Considerando-se os empreendimentos em execução, os que estão em fase de contratação ou de análise pela Caixa Econômica Federal, e, também, os estudos, em vários estágios, para destinação de terrenos públicos para habitação de interesse social, o programa Minha Casa Minha, Minha Vida, apresenta potencial para construção, até 2015, de 30.165 unidades habitacionais, sendo 23.973 delas para famílias com renda até R$ 1.600,00 e 6.192 unidades para a faixa de renda entre R$ 1.600,00 e R$ 3.275,00. Confira a seguir a situação do programa em Belo Horizonte.

1 – Empreendimentos entregues:

- até o presente momento já foram entregues 4.199 unidades habitacionais para famílias com renda até R$ 1.600,00 e 1.414 unidades para famílias com renda entre R$ 1.600,00 e R$ 3.275,00.


   
Jardim Vitória II

Jardim Vitória II (Bairro Jardim Vitória, região Nordeste) - foram edificadas 1.950 unidades habitacionais, sendo 1.470 para famílias com renda até R$ 1.600,00 e 480 unidades para famílias com renda entre R$ 1.600,00 e R$ 3.275,00. Para viabilizar o empreendimento a Prefeitura aportou recurso no valor R$ 7,35 milhões e implantou uma avenida no local.

Residencial Parque dos Diamantes (Bairro Diamante, região do Barreiro) - a Construtora QBHZ Ltda. já concluiu 80 unidades habitacionais para a faixa de renda até R$ 1.600,00; a Prefeitura doou o terreno e aportou de R$ 160 mil para viabilizar o empreendimento.

Residencial Jaqueline (Bairro Jaqueline, região Norte) - foram concluídas 135 unidades habitacionais para famílias com renda até R$ 1.600,00 e a Prefeitura aportou R$ 1,28 milhão para viabilizar o empreendimento.

Residencial Orgulho de Minas II (Bairro Vera Cruz, região Leste) – a Direcional Engenharia construiu 240 unidades habitacionais para famílias com renda até R$ 1.600,00 em terreno doado pela Prefeitura.

Residenciais Coqueiros I e II (Bairro Tirol, região do Barreiro) – a Secol Construtora Ltda. edificou dois residenciais com o total de 150 unidades habitacionais para famílias com renda até R$ 1.600,00, em terreno doado pela Prefeitura.

Conjunto Habitacional Parque Real (Bairro Conjunto Paulo VI, região Nordeste) - a Emccamp Residencial construiu 1190 apartamentos para a faixa de renda até R$ 1.600,00. Para viabilizar a obra, a Prefeitura entrou com aporte de recursos de R$ 11,8 milhões.

 Residencial Mirante Boulevard (Bairro Vera Cruz, região Leste) – a construtora Quartzo edificou 274 unidades habitacionais para a faixa de renda de R$ 1.600,00 a R$ 3.275,00.

Residencial Amazonas (Bairro Vera Cruz, região Leste) - A Secol Construtora Ltda. edificou 220 unidades habitacionais para famílias de renda até R$ 1.600,00. O terreno foi doado pela Prefeitura, que também aportou R$ 268 mil para viabilizar o empreendimento.

Residencial Parque do Jatobá (Bairro Vale do Jatobá, região do Barreiro) – A construtora QBHZ construiu 76 unidades habitacionais para famílias com renda até R$ 1.600,00, em terreno doado pela Prefeitura. A Prefeitura aportou R$ 283 mil para viabilizar o empreendimento.

Residencial Colibris (Bairro V. Tabelião Ferraz, região Norte) – A construtora JMGOMES edificou 58 unidades habitacionais para famílias com renda até R$ 1.600,00, em terreno doado pela Prefeitura. A Prefeitura aportou R$ 262,2 mil para viabilizar a obra.

Residenciais Serras de Minas I e II (Bairro Jatobá, região do Barreiro) - A Direcional Engenharia construiu 580 unidades habitacionais para a faixa de renda até R$ 1.600,00.

 





 


2 – Empreendimentos em execução – (Construtoras e Comunicado Público nº 02 CAIXA – 2011)

- 2.074 unidades habitacionais, sendo 1.118 unidades para faixa de renda até R$ 1.600,00 e 880 unidades para faixa de renda entre R$ 1.600,00 e R$ 3.275,00, assim distribuídas:

 
Conjunto Habitacional Parque Real    Residencial Parque dos Diamantes

Conjunto Habitacional Parque Real - Residencial Granada  (Bairro Conjunto Paulo VI, região Nordeste) - Neste empreendimento da Emccamp Residencial estão sendo edificados 880 apartamentos para famílias com renda entre R$1.600,00 e R$ 3.275,00 e 660 unidades para faixa de renda entre R$ 1.600,00 e R$ 3.275,00, assim distribuídas:.

