Últimas Notícias

Veja reportagens da TV da Prefeitura, TV Conecta BH, sobre o Barreiro. Clique nos links abaixo para assistir aos vídeos:

(Os vídeos são visualizados no windows media player. Caso você não possua este programa, clique AQUI e faça o download)

 

Terça-feira, 12 de Julho de 2011

              REUNIÃO NA REGIONAL BARREIRO DEBATE FUTURO DA REGIÃO

 

Como queremos que o Barreiro seja daqui a alguns anos? Essa é a reflexão que a equipe da Secretaria Municipal Adjunta de Gestão Compartilhada levou para o Barreiro ao lançar o Planejamento Participativo Regionalizado na semana passada. A regional ficou pequena para as 326 pessoas que participaram do encontro, entre representantes dos conselhos de Saúde e Assistência Social, das comissões de turismo e transporte, dos colegiados escolares, além de empresários, membros de associações de bairro e representantes de segmentos esportivos e culturais.

Visão de futuro e diálogo foram apontadas pelo secretário regional Barreiro, Sylvio Malta, como palavras de ordem para o Planejamento Participativo. “Sustentabi­lidade é crescimento com mínimos impactos negativos e é isso que queremos para o Barreiro e que podemos conseguir se planejarmos e agirmos juntos”, disse.

Diante da ansiedade do público em preservar o Orçamento Participativo, a secretária municipal adjunta de Gestão Compartilhada, Maria Madalena Franco, explicou que o objetivo é reforçar as formas de participação já existentes. “Ao avaliar a distribuição de obras do OP na cidade, são identificados vazios. Será que essas regiões não precisam de obras? Ou será que não estão se mobilizando?”, provocou. Questionada sobre o valor da verba a ser direcionada para a implementação das propostas, ela explicou: “Não definiremos valores, vocês é que vão definir o que precisa ser feito. A partir daí vamos avaliar as formas de reunir os recursos necessários”, afirmou.

O público participou ativamente do debate. “Quando falamos em prioridade para o futuro, devemos pensar em programas para a juventude”, alertou Lucas Rezende, de 17 anos, aluno do programa de Educação de Jovens e Adultos. “Na minha comunidade, em duas semanas morreram cinco pessoas por causa das drogas”, contou. Morador do Jatobá, Abelardo Fernandes elogiou o programa. “É uma oportunidade de dar mais dignidade às famílias por meio da melhoria da qualificação e da renda”, disse ao defender a construção de escolas profis­sionalizantes.

Este encontro foi apenas a primeira etapa de um processo que vai até março de 2012. Para atender melhor a diversidade de demandas, a Prefeitura subdividiu o Barreiro em cinco regiões de planejamento, com infraestrutura e condições socioeconômicas semelhantes. Na segunda etapa, serão promovidos encontros em cada uma dessas sub-regiões, para discutir propostas de ações locais. Os moradores serão convidados a pensar as demandas a partir da sua vizinhança, mas sem esquecer que a sua rua faz parte do contexto do bairro, da região e da cidade e deve relacionar-se de forma harmoniosa com esses espaços.

O próximo encontro acontece no dia 18 de agosto, na Escola Municipal Pedro Aleixo, no bairro Flávio Marques Lisboa, e vai envolver as lideranças das sub-regiões 1 e 4.

  

 

Terça-feira, 12 de Julho de 2011

 CONVERSÕES EM RUAS DO BAIRRO LINDEIA SÃO ALTERADAS

 

Serão implantados hoje novos semáforos na interseção da rua das Petúnias com a rua das Perpétuas, no bairro Lindeia, na região do Barreiro. Com a implantação dos semáforos, as conversões à esquerda da rua das Petúnias para a rua das Perpétuas e da rua das Perpétuas para a rua das Petúnias serão proibidas. O objetivo é proporcionar mais segurança às pessoas que fazem a travessia das vias e aos condutores de veículos que circulam pela região. A mudança será sinalizada com faixas de tecido para orientar os motoristas e pedestres. Agentes da Unidade Integrada de Trânsito irão monitorar o trânsito na região.

 

 

  

Terça-feira, 12 de Julho de 2011

            BARREIRO REVITALIZA ÁREAS VERDES

 

Oferecer um corredor de acesso mais verde e florido para motoristas e caminhantes é o foco do trabalho da Gerência Regional de Jardins e Áreas Verdes da Regional Barreiro na avenida Olinto Meireles. Em torno dos ipês rosa, árvores símbolo da cidade, estão sendo plantados novos gramados. A revita­lização inclui também o plantio de flores e de novas árvores e recuperação dos passeios.

O trabalho de revitalização do canteiro central da avenida foi dividido em duas etapas. No trecho entre as avenidas Sinfrônio Brochado e Deputado Álvaro Antônio, adotado pela Suggar através do programa Adote o Verde, a grama e a irrigação já estão prontas. O passeio foi reformado e foram plantadas grama e flores das espécies trapoeraba roxa, além de cam­barás de diversas cores. O trecho até a Via do Minério está sendo complementado com plantio de gramado e, em breve, também receberá flores e irrigação. O total a ser revitalizado chega a dois quilômetros

A extensão entre a Via do Minério e a praça José Verano, no bairro Miramar, faz parte da segunda etapa e ainda não possui adotante, mas também será revitalizada. Está sendo feito um estudo de sombreamento e sol para diversificar as espécies que serão utilizadas para o ajardinamento. Algumas árvores antigas, com risco de queda, foram suprimidas e destocadas e novas mudas das mesmas espécies foram plantadas no local. Até o final de dezembro, o trabalho estará concluído. Interessados em adotar uma área verde no Barreiro através do programa Adote o Verde podem entrar em contato pelo telefone 3277-5974.

 

Sábado, 9 de Julho de 2011

            CEAS PROMOVEM ATIVIDADES DE EDUCAÇÃO AMBIENTAL

 

A Prefeitura de Belo Horizonte, através da Secretaria Municipal de Meio Ambiente (SMMA), desenvolve atividades educativas voltadas para a comunidade em seus Centros de Extensão em Educação Ambiental (CEAs). Neles são realizadas práticas que possibilitam conhecer, debater e buscar encaminhamentos para as questões socioambientais. Em julho, no período de férias, os CEAs Barreiro, Norte e Venda Nova paralisam suas atividades, mas as mesmas serão retomadas em agosto com força total, inclusive com a manutenção do projeto Conversa ao Pé da Mesa.

 

Entre as atividades previstas para agosto, vale destacar a realização de visita orientada ao Museu de História Natural da PUC. A programação é oferecida todos os meses e divulgada no site www.pbh.gov.br. Os interessados em participar das atividades podem entrar em contato pelo telefone 3277-5199.

 

No mês de junho, em que se comemorou a Semana Mundial do Meio Ambiente, os CEAs promoveram diversas atividades de educação ambiental como trilhas, circuitos, oficinas, palestras e cinema ambiental para todas as faixas etárias da comunidade. No CEA Norte, o Conversa ao Pé da Mesa teve como tema “Vidas Sobre Rodas”, atividade que teve um caráter diferenciado, por envolver o diálogo com um público jovem que, todos os dias, frequenta a pista de skate no Parque Nossa Senhora da Piedade.

 

Todo o processo ocorreu em três etapas. A primeira, com uma conversa informal com os 46 jovens sobre a importância do conhecimento dos recursos naturais, a história do Parque Nossa Senhora da Piedade, o projeto Drenurbs e a necessidade de preservação da biodiversidade e dos recursos hídricos na capital mineira. Depois, foi exibido o documentário “Vida Sobre Rodas” sobre a história do skate no Brasil, e para encerrar, um campeonato entre os skatistas presentes na entrada do parque.

 

Segundo Dayse Diamantino, coordenadora do CEA Norte, esse projeto é de grande importância, pois faz com que os jovens participem de atividades de educação ambiental em um espaço comum a eles. “Essa integração é muito importante, pois levamos os jovens, que antes utilizavam o parque apenas para a prática esportiva, a refletir e a discutir sobre os temas ambientais”, destacou Dayse.

 

 

  

 

Quinta-feira, 7 de Julho de 2011

            ACADEMIA DA CIDADE É RECONHECIDO COMO REFERÊNCIA NACIONAL

     Iniciativa da PBH inspirou a criação do programa Academia da Saúde, que terá 4 mil unidades implantadas em todo o país até 2014

 

O Ministério da Saúde (MS) vai criar 4 mil polos do programa Academia da Saúde até 2014 em todo o país. A ação prevê uma série de medidas voltadas à promoção da saúde no Sistema Único de Saúde (SUS), com criação de espaços específicos para o desenvolvimento de práticas corporais, atividades físicas, lazer e modos de vida saudáveis. Segundo o MS, o programa Academia da Cidade, coordenado pela Secretaria Municipal de Saúde (SMSA) de Belo Horizonte serviu de inspiração para a iniciativa nacional.

“A exemplo dos programas desenvolvidos em algumas capitais, o Academia da Saúde busca eliminar barreiras como a ine­xistência de espaços públicos de lazer, o que reduz a possibilidade de acesso às práticas corporais pela maioria da população”, disse a coordenadora de Vigilância de Doenças e Agravos Não Trans­missíveis do Ministério da Saúde, Deborah Malta.

Em Belo Horizonte, o programa começou em 2006, com a Academia da Cidade localizada no bairro Mariano de Abreu. No início da atual gestão, eram oito acade­mias e, atualmente, o município conta com 30 unidades divididas entre suas nove regiões. Cerca de 16 mil pessoas são beneficiadas pelo programa e a meta da SMSA é atingir 48 Academias da Cidade até 2012.

O programa conta com infraestrutura adequada para a prática de exercícios físicos. As atividades são monitoradas por profissionais de Educação Física e seguem um planejamento trimestral. Os exercícios são feitos com steps, colchonetes, bastões, bolas, arcos, pesos alternativos (construídos com garrafas pet e areia), cane­leiras, cama elástica e cordas. Além de Belo Horizonte, o programa federal teve como referência iniciativas bem sucedidas nas cidades de Recife (Pernambuco), e Aracaju (Sergipe).

Secretário municipal de Saúde, Marcelo Teixeira acredita que o programa contribui na preservação de um envelhecimento saudável da população. “Em Belo Horizonte, assumimos o compromisso de incorporar a prática de exercícios físicos no cotidiano de todos. Essa é a melhor forma de prevenir várias doenças crônicas, entre elas hipertensão e diabetes”, afirmou.

 

Implantação

O primeiro passo para implantar o programa Academia da Saúde em todo o país foi dado na segunda-feira, dia 27, pelo Ministério da Saúde, que publicou no Diário Oficial da União (DOU) a portaria que permitem a adesão e o destino de recursos aos municípios interessados em implantar as academias.

Os municípios receberão R$ 180 mil por unidade para a construção de polos de Academia da Saúde. Com esse recurso será custeada a construção de espaços físicos e a aquisição de equipamentos. Os custos adicionais poderão ser complementados pelos estados e municípios. Mais informações podem ser obtidas no site www.saude.gov.br/academiadasaude

 

Academias se tornaram locais privilegiados de convivência

Em maio deste ano, o programa Academia da Cidade conquistou o segundo lugar nacional do Concurso Cultural Prêmio Diabetes Nós Cuidamos, promovido pelo site Diabetes Nós Cuidamos (www.diabtesnoscuidamos.com.br), do­ la­bo­­­ratório Sanofi-Aventis. O con­curso contou com a participação de 17 entidades e teve como objetivo divulgar as melhores iniciativas no tratamento de diabetes, com foco em tratamento e educação.

Resultados obtidos pelos usuários das Academias da Cidade após seis meses de prática regular, durante três vezes por semana, com duração de uma hora de exercícios, demonstraram inúmeros avanços. Entre eles, redução da pressão arterial de repouso, do colesterol, do triglicérides, do Índice de Massa Corporal (IMC), do risco cardíaco e um aumento na condição cardiorrespiratória dos alunos reavaliados.

Joaquim Evangelista de Castro, 62 anos, aposentado por invalidez há cinco anos, afirma que sua disposição melhorou após a prática de exercícios físicos na Academia da Cidade do bairro Providência. “Tive um problema na coluna e há mais de 15 anos tenho fraqueza nas pernas. Tenho dificuldades para andar, mas a prática de exercícios físicos fortaleceu minha musculatura e diminuiu bastante minhas limitações”, contou.

Além de um espaço destinado à prática esportiva, as academias se tornaram locais privilegiados de convivência. Maria da Penha Rodrigues, 74 anos, e José de Paula Rodrigues, 77 anos, confirmam essa oportunidade de convivência. Casados há 40 anos, pais de seis filhos, 13 netos e cinco bisnetos, eles frequentam há um ano a Academia da Cidade do Vale do Jatobá, na região do Barreiro. Pelo menos três vezes por semana, os dois estão na academia. “Os professores são muito atenciosos. Eu gosto muito de todos eles. Depois que entrei, fiz muitas amizades também. Sempre vamos juntos, eu e meu marido”, disse dona Maria.

 

 

 

 

Quarta-feira, 6 de Julho de 2011

            DEBATE RELACIONA ORÇAMENTO PARTICIPATIVO AOS OBJETIVOS DO MILÊNIO

 

A contribuição de ações locais para o cumprimento de objetivos globais foi discutida na Regional Barreiro na última semana. A oficina “Belo Horizonte e os Objetivos do Milênio (ODM)” é parte do projeto Observe BH, que em sua primeira fase está promovendo reflexões sobre o tema em todas as regiões da cidade. “Viemos ouvir como a comunidade percebe os objetivos do milênio”, destacou o professor Duval Fernandes, da Pontifícia Universidade Católica (PUC), parceira do projeto. A oficina é feita em torno da cartilha “Belo Horizonte e os ODM”, que reúne dados sobre a experiência da cidade no monitoramento das metas propostas pela Organizaççao das Nações Unidas (ONU). “O intuito é refletir conjuntamente sobre o conteúdo da cartilha”, com­plementou Haydée Frota, que coordena o projeto por meio da Secretaria Municipal Adjunta de Planejamento.

Para analisar se o Orçamento Participativo tem contribuído para alcançar as metas esta­belecidas pelos Objetivos do Milênio, os membros da Comissão de Acompanhamento do Orçamento Participativo (Comforça) foram divididos em grupos. Um dos grupos discutiu a sustentabilidade am­biental, que inclui o acesso à água tratada, à moradia digna e à mobilidade. Entre as ações da Prefeitura para o alcance dessa meta, estão o programa urbanístico Vila Viva, além das ações preventivas em áreas de risco geológico e da despoluição e redução das cheias dos cursos d’água. Os resultados são revelados pelos números. A cartilha informa que o acesso à água potável é uma questão já equacionada na cidade. O índice de 93,7% em 1991 subiu para 97,5% em 2000 e chegou a 99,7% em 2008.

