Referência como centro de compras, Belo Horizonte atrai visitantes de diferentes regiões, interessados em artesanato, consumo de griffes de moda de indústrias locais e de outros bens de consumo essenciais. Nos domingos, em especial, a capital se notabiliza pela Feira de Artesanato da avenida Afonso Pena, que recebe cem mil consumidores, interessados em levar para casa ou para comercializar em outras cidades, produtos dos mais variados tipos.

A cidade tem um conjunto de shopping centers comparável aos grandes centros internacionais. Griffes do mundo inteiro e o melhor da produção nacional, nos mais variados e diversificados espaços. Entre bares, cafés e restaurantes, a criatividade e a qualidade das grifes mineiras podem ser encontradas nas boutiques da Savassi e nas sofisticadas "maisons" do bairro de Lourdes. No Barro Preto, um dos bairros mais tradicionais, concentra-se o comércio atacadista de moda, com dezenas de lojas de pronta entrega, que fornecem produtos a comerciantes de todo o Brasil.

E como Minas é um dos maiores produtores mundiais de pedras preciosas e semi-preciosas, Belo Horizonte tornou-se, também, um dos principais centros brasileiros de comercialização de gemas. As jóias criadas e produzidas na cidade são exportadas para os mercados europeu, norte-americano e asiático.

Nos antiquários e na Feira de Antigüidades, há peças de mobiliário, decoração e exemplares da melhor arte sacra do País. A qualidade do artesanato mineiro é reconhecida em todo o Brasil: cerâmica do Jequitinhonha e de Ouro Preto, tapetes em estilo arraiolo de Diamantina e Conceição do Mato Dentro, rendas, obras de pedra-sabão, carrancas esculpidas em madeira, trabalhos em estanho e esculturas de São João Del Rey e Prados. Tudo isto, o turista encontra no Centro de Artesanato Mineiro, situado no Palácio das Artes, ou nos arredores da cidade.

Gastronomia - Delícias da cozinha mineira e internacional

A autenticidade é o traço mais marcante da comida mineira. As grandes distâncias entre as fazendas contribuíram para o surgimento desta culinária de temperos caseiros e ricos sabores. Os proprietários tinham que produzir quase tudo para seu sustento. O cultivo de hortas e a criação de pequenos animais, porcos e galinhas, deram a base para a cozinha mineira. Receitas preparadas à base de feijão e carne de porco - tutu com torresmo, feijão tropeiro; e os frangos caipiras com quiabo ou ao molho pardo são só uma pequena mostra dessa variada e saborosa culinária. Os doces de fruta em calda e os feitos a partir do leite, os biscoitos e bolos, além do pão-de-queijo e do queijo Minas, completam o cardápio. A comida mineira, brincam os experts, é um agasalho para a alma.

A cidade, também, abriu suas portas para a cozinha internacional. Hoje, são várias opções para diferentes paladares, como restaurantes japoneses, franceses, alemães, mexicanos, além dos argentinos, portugueses, espanhóis, chineses, italianos, indianos, tailandeses e outros.

 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 

BH a cidade que conquista - Assista

Português | Inglês | Espanhol

 

Visite a Zoo-Botânica
Mapas de Belo Horizonte
SAC - Atendimento ao Cidadão
BHTrans 
Calendário de Feriados