Residencial Jaqueline Residenciais Coqueiros I e II



 
 Residencial Pinheiros    Residencial Mirante Boulevard

 Residencial Pinheiros (Bairro Diamante, região do Barreiro) – A Construtora Mello Azevedo está edificando 300 unidades habitacionais para famílias com renda até R$ 1.600,00, em terreno doado pela Prefeitura. A Prefeitura aportou R$253,2 mil para viabilizar a obra.

Residencial Manaus (Bairro Vera Cruz, região Leste) – A Secol Construtora Ltda. está edificando 180 unidades habitacionais para famílias de renda até R$ 1.600,00. A Prefeitura aportou R$2,37 milhões para viabilizar o empreendimento.

Granja Werneck (região norte) – 1ª etapa - A Direcional Engenharia está elaborando os projetos para construção de 8.896 unidades habitacionais para famílias com renda até R$ 1.600,00. (Obs: A obra ainda não foi iniciada)

_________________________________________________________________________________________________________________________________________________________________________

 3 – Empreendimentos de construtoras em contratação – (Terrenos de construtoras)

Residencial Orgulho de Minas I (Bairro Alto Vera Cruz, região Leste) –
O empreendimento da Direcional Engenharia S.A se encontra em fase de contratação pela CAIXA, para construção de 200 apartamentos destinados a famílias com renda até R$ 1.600,00.


 4 – Empreendimentos em contratação por construtoras – (Comunicado CAIXA nº 04 – 2014)

Bairro Diamante (Região Barreiro) – 120 unidades habitacionais para faixa de renda até R$ 1.600,00 – Direcional Engenharia S.A.
Bairro Engenho Nogueira - 40 unidades habitacionais para faixa de renda até R$ 1.600,00 – Construtora JMGOMES.
Bairro Etelvina Carneiro (região Norte) - 100 unidades habitacionais para faixa de renda até R$ 1.600,00 – RDR Engenharia.
Bairro Manacás (região da Pampulha) - 220 unidades habitacionais para faixa de renda até R$ 1.600,00 – Construtora Secol
Bairro Ouro Preto (região da Pampulha) - 40 unidades habitacionais para faixa de renda até R$ 1.600,00 – Construtora JMGOMES.
Bairro Engenho Nogueira (região da Pampulha) – 60 unidades habitacionais para faixa de renda até R$ 1.600,00 – Construtora Marka.


 5 – Empreendimento em contratação pela Prefeitura:

Fazenda Capitão Eduardo (Bairro Capitão Eduardo, região Nordeste) – 5.000 unidades habitacionais para faixa de renda até R$ 1.600,00, terreno público municipal a ser doado pela PBH e aporte previsto de R$ 120 milhões. Os projetos estão em fase de elaboração pelo consórcio de empresas selecionado: Emmcamp e Direcional Engenharia S.A.


 6 – Empreendimentos em estudo/Construtoras:

Conjunto Parque Cerrado (Bairro Maria Tereza, região Norte) – 2.420 unidades habitacionais – Emccamp Residencial

Residencial Terra Nova – 140 unidades habitacionais para famílias com renda até R$ 1.600,00 – Construtora QBHZ

Residencial Pampulha – 672 unidades para famílias com renda de R$ 1.600,00 a R$ 3.275,00 – CAC Engenharia

Granja Werneck (região Norte) – 2ª etapa – 4.424 unidades habitacionais, sendo 2.216 para famílias com renda até R$ 1.600,00 e 2208 unidades para famílias com renda de R$ 1.600,00 a R$ 3.275,00 – Direcional Engenharia

Residencial Solimões – 300 unidades habitacionais para famílias com renda até R$ 1.600,00 – Construtora QBHZ

Residenciais Castanheiras, Palmeiras, Ipês, Flamboyants (Bairro Jardim Vitória, região Nordeste) – 864 unidades habitacionais, sendo 480 unidades habitacionais para famílias com renda até R$ 1.600,00 e 384 unidades para famílias com renda de R$ 1.600,00 a R$ 3.275,00 – RSM/Marka.

Fonte de informação: Diretoria de Habitação da Urbel

Atualizado em 19/02/2016

 

 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 

 

Áreas de risco - PEAR
Telefones
Disque vistoria