Os demais membros da Comforça discutiram o combate à Aids, à dengue, à leishmaniose e à tuberculose. A cartilha destaca que, entre 2001 e 2009, houve redução significativa no número de óbitos causados pela Aids, de 212 para 70, e por tuberculose, de 46 para 29, em cada grupo de 100 mil pessoas. Por outro lado, foi registrado aumento considerável no número de casos de dengue e leishmaniose. Os participantes do debate demonstraram disponibilidade em ajudar no combate a essas doenças. “Toda a comunidade precisa participar, mas para isso o poder público precisa trabalhar conjuntamente com as lideranças, fornecendo material informativo, cartazes e folders”, observou o membro da Comforça, Elias Lourenço.

Belo Horizonte é uma das poucas cidades que acompanha sistematicamente a evolução do cumprimento das metas de combate à pobreza, estabelecidas pela ONU. Os índices são utilizados para avaliar e planejar as políticas públicas de forma cada vez mais inclusiva e assertiva. Debatê-los nas regionais é uma forma de transpor o aspecto acadêmico das discussões e envolver a população no cumprimento das metas deste pacto mundial.

 

 

Sexta-feira, 1 de Julho de 2011 

ESCRITORA GAÚCHA VISITA ESCOLA MUNICIPAL DO BARREIRO

 

A Escola Municipal Eloy Heraldo Lima, na região do Barreiro, recebeu na última semana a autora e ilustradora gaúcha Ana Terra. O evento, integrado aos projetos Sujeitos e Práticas e Primeira Jornada Literária, desenvolvidos pela escola, envolveu alunos, professores e profissionais da biblioteca, trazendo atividades interdisciplinares, culturais e informativas. Os alunos participaram de contação de história e produziram releituras de textos e ilustrações da autora. Na ocasião, a convidada participou de um bate papo com os presentes e explicou sobre o processo de produção de imagens e textos, desde a criação até a publicação.

 

 

 

Escola Municipal do Barreiro comemora 40 anos

Compartilhar o conhecimento e transformar crianças em cidadãos é obra que a Escola Municipal Padre Flávio Giammetta vem construindo há 40
anos. Para reunir personagens de sua história e agradecer por tantos anos de conquistas, a escola promoveu um culto ecumênico no dia 30 de abril.
Comunidade, alunos, ex-alunos, professores e ex-professores prestigiaram a atividade. A participação de um coral e a apresentação de balé encantou a todos. No momento de homenagem aos professores, a
emoção não foi escondida. “Ficamos orgulhosos em ver o interesse das pessoas, rever e conhecer personagens que participaram ativamente da história da escola”, confessa a vice-diretora Mara José Araújo.
Localizada no Conjunto Átila de Paiva, região do Barreiro, a escola tinha apenas seis salas quando começou a funcionar em junho de 1971. Hoje a instituição conta com quadra coberta, laboratório de ciências,
sala de vídeo, sala de informática e biblioteca. O senhor Jair Queiroz teve intensa atuação na busca dessas conquistas. Projetos como Escola Integrada, Escola Aberta e Férias na Escola, evidenciam a busca
contínua por qualidade e aproximação entre alunos, funcionários e a comunidade. Participante ativo desde a fundação da escola, agora ele faz parte do colegiado. “Conheço todas as diretoras que passaram pela
escola. Os meus filhos estudaram lá e agora os netos é que são
alunos”, conta Jair.
As comemorações se estenderão durante todo o ano. Por meio do projeto Identidade, as professoras do segundo ciclo estão trabalhando a história da escola. Oficinas e entrevistas com ex-trabalhadores da
instituição e ex-alunos fazem parte do resgate da memória. Conhecer a vida de Padre Flávio Giammetta é um dos itens que os alunos trabalham nas oficinas. “Trabalho na escola há dez anos e percebo que conhecia
pouco de sua história. O aprendizado não é apenas para os alunos”, conta a vice-diretora.

 

 

Quarta-feira, 5 de Janeiro de 2011
BENEFICIÁRIOS DA ASSISTÊNCIA SOCIAL RECEBEM QUALIFICAÇÃO
Arroz, feijão, óleo e açúcar não são mais os principais itens da cesta básica oferecida pelo Serviço de Atendimento Social da Regional Barreiro. Novos conhecimentos e a expectativa de um futuro promissor foram agregados ao pacote, graças a uma parceria com a Compuway Escola de Infor¬mática.
Girlane dos Santos da Silva não perdeu a chance de, junto com uma ajuda emer¬gen¬cial, aproveitar a oportunidade para se qualificar. Ela solicitou auxílio cesta básica porque desde junho não consegue trabalho. Girlane acaba de retornar da Espanha, onde trabalhou por 15 anos como camareira e doméstica, e fala espanhol fluentemente. Ao detectar esse diferencial, a equipe de assistência social não hesitou em en¬caminhá-la para o curso de atendimento ao turista, dispo¬nibilizado gratuitamente pela Compuway aos beneficiários dos programas sociais.
Após aprofundar seus conhecimentos em informática e aprender os princípios básicos do turismo e suas formas de aplicação, Girlane está em¬polgada com a nova profissão e em breve estará preparada para conquistar seu espaço no mercado. “Estou gostando muito do curso. Espero conseguir trabalho no setor de atendimento ao turista, na área de hotelaria”, planeja.


Quarta-feira, 5 de Janeiro de 2011
JARDINEIRO É HOMENAGEADO PELA SECRETARIA MUNICIPAL DE MEIO AMBIENTE
Há 32 dois anos cuidando de jardins, João Eleutério recebeu o reconhecimento pela manutenção de quatro praças do Barreiro. O título de “Destaque Especial” foi concedido pela Secretaria Municipal de Meio Ambiente, por meio do Concurso Cidade Jardim 2010, àqueles que contribuíram de forma significativa para o embe¬lezamento e preservação de áreas verdes públicas da cidade.
A Regional Barreiro indicou o jardineiro por sua destacada dedicação e empenho. “Ele tem muito carinho com a natureza e se empenha para deixar tudo em ordem”, conta Wladimir Leite, da Gerência Regional de Jardins e Áreas Verdes.
Há um ano e meio Eleutério cuida das praças adotadas pela Distribuidora Cristiano, que são a Nossa Senhora Aparecida e a Dia¬mantina, no bairro Milionários, a Praça Reno, no bairro Bonsu¬cesso, e a Praça José de Almeida Neto, na Via do Minério, na interseção com a avenida Olinto Meireles. O jardineiro faz de tudo para deixar as praças sempre bem cuidadas. “O que for preciso eu faço. Poda, capina e pintura dos bancos”, conta.
A Distribuidora Cristiano está estudando a adoção de mais uma praça na região. Empresas e pessoas físicas interessadas em tornar-se parceiros do Programa Adote o Verde podem contatar a Gerência Regional de Jardins e Áreas Verdes pelo telefone 3277-5974.


Quinta-feira, 23 de Dezembro de 2010
FAMÍLIAS DO BAIRRO ARAGUAIA FESTEJAM O NATAL EM NOVO LAR
A Prefeitura entregou oficialmente no último final semana as chaves de 48 apartamentos construídos no bairro Araguaia, na região do Barreiro. O Conjunto Bem-te-vi II foi conquistado por famílias participantes dos núcleos organizados de movimento por moradia, por meio do Orçamento Participativo da Habitação.
Esse é o primeiro residencial construído em Belo Horizonte com recursos do Fundo Nacional de Habitação de Interesse Social, criado pelo Governo Federal para viabilizar o acesso da população de menor renda à moradia digna. Natalina Lopes foi uma das que recebeu as chaves do novo apartamento. “Ofereço esta chave a todas as famílias, em especial às crianças e adolescentes que estão começando uma nova vida em uma moradia digna”, disse, emocionada, a nova moradora.
“Gosto de participar das entregas de apartamentos, pois não há felicidade maior que ter um novo lar”, confessou o secretário regional Barreiro, Leonardo Couto, às famílias. Almerinda Rodrigues dos Reis exemplifica bem a alegria das famílias beneficiadas com a obra. Há 14 anos ela morava nos fundos da casa da irmã. “No lugar onde eu morava, tinha medo de deixar meus filhos sozinhos. Esse apartamento representa um passo muito importante na minha vida. Aqui é bem mais tranquilo e vou poder voltar a trabalhar para ajudar meu marido a conquistar as coisas que sonhamos”, planeja.


Sábado, 18 de Dezembro de 2010
NOVOS MEMBROS DA COMISSÃO REGIONAL DE TRANSPORTE E TRÂNSITO TOMAM POSSE
Os novos membros da Comissão Regional de Transporte e Trânsito (CRTT) tomaram posse no início da semana na sede da Regio¬nal Barreiro. Os 52 representantes, entre titulares e suplentes, foram escolhidos durante as eleições realizadas em junho. A seleção foi realizada entre as cinco sub-re¬giões do Barreiro. Segundo Da¬mião Reis, representante da regional, aos membros da CRTT cabe a responsabilidade de defender os interesses da população relacionados ao trânsito.
Há 16 anos no CRTT, Edy Gonçalves lembrou os benefícios conquistados pela comunidade. “Aconteceram muitas melhorias no trânsito do Barreiro, entre elas o aumento do número de ônibus”, disse.
A cada dois anos o processo é realizado nas regionais e são escolhidos dez representantes voluntários de cada sub-região, que são responsáveis por acompanhar as demandas da comunidade e direcioná-las a BHTrans. Podem participar da eleição do CRTT pessoas acima de 16 anos e que residam na região.


Quinta-feira, 16 de Dezembro de 2010
BENEFICIÁRIOS DO BOLSA FAMÍLIA COMEÇAM A GERAR RENDA
No local mais movimentado do Barreiro, Aparecida Santos vende pacientemente os produtos desidratados da Associação Horcon¬frut. A associação é uma iniciativa da Prefeitura de Belo Horizonte, em conjunto com o Governo Federal. Sobre a bancada da mesa, estão espalhados beterraba, batata, jiló, cenoura e farinha de banana, que também são vendidos em diversos locais da cidade. Aparecida conta que os alimentos são bons para a saúde física. Ela faz parte de uma cooperativa composta por 20 mulheres, todas beneficiárias do programa Bolsa Família.
O projeto oferece capaci¬tação às beneficiárias do Bolsa Família com o intuito de criar oportunidades para famílias de baixa renda por meio da capacitação, formação e geração de trabalho e renda, visando à inclusão produtiva e social. Cerca de 70 participantes do programa fizeram o curso de manipulação de alimentos, em 2009, oferecido pela unidade Barreiro da Pontifícia Universidade Católica. A capacitação foi rea¬lizada durante um ano e incluiu aulas de nutrição e gestão de negócios. No final da atividade, os alunos receberam aulas práticas no Parque Roberto Bourle Max. O projeto inclui três setores de trabalho: temperos, frutas desidratadas e horta comunitária.
De segunda a sexta-feira, os participantes cuidam das hortas, desidratam os alimentos e os embalam. “No dia em que eu não venho trabalhar, sinto falta. Antes eu não sabia fazer quase nada e com a associação eu aprendi fazer muitas coisas”, disse Apare¬cida. Os produtos são vendidos em feiras, na sede da Regional Barreiro e no parque ecológico.
Assistente social da Associação Horconfrut, Maria de Lourdes Bison informa que 50% das integrantes não tinham escolaridade e nem profissão. “Através do programa, muitos participantes sentiram necessidade de estudar. Hoje, a maioria participa do Programa de Educação de Jovens e Adultos (EJA)”, conta. De acordo com a assistente social, o curso abriu portas no mercado de trabalho para grande parte dos participantes.


Quarta-feira, 15 de Dezembro de 2010
RESTAURANTE POPULAR DO BARREIRO ABRE AS PORTAS PARA A ARTE
O Restaurante Popular do Barreiro (avenida Afonso Vaz de Melo 1.001) mais uma vez abre suas portas para valorizar a arte e o trabalho do cidadão belo-horizontino. Obras do artista Eliton José Librelon, que transforma jornais em verdadeiras obras de arte, vão ficar expostas durante o mês de dezembro no restaurante. Eliton já foi convidado da apresentadora Ana Maria Braga no programa Mais Você, da Rede Globo, e participou também do programa Roteiro de Minas, da TV Bandeirantes.
O artista recebeu na última semana o prêmio Gestão Ambiental, organizado pela ONG Zeladoria do Planeta. O trabalho desenvolvido com material reciclável contribui com o meio ambiente. A premiação contou com a presença de autoridades como o senador Aécio Neves e o ex-prefeito Fernando Pimentel. O artista ensina este trabalho em presídios, asilos e em universidades e tem trabalhos expostos em Portugal e Itália.
O tema escolhido para a exposição no Restaurante Popular do Barreiro é o Natal. Peças expostas como presépio, Papai Noel e árvore de Natal demonstram a habilidade e a criatividade de Eliton Librelon no manuseio do papel. Com isso, o Restaurante Popular proporciona para aqueles que não têm acesso à arte um momento de cultura e magia.


Terça-feira, 14 de Dezembro de 2010
FEDERAÇÃO RECONHECE TÍTULO DE EQUIPE DO BARREIRO EM COPA ESTADUAL DE TAEKWONDO
A equipe de taek¬wondo Fúria do Tigre recebeu na última semana o troféu de campeão da 7ª Copa da Solidariedade, promovida pela Federação Mineira de Taekwondo em novembro. O presidente da federação, Marco Maciel Gar¬cia, fez questão de ir pessoalmente à sede da equipe, no Centro de Apoio Comunitário (CAC) Berreiro, entregar o prêmio. A quebra de protocolo foi uma forma de retratação pelo equívoco por ter classificado a equipe em segundo lugar, devido a um erro na contagem das medalhas.
Marco brincou com a equipe ao dizer que os braços já estavam cansados de entregar prê¬mios a eles. “Não adianta ter garra e talento, tem que ter um bom treinador. Estou certo de que vocês têm um”, elogia. O grupo já ganhou mais de 40 medalhas de ouro e é reconhecido por suas participações decisivas nos campeonatos.
“Pelo nível da competição, se tivéssemos ficado em quinto lugar, já estaria satisfeito. Esta foi uma grande competição, que exigiu muito preparo físico e psicológico”, declarou Sérgio Luiz Ribeiro, o instrutor elogiado na entrega dos prêmios. A Copa da Solidariedade contou com a participação de mais de 30 equipes, com 308 participantes de todo o estado.
O professor Sérgio oferece aulas de taekwondo na sede do CAC, que fica na rua Pinheiro Chagas, 252, no Barreiro. As aulas são realizadas nas segundas-feiras, das 19h30 às 22h. O custo da atividade é R$ 20, mediante avaliação socioeconômica. Para participar, basta fazer a inscrição no local.

