belo Horizonte nas conferências estadual e federal”, ressaltou.

As conferências municipais são realizadas a cada dois anos e no evento também serão eleitos delegados que representarão o município para participação nas versões estadual e nacional, esta prevista para acontecer no mês de dezembro, em Brasília. São esperados cerca de 700 participantes, entre usuários e profissionais atuantes no Suas BH. Para o presidente do Conselho Municipal de Assistência Social, Willian de Sá, que já participou de cinco conferências municipais como usuário da assistência social, estar bem informado é fundamental para alcançar os avanços necessários. “Existem duas formas de participação popular. Uma é indo às ruas e outra por meio das conferências. Na conferência a pessoa fica no ‘olho do furacão’, aprende o que pode cobrar do Município e do Estado e descobre de onde vem e se existe verba para atender as solicitações, fica sabendo sobre o que foi e sobre o que não foi implementado”, disse. Segundo William, nas conferências é possível conhecer as entidades que prestam os serviços aos usuários e de onde vêm os apoios.

Programação da 10ª Conferência Municipal de Assistência Social

Local: Escola Municipal Marconi (Avenida do Contorno, 8.476, bairro Santo Agostinho)

· Sexta-feira, dia 26

16h30 – Abertura oficial
18h – Leitura e aprovação do regime interno
19h – Companhia de Arte e Mobilização da Smaas
19h30 – Painel Temático – “A Gestão e o Financiamento na Efetivação do Suas”, com os palestrantes Viviane Souza Pereira, professora da Universidade Federal de Ouro Preto, e Marcelo Alves Mourão, secretário municipal adjunto de Assistência Social.

· Sábado, dia 27

8h – Plenárias Temáticas: O Cofinanciamento Obrigatório da Assistência Social; Gestão do Suas: Vigilância Socioassistencial, Processo de Planejamento, Monitoramento e Avaliação; Gestão do Trabalho; Gestão dos Serviços, Programas, Projetos e dos Benefícios do SUAS e Regionalização.
11h – Eleição dos delegados para Conferência Estadual de Assistência Social.
13h – Plenária Final – Deliberação das propostas apontadas nas plenárias temáticas e apresentação dos delegados municipais indicados para a conferência estadual.

| Voltar