Salvar

Salvar

Salvar

Salvar

http://portalpbh.pbh.gov.br/pbh/ecp/comunidade.do?evento=portlet&pIdPlc=ecpTaxonomiaMenuPortal&app=meioambiente&tax=43437&lang=pt_BR&pg=5700&taxp=0&

 

 

Salvar

Salvar

Salvar

Salvar

.


   
 
  PRINCIPAL / SALA DE NOTICIAS
 
 
 
Defesa Civil de BH certifica sua primeira turma de estagiários
Publicado em 09/07/2013 19:39:02

O projeto de estágio voluntário da Prefeitura de Belo Horizonte, desenvolvido pela Coordenadoria Municipal de Defesa Civil (Comdec) em parceria com o Centro Universitário UniBH, formou sua primeira turma de estagiários. Ao todo, 42 estudantes receberam os certificados que foram entregues na última semana de junho, na reitoria do UniBH, no bairro Buritis. Iniciado em janeiro deste ano, o projeto é voltado para os alunos dos cursos de Engenharia Ambiental, Civil e Geológica e, entre outros objetivos, aproxima os futuros profissionais da rotina de quem trabalha com defesa civil. As tarefas têm uma pausa neste mês devido às férias de julho e serão retomadas a partir de agosto com uma segunda turma de voluntários.

A proposta central é que projeto seja uma cooperação mútua. Os alunos têm a oportunidade de acompanhar as vistorias de análise de riscos construtivos e geológico com a equipe da Comdec. Com isso, colocam em prática os conhecimentos aprendidos e enriquecem o debate dentro das salas de aula. Por outro lado, os técnicos do órgão municipal podem se atualizar sobre as pesquisas e discussões realizadas no ambiente acadêmico. A ação ainda colabora para o desenvolvimento da cultura de risco nas elaborações de projetos estruturais de obras civis.

De acordo com o coordenador de estágio da Comdec, João Cláudio Dimeira, essa primeira experiência teve resultados satisfatórios. “A parceria proporcionou uma melhora na qualidade dos trabalhos de vistoria e, tenho certeza, agregou informações práticas para os estudantes. Além disso, o projeto de estágio fortaleceu as ações da Comdec, que conquistou um prêmio internacional”, disse o coordenador em referência ao prêmio Sasakawa, das Organizações das Nações Unidas (ONU), conquistado pelo sistema de Defesa Civil de Belo Horizonte em maio, em Genebra, na Suíça.

A indicação dos alunos é feita pela coordenaria do curso das escolas de Engenharia do UniBH. Eles devem cumprir uma carga horária de 5 horas pelo menos duas vezes por semana e a experiência pode ser utilizada para completar horas em atividades extracurriculares exigidas pela instituição de ensino. O programa não possui bolsa auxílio. A cerimônia de entrega de certificados contou também com as participações da vice-reitora, a professora Vânia Café, o diretor do Instituto de Engenharia e Tecnologia (IET), do professor João Medrado e dos coordenadores dos respectivos cursos.

| Voltar