Sábado, 4 de Dezembro de 2010
DIA D CONTRA A DENGUE NA REGIONAL BARREIRO
A Prefeitura reforçou o chamado para que a população faça sua parte no combate à dengue. Blitz nas vias mais movimentadas, apresentações de teatro, produção de vídeos e visitas aos imóveis foram algumas das estratégias adotadas no sábado, dia 27, no Dia D de Combate a Dengue.
Durante toda a semana, do dia 22 a 26, os centros de saúde da região do Barreiro abordaram os moradores que aguardavam atendimento nas salas de espera, alertando-os para o risco de epidemia e dando orientações sobre o combate aos focos do mosquito transmissor da doença. As crianças também são aliadas importantes. Os próprios funcionários das unidades criaram e encenaram peças de teatro nas escolas.
Além de panfletagem, entrega de sacolinhas de lixo para carros e exibição de faixas com o texto “O que você tem feito para combater a Dengue?”, o Dia D também foi marcado por uma caminhada promovida no Bairro das Indústrias, região com maior número de casos da doença, com 266 confirmações, dentre os 1.732 registrados em todos os bairros do Barreiro.
As mais de 300 lideranças comunitárias presentes no fórum final do Orçamento Participativo 2011/2012 também foram chamadas a participar da luta contra a dengue. Eles assistiram atentos a uma esquete apresentada por atores do grupo de teatro Mobiliza SUS, da Secretaria Municipal de Saúde. Jecão e Bastão são os dois personagens de Vida na Cidade. Jecão não limpa o quintal e por isso acaba contaminado pela dengue. Mas ele aprende a lição e, ao final da apresentação, canta, em alto e bom som: “olha a Dengue minha gente, se você não faz sua parte, prejudica a população”. A forma bem humorada de abordar um assunto tão sério chamou a atenção do público. A seguir, foi exibido um vídeo que mostrou diversas áreas críticas, com grande volume de lixo e entulhos, em bairros como Tirol, Atila de Paiva e Bairro das Indústrias. “Aproveitando que vocês estão aqui hoje para lutar por obras de melhoria para nossos bairros, quero contar com vocês também na luta contra a dengue”, conclamou a gerente regional de Saúde do Barreiro, Renata Mascarenhas.


Quinta-feira, 2 de Dezembro de 2010
BARREIRO ESCOLHE 17 OBRAS NO ORÇAMENTO PARTICIPATIVO
Representantes dos moradores do Barreiro escolheram no sábado, dia 27, as obras prioritárias para a região durante o Fórum Final do Orçamento Participativo, que reuniu cerca de 300 pessoas na Escola Municipal Professora Isaura Santos. Foram selecionadas 17 obras, dentre 22 opções pré-aprovadas na primeira etapa do OP. Ao todo, o Barreiro terá investimentos de R$14,2 milhões em melhorias.
Cada uma das cinco sub-regiões do Barreiro aprovou, em média, três obras, a maioria de infra¬estrutura. Entre elas, está a reforma de mais de 10 praças nos bairros Urucuia, Vale do Jatobá e Flávio Marques Lisboa. Também foram conquistadas melhorias em vias dos bairros Lindéia, Olhos D’Água, Independência, Solar, bairro das Indústrias e nas vilas Jardim do Vale, Piratininga e Ecológica. A Vila Alta Tensão aprovou a elaboração de Plano Global Específico (PGE), que inclui uma completa avaliação das condições sociais e urbanas para planejar as obras que cada comunidade necessita.
Também foram aprovados dois novos espaços para a prática de atividades físicas, com orientação gratuita de profissionais de educação física. As Academias da Cidade serão construídas nos bairros Novo Tirol e Diamante/Olaria. Após a aprovação de 15 obras, sobraram recursos de R$3,3 milhões, que possibilitarão outras duas obras: abertura de vias no bairro Jardim Liberdade e na vila Mangueiras. Além de possibilitar a abertura das vias, a sobra final de recursos no valor de R$ 158.965,93 será destinada à implantação do PGE na Vila Alta Tensão.
A moradora Maura Helena Mendes participou do OP pela primeira vez e elogiou o processo. “Gostei muito. Fui muito bem recebida e achei tudo muito bem organizado. O que for para conseguir melhorias para o nosso bairro, pode contar comigo”, comprometeu-se.

 


Quarta-feira, 24 de Novembro de 2010
PREFEITURA INVESTE 800 MILHÕES EM OBRAS CONTRA AS ENCHENTES
Com o objetivo de conter as cheias provocadas pelos períodos de chuva na capital, a Prefeitura vem executando, nos últimos meses, diversas obras em todas as regiões da cidade.
Uma das principais obras realizadas é a recuperação da Bacia do Córrego Bonsucesso, no Barreiro, que prevê a preservação em leito natural do Córrego, com intervenções como revestimentos e entroncamentos para conformação e estabilização das margens. Com recursos que atingem R$118,7 milhões, a obra será inaugurada em dezembro próximo.
PAC
Além das obras realizadas com recursos próprios, a Prefeitura também recebeu recursos do Programa de Aceleração do Crescimento (Pac) 1 e do Pac Drenagem para a execução de empreendimentos na capital. As obras dos córregos Jatobá e Olaria, na região do Barreiro, receberam R$56 milhões do Pac Drenagem e contemplam tratamento de fundo de vale, construção de bacias de detenção de cheias, remoção e reassen¬tamento de famílias, além de tratamento urbanístico de áreas remanescentes.
PAC 2
Belo Horizonte receberá do Programa de Aceleração do Crescimento (Pac) 2, entre repasses e financiamentos, recursos de R$364,82 milhões para execução de obras em vilas, córregos, intervenções em encostas, e R$13,49 milhões para elaboração de projetos como tratamento de resíduos sólidos. Num total de R$433,53 milhões em investimentos, R$ 55,22 milhões será contrapartida da Prefeitura de Belo Horizonte.
No Córrego do Túnel, regional Barreiro, haverá um financiamento de cerca de R$105 milhões em obras que possibilitarão a eliminação de riscos de desli¬zamentos. O empreendimento prevê o tratamento do fundo de vale do Córrego Camarões; construção de bacias de detenção de cheias, sendo uma de área seca; e tratamento urbanístico das áreas remanescentes. Estão previstas remoções e reassentamento de famílias, além de desapropriações de áreas e imóveis.
Recuperação do Ribeirão Arrudas
As obras de recuperação de trecho do Ribeirão Arrudas, na região Oeste da capital, contam com recursos dos governos Federal e Estadual e das prefeituras de Belo Horizonte e Contagem. O valor total do investimento é de R$205 milhões, sendo R$12,5 milhões provenientes da PBH. As famílias que vivem na beira do córrego e sofrem com inundações e desmoronamentos na época das chuvas serão reassentadas e beneficiadas com a construção do centro comunitário e de um parque, com área de 145 mil metros quadrados, com jardins e áreas de lazer. Cerca de 600 famílias serão encaminhadas para apartamentos de dois ou três quartos e outras 235 serão reassentadas em moradias já existentes.

Sábado, 20 de Novembro de 2010
OBRAS EM VIAS DO BAIRRO MANGUEIRAS FACILITAM ACESSO À SAÚDE
A Prefeitura está realizando obras no bairro Mangueiras, na região do Barreiro, para facilitar o acesso dos moradores à nova unidade de saúde: o Centro de Saúde Mangueiras. Uma nova rua será aberta exclusivamente para dar acesso ao centro de saúde. As máquinas estão trabalhando na terraplanagem do terreno transversal à rua Rui Barbosa. O trecho que está sendo urbanizado possui aproximadamente 100 metros e corresponde a toda a área de frente da unidade. Depois da terra¬planagem, serão feitos o asfal¬tamento e obras complementares como meio-fio e passeio.
A rua Rui Barbosa, que liga a avenida Senador Levindo Coelho ao centro de saúde, também receberá obras. A intervenção visa melhorar a drenagem da água pluvial com instalação de bocas de lobo e redes de captação. Além de dar mais segurança aos usuários, a intervenção vai evitar inundações e problemas no trânsito da principal avenida de acesso a diversos bairros da região.
Com as obras de adequação das duas vias de acesso, o atendimento médico, que hoje é prestado em um imóvel alugado, será totalmente transferido para a sede definitiva, construída com recursos do Orçamento Participativo. As equipes de zoonoses do Centro de Saúde Mangueiras já estão trabalhando no local.

Quinta-feira, 18 de Novembro de 2010
PARCERIA ENTRE PBH E COMPUWAY OFERECE CURSOS PROFISSIONALIZANTES GRATUITOS
Por meio de uma parceria firmada com a Regional Barreiro, desde setembro, a Compuway abriu as portas para pessoas atendidas pelos serviços de assistência social na região. A escola dispo¬nibilizou 20 vagas para alunos encaminhados pela Prefeitura e oferece cursos gratuitos em diversas áreas como técnicas em vendas, telemarketing, auxiliar de escritório, informática, dentre outros.
A gerente de Atendimento Social da Regional Barreiro, Maria Adelaide Houri, explica como funciona. “O encaminhamento para os cursos se dá a partir da procura por atendimento social. Nem sempre a pessoa busca qualificação, mas as assistentes sociais apresentam a possibilidade de encaminhamento para os cursos quando detectam perfil, necessidade e interesse por este tipo de qualificação”, informou.
Messias Ferreira, supervisor do Centro Educativo Santa Helena, conta que já encaminhou dois jovens para os cursos e que os comentários deles têm despertado a curiosidade dos colegas. “Eles estão sempre atentos aos horários das aulas e chegam contando o que aprenderam”, observa. O diretor da Compuway, Leandro Fernandes, não esconde a satisfação com a parceria. “Não imaginávamos que adotar ações de responsabilidade social poderia ser tão fácil. No início do ano vamos ampliar para 60 vagas”, anuncia.
A aluna Jéssica Matos estava à procura de emprego e não conseguia nenhuma oportunidade por falta de qualificação. Encaminhada para a Compuway há pouco mais de um mês, ela não perdeu tempo. “Já fiz o curso de atendimento ao turista e agora estou fazendo o de informática”, comemora.


Quinta-feira, 18 de Novembro de 2010
BARREIRO CRIA FÓRUM REGIONAL DE PROMOÇÃO DA IGUALDADE RACIAL
O Plano Regional de Promoção da Igualdade Racial, elaborado por um grupo de trabalho multisetorial do Barreiro, foi apresentado na quinta-feira, dia 11, na sede da Regional. O plano é resultado das discussões de representantes das áreas de saúde, educação, política social, política urbana e recursos humanos, sobre formas de promover a conscientização e a adoção de práticas sobre esta temática em suas respectivas áreas de atuação. Entidades, poder público e sociedade civil se reuniram para conhecer as propostas e constituir um fórum, cuja função será discutir e acompanhar a implementação das ações.
A coordenadora da Promoção da Igualdade Racial, Graça Sabóia, prestigiou o evento e elogiou a representatividade do movimento negro do Barreiro. O gerente regional de Políticas Sociais, Dilson Silva, falou sobre a importância da criação do fórum. “Hoje abrimos uma nova linha de discussão sobre a igualdade de oportunidades na saúde e na busca pelo conhecimento”, lembrou. A primeira reunião do fórum está agendada para o dia 15 de dezembro, às 18h30, na sede da Regional Barreiro (rua Flávio Marques Lisboa, 345, Barreiro).
Atividades temáticas
A Prefeitura está promovendo diversas atividades comemorativas do Mês da Consciência Negra durante o mês de novembro. Ainda esta semana, de quinta a sábado, vale a pena conferir a Mostra de Cultura Afro-brasileira, com trabalhos produzidos pelos alunos das escolas da região do Barreiro. Apresentações de teatro, dança e música, além da exposição, podem ser conferidos das 8h às 17h, no Parque das Águas (rua Ximango, 809, bairro Flávio Marques Lisboa). No domingo, o parque recebe o quinto Encontro de Congadeiros de Belo Horizonte. Dezenas de Guardas de Congado são aguardadas para o evento, que será promovido das 8h às 17h.
Os três centros culturais da região do Barreiro também têm uma programação variada, com exposições de máscaras africanas e sobre as raízes do Congado e muitas outras atividades preparadas para a última semana do mês. Confira a programação completa na página da regional no site www.pbh.gov.br.


Sábado, 13 de Novembro de 2010
ENCONTRO DE CONGADEIROS MANTÉM TRADIÇÕES NO BARREIRO DE CIMA
O V Encontro de Con¬gadeiros de Belo Horizonte vai reunir congados de toda a Região Metropolitana como parte das comemorações pelo Mês da Consciência Negra. Também celebrará Nossa Senhora do Rosário e São Benedito com cortejo, procissão e missa. O encontro acontece no domingo, dia 21, das 8h às 17h, no Centro de Apoio Comunitário (CAC) Parque das Águas Burle Marx (rua Ximango, 809, no Barreiro de Cima).
Realizado pela Prefeitura de Belo Horizonte, através da Secretaria Municipal Adjunta de Diretos de Cidadania, pela sua Coordena¬doria Municipal de Promoção da Igualdade Racial (CPIR), em parceria com a Secretaria de Estado de Desenvolvimento Social, via Diretoria de Promoção e Educação em Direitos Humanos, o Encontro de Congadeiros tem como objetivo a preservação do patrimônio cultural e religioso de origem africana em nossa cidade.
Originário do continente africano, o Congado está presente em várias regiões do Brasil. Com forte tradição no interior e na capital mineira, há várias Irmandades de Congado mantendo as tradições de seus antepassados, mesclando cultos católicos e africanos através de cortejos, levantamento de mastro e música.
O apoio aos conga¬deiros na capital está presente no Plano Municipal de Promoção da Igualdade Racial, elaborado pela CPIR e na Lei Municipal 9.934/2010, que institui a Política Municipal de Promoção da Igualdade Racial em Belo Horizonte, que prevê o fortalecimento das entidades sociais e religiosas de matriz africana. O V Encontro de Congadeiros de Belo Horizonte representa o reconhecimento do poder público ao importante papel das Irmandades de Congado na manutenção das tradições e da fé de nossos antepassados.


