A Fundação Municipal de Cultura – FMC, instituída pela Lei n.º 9011, em 1º de janeiro de 2005, tem por finalidade planejar e executar a política cultural do Município de Belo Horizonte por meio da execução de programas, projetos e atividades que visem ao desenvolvimento cultural.

Vinculada ao Gabinete do Prefeito, a FMC integra a Administração Pública Indireta do Município e possui autonomia administrativa e financeira, assegurada, especialmente, por dotações orçamentárias, patrimônio próprio, aplicação de suas receitas e assinatura de contratos e convênios com outras instituições.

Desde que foi criada, a FMC tem alcançado seus objetivos aliada à busca para a concretização das diretrizes relativas à cultura municipal. Prova disso é a implantação de novos centros de promoção de atividades culturais em todas as regionais da cidade, além da ampliação de incentivos a projetos e atividades culturais por meio dos recursos da Lei Municipal de Incentivo à Cultura. Além disso, a Fundação tem por atribuição zelar pelo patrimônio cultural do município, bem como promover ações de preservação da memória e de incentivo às manifestações culturais da cidade.

A FMC, por meio de suas unidades culturais, realiza uma programação variada que abrange as diversas áreas e linguagens artístico-culturais. São exposições, apresentações artísticas, festivais, concursos, exibições, lançamentos, consultas a acervos, além de atividades formativas, como palestras, seminários, cursos e oficinas.


Atualmente, a FMC é composta por 33 unidades culturais, sendo: 

  • 12 (doze) instituições de acervo, memória e referência cultural: Arquivo Público da Cidade de Belo Horizonte, Casa do Baile, Casa Kubitschek, Centro de Referência da Cultura Popular e Tradicional Lagoa do Nado, Centro de Referência da Memória de Venda Nova, Museu da Moda de Belo Horizonte, Museu da Imagem e do Som, Museu da Imagem e do Som Cine Santa Tereza, Museu de Arte da Pampulha, Museu Histórico Abílio Barreto, Núcleo de Formação e Criação Artística e Cultural, Palco da Diversidade.
  • 01 (uma) biblioteca: Biblioteca Pública Infantil e Juvenil de Belo Horizonte.
  • 17 (dezesseis) centros culturais e bibliotecas regionais: Centro Cultural Alto Vera Cruz, Centro Cultural Bairro das Indústrias, Centro Cultural Liberalino Alves de Oliveira, Centro Cultural Lindéia/Regina, Centro Cultural Jardim Guanabara, Centro Cultural Padre Eustáquio, Centro Cultural Pampulha, Centro Cultural Salgado Filho, Centro Cultural São Bernardo, Centro Cultural São Geraldo, Centro Cultural Urucuia, Centro Cultural Venda Nova, Centro Cultural Vila Fátima, Centro Cultural Vila Marçola, Centro Cultural Vila Santa Rita, Centro Cultural Zilah Spósito, Usina de Cultura - Centro Cultural Nordeste.
  • 03 (três) teatros municipais: Teatro Francisco Nunes, Teatro Marília e Teatro Raul Belém Machado.
     

Contato:
Endereço: Rua da Bahia, 888, Centro
Belo Horizonte/MG
Telefone: 3277-4620


<<voltar