Salvar

Salvar

Salvar

Salvar

http://portalpbh.pbh.gov.br/pbh/ecp/comunidade.do?evento=portlet&pIdPlc=ecpTaxonomiaMenuPortal&app=meioambiente&tax=43437&lang=pt_BR&pg=5700&taxp=0&

 

 

Salvar

Salvar

Salvar

Salvar

.


   
 
  PRINCIPAL / SALA DE NOTICIAS
 
 
 
Fundação Zoo-Botânica promove ação contra o uso de cerol no Parque Ecológico
Publicado em 23/07/2013 18:19:45



Durante a temporada de férias escolares o Parque Ecológico da Pampulha, administrado pela Fundação Zoo-Botânica de Belo Horizonte (avenida Otacílio Negrão de Lima, 6.061, Pampulha), é uma das grandes opções de lazer e descanso da região. Soltar pipas no parque está entre as principais atividades que envolvem crianças, jovens e adultos que acompanham os filhos na brincadeira.

Nesse período, cresce o número de pessoas que visitam o espaço e as atenções estão voltadas especialmente para o combate do uso de cerol nas linhas dos papagaios. Há um aumento nos casos de apreensões de linhas com a substância cortante e extremamente perigosa que, em contato com a pele, pode provocar ferimentos profundos e muitas vezes letais, principalmente quando atinge a região do pescoço.

Em parceria com a Guarda Municipal, com o Tribunal de Justiça e o Juizado da Infância e da Juventude, a Fundação Zoo- Botânica de Belo Horizonte (FZB-BH) promoveu uma ação contra o uso de cerol. Ao todo foram recolhidas cerca de 40 latas de linhas com cerol. O combate ao uso de cerol no parque é permanente e todo material apreendido será utilizado em atividades de educação e conscientização do público, especialmente das crianças, principais alvos.

O objetivo, como explica o presidente da Fundação Zoo-Botânica, Jorge Espeschit, é que o ato de soltar pipas seja feito de forma segura para todos. “Temos registrados vários casos de apreensões de linhas com cerol e não podemos permitir que isso faça parte do cotidiano das áreas de lazer da cidade, locais onde temos pessoas passeando com a família, andando de bicicleta e aproveitando os espaços para descanso”, explica.

No último final de ação, a atividade de combate contou ainda com a presença dos mascotes Galo Doido, do Atlético, Raposão, do Cruzeiro, e Coelhão, do América, que exibiram uma faixa com o pedido “Diga não ao cerol”. Eles interagiram com o público presente e posaram para fotos com as crianças.

O que é o cerol

O cerol é uma mistura de cola com caco de vidro moído que é aplicada em linhas de pipas, com o objetivo de cortar as linhas de outras pipas. A substância possui um alto poder de corte, e torna-se, assim, um grande risco para pedestres, ciclistas e principalmente motociclistas, sua principal vítima.

 

| Voltar