Sábado, 13 de Novembro de 2010
PARCERIA PROMOVE QUALIDADE DE VIDA
A tarde chuvosa de quarta-feira, dia 10, tornou a prática corporal chinesa Xiang Gong mais prazerosa. O exercício relaxante, traduzido no Brasil como “treinamento perfumado”, visa integrar o homem com a natureza através de movimentos físicos. A atividade faz parte do Grupo Saúde é Vida, uma iniciativa do Núcleo de Apoio à Saúde da Família (Nasf) em parceria com o Centro de Saúde Barreiro, onde foi realizada a atividade.
Com as janelas abertas em frente ao jardim do centro de saúde, usuários e moradores realizam no salão movimentos sincronizados com os braços. Segundo o fisioterapeuta Wanderlim Santos, a prática estimula o olfato. “Através do Xiang Gong, você passa a sentir melhor o que está à sua volta: o cheiro da terra, da chuva e das flores, além de melhorar a saúde”, explica.
Durante o encontro, os participantes foram informados sobre os programas sociais oferecidos pela Prefeitura. A técnica do Centro de Apoio Comunitário (CAC) Barreiro, Ângela Bueno, aproveitou o encontro para divulgar as atividades culturais do Barreiro. “Às vezes, as pessoas pensam que não tem nada acontecendo aqui, mas temos eventos para todo gosto”, enfatiza.
Há aproximadamente dois meses o Grupo Saúde e Vida se reúne, às quartas-feiras, no centro de saúde, na rua Pinheiro Chagas, 252. A atividade conta com uma equipe multidisciplinar composta por nutricionista, fisioterapeuta, psicólogo, fonoaudiólogo, farmacêutico, médico, enfermeiro e agente comunitário de saúde. O fisioterapeuta Wanderlim destaca que o objetivo do grupo é tirar o foco da doença e centralizar na saúde. “Queremos alertar sobre os cuidados com a saúde ao invés de medicar os pacientes”, explica.
Já foram abordados temas como importância do lazer na promoção da saúde, uso consciente de medicamentos, funcionamento da rede de saúde e outros. Os palestrantes foram os profissionais de nutrição, assistência social e fisioterapia. No próximo encontro, uma fonaudióloga fará a reunião.


Quarta-feira, 10 de Novembro de 2010
BARREIRO OFERECE ATIVIDADES PARA CELEBRAR O MÊS DA CONSCIÊNCIA NEGRA
Está no calendário que o dia oficial de comemoração da consciência negra é 20 de novembro, mas a Regional Barreiro iniciou as comemorações no dia 3, com exposição de máscaras africanas. Ao todo, serão oferecidas mais de 20 atividades para moradores da região. A programação atende desde o público infantil até o adulto.
Os centros culturais Urucuia, Lindéia e Vila Santa Rita irão oferecer oficinas, apresentações de dança, teatro e música, mostra de livros e outras atividades. Amanhã, a regional lança o Fórum Regional de Promoção da Igualdade Racial e, no dia seguinte, realiza a 5ª Mostra da Beleza Negra do Barreiro. O evento será realizado no CAC Barreiro, na rua Pinheiro Chagas, 252, no bairro Santa Helena. A Companhia de Teatro Palco de Minas apresenta o espetáculo “O Santo e a Fuzaca” no dia 18, na sede da Regional Barreiro.
A Feira de Variedades, realizada semanalmente na Praça Domingos Gatti, próxima à rua Flávio Marques Lisboa, terá uma programação especial no dia 19, com apresentação do cantor Walter Dias. A feira conta com barracas de comidas e bebidas. O Parque das Águas abre as portas nos dias 18, 19 e 20 para a Mostra Cultural Afro-Brasileira. Os visitantes poderão conferir os trabalhos das escolas municipais das 8h às 17h.
“A expectativa é que a população conheça os trabalhos da Prefeitura sobre o tema da cultura afro. Ampliar a visibilidade e receber sugestões são os benefícios que esperamos obter com a programação”, disse um dos organizadores das atividades, Fernando Santana. A programação completa pode ser conferida na página da Regional Barreiro através do site www.pbh.gov.br.


Quarta-feira, 10 de Novembro de 2010
SEMANA DE DISCUSSÕES SOBRE IGUALDADE E DESFILE DA BELEZA NEGRA NO BARREIRO
A Regional Barreiro está promovendo diversas atividades comemorativas ao mês da consciência negra durante todo o mês de novembro. Nesta semana estão previstos dois grandes eventos. Amanhã será promovido o lançamento do Fórum Regional de Promoção da Igualdade Racial. Trata-se de um espaço para a discussão e o acompanhamento da Política Municipal de Promoção da Igualdade Racial por representantes do poder público e da sociedade civil. A atividade acontece às 18h30 na Regional Barreiro, na rua Flávio Marques Lisboa, 345, 1º andar.
Desfile afro e apresentação de grupos de dança são as principais atrações da 5ª Mostra da Beleza Negra, organizada pela Jussara Simplício Produções & Eventos, com apoio da Prefeitura. A atividade será realizada na sexta, dia 12, às 19h, no Centro de Apoio Comunitário (CAC) Barreiro, na rua Pinheiro Chagas, 252, no bairro Santa Helena. Música, jogo de bingo e sorteio de brindes também estão incluídos na programação.


Terça-feira, 9 de Novembro de 2010
PREFEITURA INICIA INSTALAÇÃO DE PLACAS NAS RUAS
A Prefeitura de Belo Horizonte iniciou na última semana o serviço de instalação de 624 placas de identificação das ruas do bairro Mantiqueira, na região de Venda Nova. Desde o final de julho, o serviço contemplou a instalação de 1.484 placas nos bairros Belvedere, Lindéia, Castelo e nos cruzamentos de vias com a avenida Cristiano Machado.
Até o final do ano, serão instaladas 980 placas nas ruas dos bairros Trevo (Pampulha), Fernão Dias (Nordeste) e Milionários (Barreiro). No cronograma de instalação de placas, elaborado pela Secretaria Municipal Adjunta de Regulação Urbana, são incluídas apenas as ruas cujos nomes foram regulamentados por meio de decreto de autoria da Câmara Municipal.
Inovações
O layout das placas traz inovações no tamanho, nas cores e no texto, o que facilita a leitura e a localização das vias para os pedestres e motoristas. A maior área, de fundo azul, traz o nome, em cor branca, da via de forma extensa e abreviada. Na parte inferior, está a coluna horizontal, com cores que distinguem cada uma das nove regiões da cidade, além da numeração do quarteirão. Os serviços de produção e instalação de placas consumirão quatro anos. A maior parte das placas será instalada nas regionais Barreiro e Venda Nova, locais de concentração da ¬maior demanda desses equipamentos.


Terça-feira, 9 de Novembro de 2010
BARREIRO INSCREVE DUAS PRAÇAS NO CONCURSO CIDADE JARDIM 2010
A Regional Barreiro está participando do Concurso Cidade Jardim 2010 com duas praças, uma adotada e outra mantida pela Prefeitura. Já em sua décima edição, o concurso é promovido anualmente pela Secretaria Municipal de Meio Ambiente e elege as á¬reas verdes públicas mais bem cuidadas da cidade. O objetivo é incentivar e homenagear os parceiros do Programa Adote o Verde e os próprios setores da Prefeitura envolvidos nas atividades de manutenção das praças, parques e canteiros centrais de avenidas.
A região do Barreiro, uma das mais arborizadas da capital, possui 94 praças, 19 delas adotadas por empresas, e 18 canteiros centrais, dos quais três são adotados. A equipe da Prefeitura responsável pela conservação e limpeza desses espaços, bem como pela poda de árvores dos passeios e limpeza de áreas públicas, é composta por 14 pessoas.
Uma das praças indicadas para representar as áreas verdes do Barreiro no concurso é a Praça Nossa Senhora Aparecida, localizada no bairro Milionários. Com 1,2 mil metros quadrados de área, ela possui mais de 20 árvores, além de muitas espécies de vegetação rasteira e é mantida pelo Depósito Cris¬tiano. O jardineiro João Eleutério, contratado pela empresa, se dedica não só à manutenção do verde. Ele se desdobra para cuidar também da manutenção dos equipamentos da praça, zelando contra o vandalismo. “Estou sempre de olho. Quando vejo alguém pisando na grama ou quebrando os canos de irrigação, vou lá e peço para sair”, adverte. Exemplo de parceria de sucesso, o Depósito Cristiano mantém quatro praças por meio do Programa Adote o Verde. Carlúcio Martins, um dos gerentes do depósito, é o responsável pela parceria. “É uma forma de contribuirmos para o bem estar da nossa vizinhança e do nosso cliente”, avalia.
A Praça Modestino Sales Barbosa, no bairro Flávio Marques Lisboa, ainda não é adotada. Localizada em uma região com grande concentração de estabelecimentos comerciais e em frente ao local onde será construído o Point Barreiro. Empresas interessadas em participar do Programa Adote o Verde podem colocar placa nos locais adotados, divulgando a parceria. Interessados em adotar áreas verdes no Barreiro devem entrar em contato pelo telefone 3277-5805.


Sábado, 6 de Novembro de 2010
CENTROS CULTURAIS TÊM PROGRAMAÇÃO ESPECIAL PARA COMEMORAR O MÊS DA CONSCIÊNCIA NEGRA
Em comemoração ao Mês da Consciência Negra, os centros culturais da capital prepararam várias atrações especiais, entre exposições, exibições de filmes, música, dança, apresentações artísticas e oficinas. A programação começou na sexta-feira, dia 5, com exibição do curta “Paz no Mundo Camará: a Capoeira Angola e a Volta Que o Mundo Dá”, seguida de bate-papo com a diretora Carem Abreu no Centro Cultural Padre Eustáquio. No mesmo dia, o Centro Cultural Jardim Guanabara recebeu uma roda de conversa com Bernardo Novais da Mata Machado e a exibição do filme “Batismo de Sangue”. A programação é gratuita e a promoção é da Prefeitura de Belo Horizonte, por meio da Fundação Municipal de Cultura e dos centros culturais.
A festa continua no Centro Cultural Vila Santa Rita. No sábado, dia 27, a “Kizomba: a festa do povo Negro”, garante muita cultura e diversão para o público. Às 10h, o contramestre Rogério Teber realiza um workshop e roda de capoeira angola com participação especial da Fundação Internacional de Capoeira. O Mestre Cobra Mansa ministra, às 13h, uma palestra e uma exposição de sua pesquisa sobre as danças e lutas africanas, realizada na África em 2006 e 2010. Em seguida, às 17h, a Bateria Show da Escola de Samba Estrela do Vale apresenta-se sob coordenação de Joãozinho Batera.
A dança fica por conta do Grupo de Dança Afro Calanga, com o espetáculo “Povos”, às 18h. O grupo Kilombando garante raggae, soul, samba rock e ritmos afro-brasileiros e a cantora Carla Gomes encerra a festa com muito samba, bossa nova, soul e outros ritmos brasileiros.

Confira a programação de cada Centro Cultural:
Data Evento Local
De 5 a 13 Exposição fotográfica “Documentos de Si” Centro Cultural Padre Eustáquio
Dia 6, às 10h I Encontro de Congadeiros do Zilah Spósito, em homenagem ao líder Zumbi dos Palmares Centro Cultural Zilah Spósito
Dia 6, às 15h Exibição do filme “O Xadrez das Cores” (BRA, Marcos Schiavon, 2004), com comentários de Jussara Santos Centro Cultural Vila Marçola
De 8 a 19, às 9h30 Oficina de confecção de máscaras africanas, utilizadando a técnica de colagem com jornal Centro Cultural Alto Vera Cruz
Dia 13, às 16h 5ª Mostra da Beleza Negra – roda de capoeira, bate-papo, aula aberta, exposição, penteados afro, música, dança afro, dança de rua, desfile afro. Centro Cultural Urucuia
Dia 13, às 19h Soul da Serra – difusão do movimento, música e dança Soul do Aglomerado da Serra Centro Cultural Vila Marçola
Dia 17, às 19h Apresentação do Grupo Flor de Mangueiras Centro Cultural Urucuia
Dia 20, às 10h 5ª Kizomba – A Festa do Povo Negro – exposição, dança afro, muita música e apresentações artísticas dos grupos culturais da região. Centro Cultural Alto Vera Cruz
Dias 23 e 24, às 14h Di-visões de “Raça”: racismo, identidade cultural negra e o jazz – oficinas com Bruno Morais Centro Cultural Padre Eustáquio
Dia 25, às 15h30 EUbuntu. Espetáculo teatral de bonecos e atores encenado pelos alunos do projeto Boneco Especial, núcleo Barreiro. Centro Cultural Lindéia Regina
Dia 25, às 19h Exibição do filme “BH Soul: a cultura black de Belo Horizonte” (BRA, Tomás Amaral, 2010) Centro Cultural Jardim Guanabara
Dia 26, às 14h Contos, Deuses e Mitos. Contação de histórias com a Trupe Malalô Centro Cultural Vila Marçola
Dia 27, às 17h Sábado Black. Apresentações de dança de grupos da cultura hip hop e street dance. Centro Cultural Lindéia Regina


Quinta-feira, 4 de Novembro de 2010
PREFEITURA E CEMIG MAPEIAM ÁRVORES QUE REPRESENTAM RISCO
Lideranças comunitárias e moradores do Barreiro conheceram na última semana o Programa Especial de Manejo de Árvores e Redes (Premiar), implemen¬tado pela Cemig com apoio da Prefeitura. A iniciativa busca melhorar o convívio entre a rede elétrica e a arborização urbana para reduzir as interrupções causadas por queda de galhos e troncos sobre a fiação.
O Premiar propõe uma nova forma de manejo da arborização. Engenheiros da Cemig e da Regional Barreiro cadastraram todas as árvores em conflito com a rede elétrica, estabelecendo o grau de urgência de cada intervenção. A partir deste mapeamento, foi elaborado o cronograma de podas e supressões. Para cada árvore retirada será plantada uma nova muda, mais adequada à via pública.
O programa surgiu a partir da iniciativa da gerência de jardins e áreas verdes de propor uma parceria com a Cemig na substituição de árvores da espécie triplares. A espécie, conhecida como pau de formiga, é considerada imprópria para passeios, pois pode atingir 30 metros de altura e possui o tronco oco, cuja fragilidade gera alto risco de queda sobre a fiação e a via pública. Centenas de árvores foram substituídas por outras espécies mais seguras.
É importante lembrar que qualquer intervenção em árvores em áreas públicas ou particulares requer, obrigatoriamente, autorização da Prefeitura. Para fazer a solicitação, basta ligar para o telefone 156. Já em casos de interferência de árvores na rede elétrica, ligue 116.


Quarta-feira, 3 de Novembro de 2010
ESCOLA MUNICIPAL VINÍCIUS DE MORAES LEVA CORAL A INHOTIM
O coral de estudantes da Escola Municipal Vinícius de Moraes, que fica no Barreiro, se apresentou para a equipe de coordenação do Museu de Inhotim em Brumadinho, no domingo, 30 de outubro.
A atividade faz parte do Projeto Caminhos Abertos desenvolvido pela escola. O projeto é uma iniciativa da coordenação e dos monitores da Escola Integrada e tem como objetivo a mobilização dos estudantes do Programa Escola Integrada para valorização da arte, cultura e natureza.
O coral do projeto tem se destacado entre outras atividades por ser uma iniciativa de composição de letras e arranjos dos alunos e monitores do programa. A visita ao museu de Arte Contemporânea Inhotim tem sido fonte de inspiração para o desenvolvimento de atividades culturais entre os estudantes.


Quinta-feira, 28 de Outubro de 2010
POSTOS DA JUSTIÇA DO TRABALHO FACILITAM O ACESSO DE MAIS DE 500 MIL PESSOAS À JUSTIÇA
Em pleno funcionamento desde janeiro de 2008, os postos descentralizados de atendimentos da Justiça do Trabalho em Venda Nova e no Barreiro, criados em parceria com a Prefeitura de Belo Horizonte, facilitam o acesso o cidadão à Justiça. Isso porque a região do Barreiro possui cerca de 300 mil habitantes, 90 mil domicílios e 54 bairros. E a região de Venda Nova tem uma população de cerca de 245 mil habitantes e 64 mil domicílios.
Nestes postos, os usuários podem entrar com reclamações trabalhistas, escritas ou verbais, protocolar petições, devolver autos e consultar o andamento dos processos, evitando o deslocamento até as varas do Trabalho localizadas no centro da capital. No Barreiro, o posto de atendimento fica na rua Flávio Marques Lisboa, 345, e, em Venda Nova, na rua Padre Pedro Pinto, 1.055.


Sexta-feira, 22 de Outubro de 2010
RESTAURANTES POPULARES FESTEJAM DIA MUNDIAL DA ALIMENTAÇÃO
O Dia Mundial da Alimentação é celebrado no dia 16 de outubro, data em que se comemora a criação da Organização das Nações Unidas para a Agricultura e a Alimentação (FAO), que aconteceu em 1945. A Secretaria Municipal Adjunta de Abastecimento (Smaab) festejou a data em dois dias da última semana nos restaurantes populares, com diversas ações alusivas à temática de segurança alimentar.
No Restaurante Popular do Barreiro, a equipe da Smaab organizou uma mostra dos programas e projetos, com destaque para o Direto da Roça, Agricultura Urbana, Armazém da Roça, Plantio em Espaços Alternativos, Assistência Nutricional e Educação para o Consumo Alimentar. Várias parcerias abrilhantaram o evento, como a da PUC, que avaliou o índice de massa corporal (IMC) do público presente, o Sesc, que ofereceu os serviços de medição de pressão arterial e teste de glicemia, e a Secretaria Municipal de Saúde, com a equipe do Mobiliza SUS-BH, que animou o evento com a esquete teatral “Cordel da Alimentação”, promovendo informação de forma lúdica e divertida.
Ainda no Restaurante Popular do Barreiro, a equipe da Smaab orientou os usuários sobre a importância da alimentação saudável, esclarecendo dúvidas e distribuindo cartilhas e folhetos referentes ao tema. Além disso, o evento contou com uma bela exposição de trabalhos relacionados à boa alimentação dos alunos de escolas e creches da região. O Lar Fabiano de Cristo levou as crianças e adolescentes atendidos para visitarem os estandes e conhecerem melhor os programas de segurança alimentar do município.
Todos almoçaram no restaurante, participaram de brincadeiras e ganharam brindes. Também estiveram presentes dois grupos de convivência de idosos do Barreiro, Amor e Vida e Renascer, que participaram das atividades e também almoçaram no local.
Importância
Adilana de Oliveira organizou as comemorações e ressalta a importância da Segurança Alimentar e Nutricional como um conjunto de políticas e ações públicas que reconhecem o direito à alimentação como fundamental e básico para um desenvolvimento adequado dos indivíduos e das relações humanas. “Nós temos um grande programa em Belo Horizonte, mas ainda vislumbramos outras conquistas e uma delas está relacionada com a promoção e resgate da alimentação saudável para melhorar a saúde e qualidade de vida de todos”.
Os restaurantes populares I e II, com a parceria da Universidade Federal de Ouro Preto (Ufop), Uni-BH e Universidade Federal de Minas Gerais (UFMG), também realizaram ações educativas e avaliação de IMC para os frequentadores, além de orientação nutricional.
O objetivo do Dia Mundial da Alimentação é conscientizar a humanidade sobre a difícil situação que enfrentam as pessoas que passam fome, além de promover em todo o mundo a participação da população na luta contra a fome.

Sábado, 16 de Outubro de 2010
AÇÕES TORNAM TRÂNSITO MAIS SEGURO NO BARREIRO
Atravessar e convergir no entroncamento da avenida Waldyr Soeiro Emrich, a Via do Minério, com as ruas Aladim Corrêa de Farias e José dos Santos Lage, no bairro Teixeira Dias, no Barreiro, está mais seguro desde quinta-feira, dia 14. Com o objetivo de garantir a tranquilidade de pedestres e melhorar a circulação de veículos no local, foram instalados semáforos e nova sinalização horizontal e vertical.
O analista de Transporte e Trânsito da BHTrans, Leonardo Barros, explica a importância das medidas. “Os carros que circulavam em qualquer direção tinham quatro possibilidades de sentido: seguir em frente, retornar, convergir à esquerda ou à direita. Com isso, o entroncamento apresentava grandes retenções e possibilidades de atropelamentos e colisões entre veículos”. Em horários de trânsito mais intenso, o fluxo na Via do Minério chega a dois mil veículos por hora. “Era preciso esperar até 15 minutos para atravessar”, relata João Bosco, que mora há mais de 20 anos próximo ao local.
Agentes da BHTrans monito¬ram o trânsito para orientar os motoristas e avaliar o impacto nos diferentes horários do dia. “A equipe vai continuar o trabalho de monitoramento para avaliarmos todas as necessidades de ajustes no tempo dos semáforos recém implantados e dos existentes nos quarteirões próximos”, garantiu Leonardo Barros.
Alterações
Foram proibidas manobras de retorno na avenida, bem como as conversões à esquerda para a rua Aladim Corrêa de Faria, no sentido bairro, e para a rua José dos Santos Lage, no sentido Centro.
O trajeto da linha 314, que faz o itinerário Estação Diamante/Estação Barreiro, Via Santa Helena, foi alterado somente no sentido Estação Barreiro. Detalhes sobre o novo itinerário são informados no interior dos ônibus e nos pontos de embarque e desembarque.



Sexta-feira, 8 de Outubro de 2010
SERVIDOR HOMENAGEIA COLEGAS COM SAMBA DE RAIZ
Para abrir a programação comemorativa do mês do servidor público, a Regional Barreiro promove um happy hour especial hoje, às 18h. O evento será na Feira das Variedades, realizada semanalmente na Praça Domingos Gatti, em frente ao Santuário São Paulo da Cruz.
Além das diversas opções de artesanato e de pratos salgados e doces, haverá sorteio de brindes para os servidores. A música vai ficar por conta do grupo Confraria, que promete alegrar o público com o melhor do samba de raiz. O violonista do grupo é o servidor Maurício Dalessi, que trabalha na Gerência de Administração e Finanças. “Vários colegas me perguntam onde vou tocar e comentam que gostariam de conhecer esse meu outro trabalho”, conta Maurício. Sobem também ao palco dois percusionistas, um cavaquinista, um flautista e a cantora da velha guarda de samba de Belo Horizonte, Ana Eliza, do grupo Diploma da Vida, especialmente convidada para a ocasião.
A Regional Barreiro, em parceria com a Associa¬ção dos Servidores Públicos Municipais (Assemp) vai promover uma semana inteira de atividades para os servidores do Barreiro. Teatro, dança, acupuntura e ioga são algumas opções programadas para os servidores entre os dias 25 e 29 de outubro. As vagas são limitadas. Mais informações podem ser obtidas pelo telefone 3277-5926.


Sexta-feira, 8 de Outubro de 2010
PRODABEL INSTALA REDE DE FIBRA ÓPTICA NA REGIONAL BARREIRO
A Empresa de Informática e Informação do Município de Belo Horizonte (Prodabel) implantou na última semana uma rede de fibra óptica na sede da Regional Bar¬reiro, na rua Flávio Marques Lisboa, 345. O objetivo foi melhorar o acesso à internet e aos sistemas da Rede Municipal de Informática (RMI), que era realizado por meio de links fornecidos por operadoras. Esta é a sexta regional da Prefeitura a receber fibra óptica. Antes, Centro-Sul, Leste, Oeste, Pampulha e Noroeste também já foram contempladas com a instalação.
Para o diretor de Rede da Prodabel, George Machado, as vantagens são a segurança e a velocidade no acesso à internet e aos sistemas da RMI, além de banda ilimitada. “A partir de agora, os usuá¬rios terão um acesso mais qualificado”, explicou. O diretor avalia que a instalação da fibra óptica é importante, já que a demanda de internet na PBH está entrando em uma fase de transmissão de imagem, o que exige um desempenho adequado da rede.
O gerente de Administração e Finanças da Regional Barreiro, Gelcimar Dias Santana, confirma os benefícios da mudança. “Ganhamos uma velocidade considerável. As páginas da internet abrem em questão de segundos”, afirmou. Ele ressalta a importância do uso da tecnologia na rotina de trabalho, o que possibilita maior agilidade nos serviços e atendimentos prestados pela regional. “Os resultados positivos aparecerão normalmente, pois teremos condições de dar respostas mais rápidas aos cidadãos e os clientes internos”, pontuou.

Quinta-feira, 7 de Outubro de 2010
PALESTRA NO BARREIRO DISSEMINA USO DA LEI DE INCENTIVO À CULTURA
A Regional Barreiro recebeu o Circuito de Palestras de Incentivos Fiscais, promovido pela V&M do Brasil, na última semana. O objetivo da ação conjunta é disseminar o conhecimento acerca dos incentivos fiscais oferecidos pela legislação brasileira e ampliar o número de projetos culturais da região apoiados pelas leis municipal, estadual e federal de incentivo à cultura. “Dian¬te da efervescência cultural do Barreiro, muitos projetos poderão ser apresentados e podem até ser executados em um futuro próximo”, avalia a coordenadora do projeto de turismo Barreiro Prazer em Conhecer, Marilene Souza.
Palestrante e orientador de projetos da V&M, Eder Coradi apresentou os mecanismos de incentivos à promoção da criança e do adolescente, ao esporte e à cultura para uma audiência composta por empreendedores, artistas e agentes culturais. As leis de incentivo beneficiam os artistas e também os patrocinadores. Além de divulgarem amplamente o apoio, as empresas que queiram patrocinar projetos culturais pela lei municipal descontam cada centavo investido no recolhimento do imposto sobre serviços.
Morador do Barreiro e músico, Walter Dias é presença constante nos eventos da região há 25 anos. Já gravou CDs, mas a falta de recursos dificulta a divulgação do trabalho. Atento às explicações, ele elogiou a iniciativa “Palestras como essa contribuem para descentralizar os recursos e promover talentos desconhecidos. Muitos artistas não usufruem das leis pela falta de conhecimento”, avaliou.

Quinta-feira, 7 de Outubro de 2010
ALUNOS DA ESCOLA MUNICIPAL ISAURA SANTOS VISITAM SÃO PAULO
Quarenta e dois alunos da Escola Municipal Professora Isaura Santos, que fica no Barreiro, embarcaram na terça-feira, dia 5, para São Paulo. Acompanhados por professores, mães de alunos e oficineiros da Escola Integrada, os estudantes passaram um dia repleto de atividades culturais, na maior capital do Brasil.
A viagem é o auge do projeto de Língua Portuguesa, que faz parte do Plano de Desenvolvimento Escolar (PDE) da escola. Após um longo trabalho de leitura, literatura, pesquisas, trabalhos em sala de aula e na biblioteca, a visita a São Paulo complementa o estudo como estratégia diferenciada de incentivo a leitura e a escrita.
Os alunos visitaram o Museu da Língua Portuguesa, a Pinacoteca do Estado de São Paulo, o Memorial da América Latina e o Parque do Ibirapuera. Segundo a vice-diretora da escola, Ivanete Vieira, o projeto contou com o apoio dos pais e teve grande envolvimento dos estudantes, que aguardaram a viagem com muita empolgação.

Terça-feira, 5 de Outubro de 2010
ESCOLA MUNICIPAL SEBASTIÃO GUILHERME DE OLIVEIRA OFERECE CURSOS DO PROGRAMA ESCOLA ABERTA
A Escola Municipal Sebastião Guilherme de Oliveira está oferecendo à comunidade uma série de cursos através do Programa Escola Aberta. As inscrições podem ser feitas às terças e quartas-feiras, das 18h às 21h, e aos domingos, das 8h às 15h, na própria escola, que fica na rua Calêndula, 10, bairro Olaria, no Barreiro. Para se inscrever, é necessário ter idade igual ou superior a 16 anos. Os participantes receberão certificados, emitidos pela Câmara de Dirigentes Lojistas (CDL). Confira no box abaixo os cursos oferecidos.
Os cursos oferecidos:
A Eficácia das Reuniões
Introdução ao Linux
Auxiliar de Escritório
Br Office
Cidadania
Contabilidade Básica
Departamento Pessoal
Excel
Gestão do Próprio Tempo
Internet
Navegação e e-mail
Introdução ao Empreendedorismo
Introdução à Informática
Introdução às Práticas Administrativas
Operador de Telemarketing
Powerpoint
Práticas de Finanças nas Empresas
Secretariado
Técnicas de Negociação
Telefonista Recepcionista
Web Designer
Windows Xp
Word

Sábado, 2 de Outubro de 2010
REGIONAIS BARREIRO E NORTE HOMENAGEIAM SECRETÁRIAS
Para celebrar o Dia da Secretária, comemorado na quinta-feira, dia 29, a Gerência Regional de Educação Norte e a Gerência Regional de Educação Barreiro promoveram, cada uma, a sua homenagem às secretárias das escolas municipais das regiões. Ao todo, 46 escolas foram contempladas com as comemorações.
No encontro promovido pela Regional de Educação Norte na quarta-feira, dia 29, as secretárias de 19 escolas se surpreenderam com uma paródia da música “Amor, I Love You”, cantada pela gerente do Programa Bolsa Escola, Adarlete Carla do Rosário, e também com a história da origem do dia das secretárias. A confraternização aconteceu na área verde da regional e contou com a participação de todos os gerentes de Educação e da secretária adjunta Wilma Lisboa.
Para Fátima Suely Vespa¬siano, secretária da Escola Municipal Cônsul Antônio Cadar há 17 anos, o encontro foi uma surpresa muito agradável. “Nunca recebi uma homenagem assim fora da escola e isso toca muito a gente. Às vezes, pensamos que estamos esquecidas e hoje vimos que não”, afirma. De acordo com o gerente regional de Educação, Jerry Adriani da Silva, a ação integra a política de valorização dos servidores da Educação e é fundamental para o aprimoramento do setor.
Na Gerência Regional de Educação Barreiro, um café especial para as profissionais de 27 escolas da região marcou a manhã de quinta-feira. Segundo a gerente regional de Educação, Maristela Bruno, mesa farta, distribuição de brindes e descontração para comemorar a data já estão se tornando tradição. “Este é o quarto ano em que preparamos essa homenagem para nossas secretárias”, destaca.
Para Márcia Morete, secretária da Escola Municipal Padre Flávio Giammeta, o evento é, sobretudo, um momento de reflexão e agradecimento. Já Tânia Carvalho, secretária da Escola Municipal Aires da Mata Machado há 15 anos, tem motivos extras para confraternizar-se com as colegas. Esse foi o último café de que participou. Ela chama atenção para a importância do trabalho administrativo no funcionamento da escola. “Nosso serviço requer atenção, paciência e carinho para atender bem aos pais e aos professores”, disse.


Sexta-feira, 1 de Outubro de 2010
ALUNOS DO PROGRAMA PROJOVEM URBANO VISITAM O PARQUE DO CARAÇA
A Prefeitura de Belo Horizonte levou cerca de 50 alunos do Programa Projovem Urbano das escolas municipais Arthur Guimarães e Honorina de Barros (região Noroeste), Professora Alcida Torres (região Leste) e Pedro Aleixo (Barreiro) no último final de semana ao Parque Nacional do Caraça, a 120 quilômetros da capital mineira. Os estudantes fazem a qualificação profissional em Turismo e Hospitalidade.
A viagem foi a oportunidade para os alunos observarem e vivenciarem a prática de um monitor de turismo. “Acredito que a visita técnica é de extrema importância para os alunos de Turismo, pois esse é o momento no qual eles podem ver de perto como é a o trabalho do profissional, o que facilita a absorção e a fixação daquilo que foi dito na escola, além de perceberem a atividade turística como um fator econômico e social”, diz Camilo Milagres, professor da Escola Arthur Guimarães.
No Caraça, os participantes visitaram a Igreja Nossa Senhora Mãe dos Homens, o museu (antigo Colégio do Caraça), a pousada, o claustro e a cachoei¬ra Cascatinha. O professor Camilo ressalta a importância da visita técnica. “Aqui, os estudantes podem observar os aspectos ambientais, culturais, históricos, religiosos e naturais de Minas Gerais reunidos em um único espaço”, afirmou.
Na opinião de Suelane Ferraz, professora da Escola Municipal Honorina de Barros, a viagem contribui para a formação pessoal dos alunos. “Esse tipo de atividade permite o contato com outras ideias e culturas, às vezes completamente diferentes das habituais, o que amplia a visão de mundo e permite uma compreensão mais ampla da enorme diversidade de modos de vida”, disse.
Segundo Suelane, a visita ao Caraça possibilita aprofundamento dos conhecimentos da história mineira e brasileira, bem como o reconhecimento da importância do santuário no cenário político brasileiro, pois muitos alunos que se formaram no antigo mosteiro foram políticos que deixaram sua marca na história, dentre diversos outros aspectos.
Objetivos alcançados
Para os estudantes, a viagem alcançou os objetivos propostos. “Podemos observar o que o guia turístico faz na prática, como é sua profissão e quais são as atividades que ele executa. É preciso ter muito conhecimento e paciência para atender bem aos turistas. Observamos tudo em detalhes e acredito que vamos entregar trabalhos bastante enriquecidos após a viagem”, comentou o estudante Marcos dos Santos, da Escola Municipal Honorina de Barros.
Segundo o estudante, o Projovem Urbano proporcionou mudanças em sua vida. “O Projovem foi muito bom para mim pois tive oportunidade de voltar aos estudos. Além de todas as coisas boas que isso envolve, me fez aprender a gostar de estudar, coisa que nunca tinha acontecido”, disse.


Quinta-feira, 30 de Setembro de 2010
ESTUDANTES DO BARREIRO CONHECEM HOSPITAL JÚLIA KUBITSCHEK
As escolas municipais Dinorah Magalhães Fabri, localizada na Vila Cemig, e Pedro Aleixo, do bairro Flávio Marques Lisboa, ambas na região do Barreiro, promoveram uma atividade inusitada. Levaram os alunos do Projeto Escola Integrada para passear no hospital. A excursão foi uma forma de imergi-los na história do Hospital Júlia Kubitschek, que completa 50 anos de existência em setembro.
Os alunos, que moram no entorno do bairro Milionários, foram recebidos pelos membros da Comissão de Memória do Hospital. Durante o passeio, assistiram a um vídeo sobre a fundação da instituição e conferiram de perto as mudanças implementadas na estrutura e na forma de atendimento ao longo do tempo, percorrendo alguns dos corredores de até quatro metros de largura que dão acesso às alas.
Impressionados com o universo desvendado por trás dos longos muros e árvores frondosas que cercam a instituição, não faltou inspiração para contar a experiência em textos e pinturas. O passeio e a elaboração dos trabalhos foram feitos sob orientação dos monitores e professores do Programa Escola Integrada e com apoio da Gerência Regional de Educação. “O hospital nos convidou para um trabalho conjunto que o aproximasse da comunidade local e recebeu os alunos e professores de braços abertos”, conta Leda Lopes, que compõe a equipe de Projetos Especiais do Barreiro.
Textos
Cerca de 80 alunos, de 9 a 14 anos, participaram das atividades. Todos produziram textos em torno do resgate da história do Júlia Kubitschek e da importância dele para a comunidade. “O que se espera de um hospital com a grandiosidade do Júlia? Espera-se que as lágrimas se transformem em sorrisos, que o temor se transforme em alívio, que a tristeza se transforme em consolo, que a morte se transforme em vida”, escreveu Daiany Costa.
Como inspiração não é problema para esta turma, nas oficinas de artes eles estão pintando quadros para mostrar mais um pouco do que viram durante a visita. Os quadros retratam as particularidades da percepção de cada aluno. Admirada com a maternidade, Sara Stephany Ramos, de 10 anos, pintou a casa das grávidas. “Quando as pessoas que moram longe vêm ganhar neném e não têm para onde ir, elas ficam lá”, explica. Para Walbert de Oliveira, 11 anos, o que mais chamou atenção foi o carinho com que foram recebidos.
Medicamentos, médicos e a arquitetura do hospital são outros aspectos lembrados pelos alunos nos textos e ilustrações. Todos os trabalhos serão expostos nas escolas e no hospital, garante a professora Zélia Duarte.
Hospital
Localizado na rua Doutor Cristiano Resende, 2.745, bairro Milionários, o Júlia Kubitschek foi criado em 1958 para tratar doentes com tuberculose. A amplitude de suas salas e corredores e a extensão de áreas verdes em torno dele se justificam pela importância que tinha na época a pureza do ar no tratamento da doença.
No final dos anos 80, ele foi reformado e reequipado para funcionar como hospital geral de abrangência regional. Vinculado à Fundação Hospitalar do Estado de Minas Gerais, oferece atendimento a pacientes de todo o Estado em especialidades como clínica médica, pediatria, cirurgia geral, obstetrícia, odontologia e é referência em gravidez de médio e alto risco.

Quarta-feira, 29 de Setembro de 2010
TEATRO INFORMA USUÁRIOS DO RESTAURANTE POPULAR BARREIRO SOBRE HÁBITOS SAUDÁVEIS
Os usuários do Restaurante Popular do Barreiro tiveram na última semana um almoço edu¬cativo. Estudantes do curso de Nutrição da PUC Minas apresentaram um teatro sobre como se hidratar no dia a dia. Edna Cu¬pertino, nutricionista do restaurante, conta que a peça apresentada na unidade é uma parceria entre a PUC e o Restaurante Popular do Barreiro e faz parte das atividades em comemoração do Dia Mundial da Alimentação, celebrada no dia 16 de outubro. “A parceria é importante tanto para a PUC, quanto para o restaurante, porque o objetivo é um só, atender a população. Nós fazemos a nossa parte, que é informar o modo seguro de se manter hábitos saudáveis, e os estudantes podem aplicar os conhecimentos teó¬ricos na prática”, disse Edna.
De setembro até dezembro acontecerão quatro participações dos alunos da PUC em eventos deste tipo. Os temas são variados e têm como foco a prevenção e o controle de doenças relacionadas à alimentação. Estudante de Nutrição, Raquel Aparecida da Silva conta que a peça apresentada pelo grupo é fruto de um trabalho acadêmico. Raquel ressalta a importância de se criar o hábito de tomar água mesmo se não tiver sede. Ela explica que a sede já é um sinal de que está faltando água para o organismo. “Precisamos passar a mensagem da importância de tomar ao menos oito copos de água por dia. O teatro é um dos métodos utilizados na educação nutricional por prender a atenção das pessoas. Assim, elas identificam a mensagem”.
Lição
O motorista Ilton Limo Ribeiro, que estava almoçando, parou para ver a encenação. Para ele, as informações escritas não fazem muita diferença porque sempre guarda no bolso e se esquece de ler depois. “O teatro é mais fácil, ver a situação é bem mais agradável do que só ficar ouvindo palestra ou ler um encarte. Olhando assim, você identifica a mensagem educativa e começa a pensar se está fazendo as coisas certas para a saúde”, diz.


Quarta-feira, 29 de Setembro de 2010
QUADRINISTA VISITA ESCOLA MUNICIPAL NO BAIRRO MIRAMAR
A Escola Municipal Professora Isaura Santos (rua Hoffman, 80, bairro Miramar, no Barreiro) recebe hoje, às 9h30, a visita do quadrinista Vitor Cafaggi. O evento tem como objetivo incentivar a leitura e a escrita como formas de conhecer e se comunicar com o mundo. A iniciativa conta com a parceria do Programa de Bibliotecas da Secretaria Municipal de Educação e da Fundação Municipal de Cultura.
A visita é o auge de um trabalho realizado pelos estudantes da Escola Integrada e dos 2º e 3º ciclos, frequentadores da biblioteca, que inicia¬ram uma oficina para discussão dos temas sus¬tentabilidade, consumo e cidadania. Como resultado do trabalho, os alunos confeccionaram bancos de garrafas pet para revitalizar o espaço dos gibis na biblioteca.


Terça-feira, 28 de Setembro de 2010
REVITALIZAÇÃO DE CANTEIRO CENTRAL DA OLINTO MEIRELES VALORIZA CHEGADA DA PRIMAVERA
Centenas de esportistas que percorrem diariamente a avenida Olinto Meireles, no Barreiro, além de milhares de pessoas que transitam de carro e ônibus pelo local, foram surpreendidas com uma bela amostra da chegada da primavera. O canteiro central foi revitalizado e ganhou um novo colorido.
Durante quase 30 dias, dez funcionários da Gerência de Jardins e Áreas Verdes se dedicaram à revitalização e ao ajardinamento de 700 metros do canteiro central da avenida, no trecho entre a avenida Álvaro Antônio e a Via do Minério.
Uma detalhada restauração do piso dos canteiros proporcionou mais segurança e conforto para os praticantes de caminhada e de cooper. A paisagem natural também foi valorizada. O sistema de irrigação recém-implantado está garantindo que o novo gramado permaneça verde e contraste com as flores dos frondosos ipês rosa que estão na avenida.
Moradora do bairro Santa Helena, Laura Carolina não deixou de notar a diferença e elogiar a iniciativa. “Gostei muito. O Barreiro ficou mais bonito”, observou. A manutenção do canteiro ficará sob responsabilidade da empresa Suggar Eletrodomésticos, que possui uma fábrica na região e acaba de adotá-lo por meio do Programa Adote o Verde.


Sábado, 25 de Setembro de 2010
BARREIRO RECEBE OBRAS DE MELHORIA DO TRÂNSITO
Com cerca de 300 mil habitantes e reconhecido polo comercial e industrial e porta de entrada para várias cidades metropolitanas, o Barreiro tem recebido atenção especial da Prefeitura com relação ao trânsito. Para melhorar a segurança de motoristas e pedestres e aumentar a fluidez, as vias da região têm recebendo diversas intervenções promovidas pela BHTrans, com apoio da Regional Barreiro.
Sinalização horizontal e vertical, mudança na circulação das vias, adaptação de canteiros e calçadas para facilitar o acesso de pessoas com dificuldade de locomoção, criação de rótulas e ampliação de áreas para estacio¬namento são algumas das me¬lhorias implantadas no bairro Tirol, um dos mais movimentados da região. Os passeios em frente à Escola Municipal Helena Antipoff foram alargados com o objetivo de estreitar a via e possibilitar uma travessia mais rápida e segura para os alunos. Outra via do bairro que será beneficiada nas próximas semanas é a rua Newton Bonifácio Costa, onde será instalado um semáforo. Próximo ao bairro, a esquina das ruas Júlio Mesquita e Pau¬línia, no bairro Itaipu, já recebeu nova sinalização.
A conclusão da avenida Tereza Cristina, em parceria com o Governo Federal, é uma das intervenções de maior destaque. A avenida vai ligar o Barreiro às regiões Oeste e central da cidade e será mais uma importante opção de acesso. A obra inclui a construção de um viaduto interligando a avenida Olinto Meireles à avenida Tereza Cristina. Próximo à obra, foi instalado um radar para aumentar a segurança de motoristas e pedestres.
Melhorias
Parcerias também facilitam a vida de quem transita pelo Barreiro. A V&M do Brasil está construindo novas vias dentro do terreno da empresa. A abertura da avenida Deputado Álvaro Antônio teve grande impacto no trânsito da região. Ela liga a avenida Olinto Meireles à Via do Minério e reduziu significativamente as retenções nas vias do entorno.
Além de novas vias internas, que em breve devem ser abertas para o trânsito, a empresa construiu uma rua no Bairro das Indústrias, interligando as ruas Dário Faria Tavares, Júlio Correia Pinto, Alfredo Nohmi Filho e Maria de Lourdes Manso, todas, antes, sem saída.
Radares para facilitar o controle do limite de velocidade na Via do Minério e na avenida Olinto Meireles já estão funcionando. Ligado no dia 1º de setembro, o radar garante mais segurança para o grande número de pedestres que utiliza os pontos de ônibus próximos ao viaduto que dá acesso à região.
O incentivo ao uso de ¬meios de transporte alternativos também faz parte das estratégias da Prefeitura para melhorar o trânsito. No dia 24 de setembro, foi publicado o edital de licitação que prevê a contratação de uma empresa para elaborar o projeto de ciclovias para a cidade, inclusive para a região do Barreiro.

Sexta-feira, 24 de Setembro de 2010
ESCOLA DO BARREIRO OFERECE CURSO DE CABELEIREIRO PARA A POPULAÇÃO
O Programa Escola Aberta da Escola Municipal Sebastião Guilherme de Oliveira, que fica no bairro Olaria, no Barreiro, está oferecendo um curso básico de cabeleireiro, destinado a qualquer pessoa a partir de 16 anos. As inscrições podem ser feitas nos finais de semana, até o dia 3 de outubro, na própria escola (rua Calêndula,10), com a coordenadora Cíntia. O curso começa no dia 9 de outubro e as aulas serão ministradas sempre aos sábados, das 9h às 15h. Mais informações podem ser obtidas no telefone 3277-5837.

Quinta-feira, 23 de Setembro de 2010
BARREIRO SE ANTECIPA PARA EVITAR ENCHENTES
Uma das prioridades da Regional Barreiro é minimizar as dificuldades causadas pelas chuvas de fim de ano. Para isso, os principais córregos da região estão sendo desassoreados. O Córrego Tirol foi o escolhido para iniciar o trabalho.
Desde o dia 13 de agosto, entulhos e resíduos estão sendo retirados do leito e das margens. Foram removidas mais de 500 toneladas de resíduos como garrafas pet, pneus, galhos de árvores e sacolas que entopem as galerias e provocam inundações. “Já encontramos até carcaça de carro. Os moradores precisam se conscientizar para melhorar as condições do córrego”, disse o supervisor da limpeza Sinval Morais.
A atividade de desassoreamento é feita com uma escavadeira hidráulica das 7h às 17h. A partir de amanhã a operação de limpeza das margens será realizada no Córrego Olaria. O cronograma inclui também os córregos Jatobá e Independência.


Terça-feira, 21 de Setembro de 2010
PREFEITURA TRABALHA PARA EVITAR INUNDAÇÕES NA REGIÃO DO BARREIRO
Famílias residentes da Vila Marieta já participam do cadas¬tramento do programa Vila Viva. A iniciativa da Prefeitura, em parceria com o Governo Federal, visa minimizar a situação de risco de inundação no período das chuvas. O projeto agrega construções de bacias de detenção e tratamento de rios.
Mais de 140 domicílios já foram identificados para serem removidos da região, trabalho nomeado como selagem. A coordenadora social do trabalho, Alessandra Rodrigues afirma que as famílias estão aderindo de maneira positiva ao trabalho da Prefeitura. “Faltam ainda algumas casas a serem identificadas, mas temos visto que a comunidade tem facilitado o processo”, informa.
O processo de selagem terminou no mês de agosto. Agora o próximo passo é o cadastro socio¬econômico e a avaliação dos imóveis das famílias. Aos moradores da Vila Marieta serão ofertados o benefício do reassentamento em apartamento construído pelo Programa Vila Viva.
Para usufruir do beneficio de moradia, os residentes devem atender a alguns critérios mínimos do Reassentamento Monitorado (Proas). As normas são residir há mais de dois anos no imóvel, ser residência própria, ter renda de no máximo cinco salários mínimos e não ter outro domicilio na região de Belo Horizonte.
Os apartamentos serão construídos a partir do próximo ano em localidades próximas à região. Para os moradores que não desejam residir em apartamentos, os domicílios poderão ser indenizados. O projeto permite ainda um auxílio de até R$ 20 mil para famílias com número elevado de membros, desde que estejam de acordo com as normas do Programa Proas. Este projeto também atenderá famílias da Vila Carro¬ceiros, que já passaram por estas etapas de selagem, cadastro e avaliação dos imóveis.


Quarta-feira, 15 de Setembro de 2010
PBH PREPARA MORADORES DE ÁREAS DE RISCO PARA PERÍODO DE CHUVA
Operação Pente Fino vai percorrer mais de 100 vilas e favelas da capital orientando população a reconhecer indícios de risco de acidentes e a procurar ajuda em casos de emergência
A Prefeitura de Belo Horizonte, por meio da Companhia Urbanizadora de Belo Horizonte (Urbel), começou ontem a Operação Pente Fino, que tem como objetivo a conscien¬tização dos moradores de áreas de risco geológico com perigo de desliza¬mento de encosta ou de inundação, para evitar acidentes no período chuvoso. A primeira ação foi realizada na Vila Cemig, no Barreiro, e contou com a participação dos técnicos da Urbel e das secretarias regionais, agentes da Defesa Civil Municipal e moradores voluntários dos Núcleos de Defesa Civil (Nudec). Os técnicos distribuíram cartilhas edu¬cativas, orientaram os moradores a identificar os indícios de risco de acidentes e a agir adequadamente nas situações de emergência e forneceram os telefones para solicitar vistoria e atendimento.
Engenheira civil da Urbel, Marilusa Diniz participou da mobilização na Vila Cemig e explicou a importância da ação. “É fundamental que os técnicos orientem os moradores a perceberem os riscos de acidentes e a buscarem ajuda no lugar certo em situações de emergência”, afirmou. O operador de telemarketing Natanel Pereira mora no local há seis anos e agradeceu a visita dos técnicos da PBH. “A conversa com eles é importante porque precisamos saber todos os cuidados que devemos tomar com a chegada das chuvas”, disse. O morador afirmou que, para ele, a principal orientação dada pelos técnicos foi a maneira de entrar em contato com a Prefeitura em casos de acidente. Veja no box ao lado as ações e os efeitos da prevenção na Vila Cemig.
A operação, que se estende até o dia 26 de outubro, faz parte das ações preventivas realizadas pelo Grupo Executivo de Área de Risco (Gear) e vai percorrer 104 vilas e favelas de Belo Horizonte. Ainda nesta semana também serão visitados o Aglomerado Beira Linha e a Vila Dom Silvério, na região Nordeste, a Vila Nossa Senhora Aparecida, no Aglomerado da Serra, a Vila Nova Gameleira, na região Oeste, e a Vila Primeiro de Maio, na região Norte. Antes do início das chuvas do ano passado, operação idêntica alcançou 110 comunidades, onde foram distribuídas 14 mil carti¬lhas educativas.
A diretora de manutenção em áreas de risco da Urbel, Isabel Volponi, explicou que a ação de mobili¬zação nas comunidades é feita anualmente e começa cerca de dois meses antes do período de chuva. Segundo ela, o principal fator avaliado nas vistorias realizadas por técnicos da PBH é o nível de estabilidade do terreno, que pode diagnosticar um risco que precisa ser monitorado ou a necessidade de remoção das famílias do local. “É importante que os moradores estejam orientados a procurar ajuda em casos de emergência. A solução pode ser simples, com pequenas obras ou apenas com o monitoramento”, afirmou.
A população pode solicitar atendimento e vistoria pelos telefones 3277-6409 (Urbel - segunda a sexta-feira, no horário comercial) e 199 (Defesa Civil – finais de semana e feriados).
As ações na Vila Cemig
Efeitos
A Vila Cemig tem aproximadamente 6.900 habitantes distribuídos em uma área de 226 mil metros quadrados e, de acordo com levantamento do Diagnóstico da Situação de Risco Geológico das Vilas, Favelas e Conjuntos Habitacionais Populares de Belo Horizonte, concluído em junho do ano passado pela Urbel, o número de moradias com grau de risco alto e muito alto diminuiu na comunidade. Em 2004, existiam 149 edifi¬cações em risco alto e 44 em risco muito alto. Agora, de acordo com o último diagnóstico da Urbel, são 104 edificações com grau de risco alto. A redução pode ser atribuída, principalmente, às remoções de famílias das áreas instáveis e também pela realização de obras do Programa Estrutural em Áreas de Risco e do Orçamento Participativo.
Centro de Referência
Além da operação Pente Fino, os moradores da Vila Cemig também passam a contar neste período chuvoso com o Centro de Referência em Área de Risco (Crear), em funcionamento deste ontem na rua Coletivo, 48, que, além de aproximar e agilizar o atendimento às famílias das áreas de risco, também pode ser usado momentaneamente como abrigo em situações emergenciais, já que está e¬quipado com colchões, cobertores, fogão e geladeira. Belo Horizonte dispõe de outros seis centros de referência em área de risco, localizados nos aglomerados que concentram o maior número de casos de risco geológico (Apo¬lô¬nia, Cabana, Paulo VI, Taqua¬ril, Serra e Santa Lúcia).
Redução do número de moradias em risco alto e muito alto
O mapeamento do Diagnóstico da Situação de Risco Geológico das Vilas, Favelas e Conjuntos Habitacionais Populares de Belo Horizonte, concluí¬do pela Urbel em meados de 2009, foi realizado em 211 comunidades, 41 a mais do que no mapeamento feito em 2004.
O estudo constatou a existência de 163 áreas com risco geo¬lógico, sendo que em 111 delas há casos de risco alto e muito alto, que precisam ser constantemente monitorados. O resultado mais significativo do diagnóstico é o que aponta a redução de 64% no número de edificações em risco alto e muito alto nas vilas e favelas de Belo Horizonte nos últimos cinco anos. Ou seja, de 10.650 edifi¬cações em 2004 para 3.789 este ano.


Terça-feira, 14 de Setembro de 2010
PARQUE NO BARREIRO É MAIS UM ESPAÇO PARA A PRÁTICA DE ESPORTES EM BH
Pista de skate recém inaugurada, quadras de futebol, espaço para corrida e caminhada, além de uma Academia da Cidade. O Parque Vila Pinho, localizado no Barreiro, é uma área verde municipal que oferece diferentes opções para a prática de esportes. Para os moradores da região, o parque atende todas as idades. “Minha mãe vem sempre porque ela gosta daqui e tem as amizades”, comenta a estudante Luana Carla Valeriana, de 13 anos. Wanderson de Jesus, de 14 anos, também conta que sua mãe e sua avó não deixam de frequentar a academia do local. “Elas vêm segunda, quarta e sexta. Eu aproveito e venho também, principalmente para jogar futebol e correr. Aqui é importante para todo mundo”.
Segundo o professor de Educação Física do Projeto Academia da Cidade, Thiago José da Silva, a qualidade das aulas disponibili¬zadas no parque é muito boa. “É bom que as pessoas façam atividades ao ar livre. Elas têm contato com o verde, a natureza e o ar puro”, afirma.
De acordo com ele, hoje 350 pessoas estão inscritas na academia. “Qualquer pessoa pode participar. As inscrições são feitas toda última quinta-feira do mês e, depois disso, agendamos a avaliação física antes de a pessoa começar a se exercitar”, explica.
Escolas
O Parque Vila Pinho é ainda utilizado pela Escola Municipal Lucas Monteiro Machado, por meio do projeto Escola Integrada. Os monitores levam os alunos uma vez por semana para brincarem lá. Para a monitora de Ciências Biológicas Cristina Estéfani, de 26 anos, eles ficam inquietos quando passam muito tempo dentro da sala. “Às vezes, fazemos brincadeiras em conjunto, como futebol, peteca e queimada. Além disso, temos o contato com a natureza, para ver as espécies da fauna e flora”, disse.


Quinta-feira, 9 de Setembro de 2010
ESCOLA DA PBH RECEBE DOAÇÕES DE LIVROS DO CRUZEIRO
A Escola Municipal Lucas Monteiro Machado, que fica no Barreiro, recebeu na última semana livros do Projeto Doe um Livro, realizado pela Prefeitura, por meio da Secretaria Municipal de Educação, em parceria com o Cruzeiro Esporte Clube. O mascote do time, o Raposão, também foi à escola festejar com as crianças.
Através do projeto, foram arrecadados livros de literatura para serem doados às Escolas municipais. No mês de julho deste ano, os alunos da escola Municipal Anne Frank, que fica na Pampulha, foram à Toca da Raposa assistir o treino dos jogadores, durante o qual receberam livros doados pelo clube e ainda presenciaram um sorteio de camisas do Cruzeiro autografadas pelos jogadores.


Quinta-feira, 9 de Setembro de 2010
PAC ARRUDAS BENEFICIA MAIS DE CINCO MILHÕES DE PESSOAS E PROMOVE SANEAMENTO DO RIBEIRÃO
Obras permitem ampliação da Tereza Cristina e interligação do sistema viário, refletindo na melhoria da qualidade de vida da população da região Oeste
A Prefeitura de Belo Horizonte, em parceria com os governos federal e estadual e a Prefeitura de Contagem, entregou ontem apartamentos do Conjunto Habita¬cional Parque Arrudas (rua José Bicalho, s/nº, no bairro das Indústrias, em Contagem), uma obra do Programa de Requalificação Urbana e Ambiental do Ribeirão Arrudas, que chega à segunda fase. Foram entregues as chaves de mais 208 novos apartamentos aos moradores da Vila Dom Bosco, rea¬locados pelas obras do Programa de Aceleração do Crescimento (PAC) Arrudas. Veja mais detalhes do PAC Arrudas no box abaixo.
As obras vão benefi¬ciar mais de cinco milhões de moradores da capital e da Região Metropolitana com a revitalização e o saneamento do Ribeirão Arrudas, a ampliação da avenida Tereza Cristina e interligação do sistema viário do entorno, além da melhoria na qualidade de vida e maior fluidez do trânsito na região Oeste de Belo Horizonte. A nova ligação viária será positiva também para os moradores do Barreiro. O evento contou com a presença do presidente Luiz Inácio Lula da Silva, do prefeito de Belo Horizonte, Marcio Lacerda, da prefeita de Contagem, Marília Campos, do secretário de Transportes e Obras Públicas do Governo Estadual, João Antônio Fleury, e da presidente da Caixa Econômica Federal, Maria Fer¬nanda Ramos Coelho, entre outras autoridades
De acordo com o presidente Lula, Belo Horizonte ganha um importante aliado no combate às enchentes. “Mais importante que as casas, que já estão ‘sagradas’, é tirar as pessoas de locais que podem sofrer com as enchentes ou de locais de risco. É uma coisa indescritível e só quem já passou por uma situação triste como essa pode falar”, afirmou.
O projeto inclui saneamento básico, pavimentação de vias, construção de trincheira e dois viadutos, além da remoção de famílias. A intervenção vai recuperar 2,7 quilômetros do Arrudas com investimentos de R$ 205 milhões, sendo R$ 155 milhões do PAC, R$ 25 milhões do governo de Minas Gerais e mais R$ 25 milhões divididos entre as prefeituras de Belo Horizonte e Contagem. “Antes, nem ambulância chegava em nossas portas e, hoje, somos cidadãos com nome e endereço, temos como receber carta”, disse Nildeia Campos, uma das moradoras do conjunto habita¬cional.
“Depois de inaugurar, no ano passado, cerca de 140 obras, confesso que as que mais emocionam são as de unidades habitacionais. Devemos registrar esse momento de alegria e compartilhar isso com todos os moradores, lembrando que temos avançado não só na questão da moradia, mas também de todas as áreas em que nós podemos medir os indicadores sociais”, analisou o prefeito Marcio Lacerda.
O projeto prevê ainda a remoção e o reassen¬tamento de aproximadamente 900 famílias da Vila Dom Bosco e região, em Contagem, e desapropriação de cerca de 400 lotes com benfeitorias, predominantemente na Vila São Paulo, para obras de preservação das margens do Ribeirão Arrudas e implantação do Parque Ecológico do Alto Arrudas. As áreas propostas para rea¬s¬sentamento estão localizadas ao longo do próprio trecho de intervenção, mini¬mizando os impactos sociais.
PAC ARRUDAS
O PAC Arrudas receberá investimentos de R$ 258 milhões. O pacote de obras prevê a construção de 608 apartamentos de dois e três quartos para reas¬sentamento de famílias moradoras de áreas de risco. Prevê também a construção de um centro comunitário e a implantação de parque linear ao longo do Ribeirão Arrudas. O fundo de vale do Ribeirão Arrudas está recebendo obras de contenções, retificações, inter¬ceptores de esgoto, remanejamento das redes de água e de esgotos, além do conjunto de recuperação ambiental. A melhoria do sistema viário compreende a construção de quatro pontes, dois viadutos, uma trincheira, um viaduto ferroviário e ampliação da avenida Tereza Cristina em 2,7 quilômetros.


Sexta-feira, 3 de Setembro de 2010
SECRETARIA DE SAÚDE APRESENTA MODELO DE PPP PARA CONSTRUÇÃO DO HOSPITAL METROPOLITANO
Durante Audiência Pública realizada na quarta-feira, dia 1º, na Prefeitura de Belo Horizonte, o secretário municipal de Saúde, Marcelo Teixeira, apresentou para a população da capital o modelo de Parceria Público Privada (PPP) que será aplicado na construção do Hospital Metropolitano do Barreiro.
A cerimônia contou com a participação da presidente da Comissão Permanente de Licitação da Secretaria Municipal de Saúde (SMSA), Marilda Batel Ribeiro, o arquiteto responsável pela elaboração do hospital, Domingos Fiorentini, o superintendente da Sudecap, Fernando Janotti, o secretário adjunto de Gestão Administrativa, Hipérides Ateniense, e a procuradora adjunta do município, Cristiane Fortini.
A publicação do edital de licitação para a conclusão da segunda etapa da obra, que começou no primeiro semestre deste ano, será no dia 28 de setembro. A empresa (ou consórcio) vencedor(a) ficará responsável pela conclusão do hospital, que tem um custo estimado de R$ 139,5 milhões.
Em contrapartida, o vencedor da licitação poderá explorar, por 20 anos, os serviços não clínicos oferecidos pelo hospital, distribuídos em 31 categorias, como estacionamento, lavanderia e rouparia. O ganhador terá um retorno garantido de R$ 52 milhões ao término do contrato, valor que será ampliado de acordo com a taxa de ocupação e de serviços prestados pelo hospital.
“O valor que a PBH vai pagar dependerá da qualidade dos serviços prestados pelo parceiro. Para isso, estipulamos vários índices, como de disponibilidade, qualidade e conformidade. Esses índices serão acompanhados por meio de uma pesquisa independente que será realizada, mensalmente, junto aos usuários do hospital”, explicou Cristiane Fortini.
Já o secretário municipal de Saúde, Marcelo Teixeira, ressaltou que o modelo de PPP de Belo Horizonte refere-se, apenas, aos serviços não clínicos. “Toda a parte clínica assistencial continuará sob responsabilidade do SUS-BH. Com essa economia que teremos na construção do hospital, podemos investir em outras áreas. Estamos dinamizando o setor público e potencia¬lizando a qualidade dos serviços prestados”, disse ele.
Todo o processo de elaboração do projeto está sendo acompanhado pelo Banco Nacional de Desenvolvimento Econômico e Social (BNDES), por meio de um convênio de cooperação técnica firmado entre a PBH e o banco de fomento. O gerente da Área de Estruturação de Projetos (AEP) do BNDES, Renato Gago, elogiou a iniciativa da PBH que, segundo ele, é diferente de outras já realizadas no país.
Números
Moradores do Barreiro e conselheiros municipais de saúde acompanharam a audiência pública nesta quarta-feira. O aposentado Assis Tomaz de Aquino, 70 anos, morador do bairro Cardoso há 19 anos, acredita que a construção do hospital irá desafogar o atendimento médico na região. “A nossa população cresce a cada ano e os nossos hospitais já não suportam essa demanda. Esperamos que esse novo hospital ofereça um atendimento melhor para todos nós”, disse ele.
O novo hospital terá 11 andares e 320 leitos (40 de Unidade de Tratamento Intensivo e 40 de observação no Pronto Socorro) e atenderá uma média de 500 pacientes por dia. O hospital será construído numa área de 41 mil metros quadrados.


Quarta-feira, 1 de Setembro de 2010
ÁFRICA EM DESTAQUE NO CENTRO CULTURAL URUCUIA
A Secretaria Municipal de Educação, em parceria com o Centro Cultural Urucuia, promoveu na última semana a IV Mostra de Literatura Afro-Brasileira. A atividade foi realizada no centro cultural, que fica na rua W3, 500. A iniciativa teve como objetivo sensibilizar alunos, professores e moradores quanto às características da cultura africana descritas no quarto kit de literatura afro-brasileira.
A mostra reuniu oficinas de música, grafite, literatura, hip hop e dança de rua e atraiu alunos de diversas escolas municipais do Barreiro, que foram ao local participar das atividades. O grafiteiro Edgar Bernado aproveitou para repassar as principais dicas de um trabalho bem feito. “A criatividade é uma das marcas do grafite, além da destreza para contornar bem as extremidades”, orientou. Os aprendizes cobriram com imagens multicoloridas a parte interna dos muros do centro cultural.
Próximo à entrada do Urucuia, Marileide da Costa, 26 anos, ensinou as típicas tranças africanas para as alunas. “Aprendi com minha mãe e gosto muito de ensinar. Acredito que assim difundimos a cultura africana”, disse.
Na parte central do centro cultural foram expostos livros do kit de literatura afro-brasileira, disponibilizado pelo quarto ano seguido pela Prefeitura para as escolas da rede municipal. Composto por 94 livros, o acervo inclui literatura infantil, infanto-juvenil e adulta. Os livros serão dispo¬nibilizados para empréstimo na Biblioteca Polo, localizada na rua Coletora, 956, na Vila Pinho.

Quarta-feira, 1 de Setembro de 2010
MORADORAS DO BARREIRO DISCUTEM ESTRATÉGIAS SOCIAIS
Um grupo de 30 mulheres discutiu na última semana, no Centro de Referência em Assistência Social (Cras) Independência, no Barreiro, a importância da figura feminina na comunidade. As integrantes são moradoras dos bairros Independência, Mineirão e Vila Mangueiras e participam mensalmente do Chá de Mulheres promovido pelo Cras, que fica na rua Água da Vida, 14.
Nas últimas quarta-feira do mês, elas se reúnem para debater assuntos de relevância para a mulher e para a comunidade. Dentro do tema “A Importância da Mulher na Comunidade”, o grupo escolheu como sub-tema “Lixo”. A equipe do Cras tirou fotos de lugares do bairro que estão poluídos para as participantes identificarem. Depois foram feitas propostas pelas próprias moradoras para melhorar o ambiente em que vivem.
Dentre as sugestões, as mais aplaudidas foram a diminuição de lixo produzido pelos residentes, evitar jogar lixo em locais inadequados e a implantação de placas para identificar os locais onde é proibido o despejo de resíduos. “Queremos que a mulher repasse tudo que é ensinado aqui para os outros membros da família. Assim teremos a conscientização dos moradores quanto aos problemas locais”, disse a psicóloga e orientadora do Chá de Mulheres, Maiari Silvério.
“Procuro vir sempre, porque através do chá aprendemos muitas coisas. No mês passado descobri como se faz sabonete”, disse a moradora Terezinha Souza, 69 anos. Criado há oito anos, o Chá de Mulheres tem abordado temas de interesse das participantes como relacionamento familiar, saúde e educação. O projeto busca promover a cidadania por meio de reflexões e troca de experiências.


Sexta-feira, 27 de Agosto de 2010
BARREIRO ENCERRA COMEMORAÇÃO DE ANIVERSÁRIO COM MAIS DE 12 HORAS DE EVENTOS
Para encerrar o mês de comemorações dos 155 anos do Barreiro, a Regional preparou 12 horas de programação para amanhã, das 9h às 21h. Com o objetivo de incentivar o turismo ecológico na região e divulgar o Centro de Educação Ambiental Parque das Águas e o Parque Serra do Rola Moça, será realizada uma caminhada ecológica. A concentração será na Praça José Verano (avenida Olinto Meireles, bairro Miramar), às 8h, com saída às 8h30, passando pelo Parque das Águas, onde serão dadas dicas ecológicas.
A caminhada seguirá por uma trilha de aproximadamente três quilômetros pelo Parque Serra do Rola Moça, privilegiando o contato com mananciais de água e diversas espécies da fauna e flora características da região.
Enquanto isso, a partir de 13h, a Praça José Verano será palco de shows musicais e de dança. Durante todo o dia, grupos da comunidade, de diversos gêneros musicais, se alternarão em apresentações de música e dança. O evento será fechado com chave de ouro, com apresentação do grupo de dança folclórica Sarandeiros, que subirá ao palco às 19h. Todas as atividades são gratuitas e abertas ao público em geral.



Quinta-feira, 26 de Agosto de 2010
ENCONTROS NO BARREIRO PROMOVEM CIDADANIA E CONSCIÊNCIA SOCIAL
A timidez de Maria da Silva, beneficiária do programa Cesta Básica com Cadastro (CBC), não impediu a aproximação da professora Ana Reis. Educadora do projeto Educação de Jovens e Adultos (EJA), Ana iniciou a reunião com os participantes do CBC com sorrisos e perguntas insti¬gantes na segunda, dia 23, na sede da Regional Barreiro.
Mais de 30 pessoas foram surpreendidas com as indagações da professora. Ana incentiva os participantes a completar a escolaridade e motiva-os quanto à importância da leitura. Participante do EJA, Norberto Afonso conta ao restante da turma sobre a importância que a leitura tem para o seu dia a dia e motiva-os a cadastrarem no EJA. “Talvez você saiba arrumar a sua casa muito bem, mas até para ser empregada doméstica é preciso saber ler e escrever”, informa.
A Prefeitura atende famílias com cestas básicas avulsas, mas para casos com maior vulnerabilidade social existe o programa Cesta Básica com Cadastro. As famílias cadastradas recebem o auxílio por cinco meses no intervalo de um ano. Além da cesta básica, os beneficiários devem comparecer às reuniões promovidas mensalmente. O programa atende 160 famílias divididas em três grupos.
Durante os encontros são apresentados temas diversificados como saúde e educação. As palestras visam promover a cidadania e a consciência social das famílias cadastradas. “Se o programa servisse apenas para dar uma cesta básica, organizaríamos uma grande fila, mas o nosso objetivo é dar a oportunidade para essas pessoas pensarem. Queremos estreitar os laços e saber o que se passa com essas famílias”, disse a gerente de atendimento social, Adelaide Houri.
• Das 14h às 17h, na Praça da Administração, é realizada uma oficina de origami aberta ao público.


Terça-feira, 24 de Agosto de 2010
OBRAS DE VIADUTO CAUSAM ALTERAÇÃO NO TRÂNSITO DO BARREIRO
Em virtude de obras para construção do viaduto que ligará a avenida Olinto Meireles à avenida Tereza Cristina, no Barreiro, foi fechado o acesso junto ao Viaduto Engenheiro Andrade Pinto (Viaduto da Mannesmann) que liga a avenida Olinto Meireles à avenida Afonso Vaz de Melo, em direção ao bairro Tirol. A obra é parte do Programa de Aceleração do Crescimento (PAC) que prevê a finalização da avenida Tereza Cristina, que possibilitará a ligação do Barreiro às regiões Oeste e Central da cidade. Agentes da Unidade Integrada de Trânsito monitoram o trânsito na região.
Desvios
Tráfego geral, exceto ônibus e caminhões:
- Sentido Centro/Bairro: Av. Olinto Meireles, retorno na rotatória com avenida Deputado Álvaro Antônio, avenida Olinto Meireles, rua Caetano Azeredo, rua Pinheiros Chagas, rua Flávio Marques Lisboa, avenida Afonso Vaz de Melo.
- Sentido Bairro/Centro: Inalterado.
Transporte coletivo e caminhões:
Linhas da BHTrans: S32, S33, 318, 325, 327, 328, 332, 3055, 3150, 3350 e 6350
Linhas do DER/MG: 1000 E 1760
- Sentido Centro/Bairro: Av. Olinto Meireles, rotatória com avenida Deputado Álvaro Antônio, avenida Olinto Meireles, rua Caetano Azeredo, rua Pinheiros Chagas, rua Benjamim Dias, rua Alcindo Vieira, avenida Sinfrônio Brochado, avenida Visconde de Ibituruna, avenida Afonso Vaz de Melo.
- Sentido Bairro/Centro: Inalterado.


Terça-feira, 24 de Agosto de 2010
PREFEITURA ENTREGA REFORMAS DE CRECHES NA REGIÃO DO BARREIRO
Dentro das atividades de comemoração dos 155 anos do Barreiro, o prefeito Marcio Lacerda inaugurou no sábado, dia 21, as novas instalações da Creche Comunitária da Vila Piratininga, no bairro Tirol, e a Creche João Augusto Bitarães Filhos de Deus, que fica no bairro Santa Cecília. O objetivo é que, com as obras de adequação do espaço físico das creches, aconteça uma melhora nas condições de conforto, higiene, acessibilidade para os portadores de neces¬sidades especiais e apoio pedagógico.
Marcio ressaltou que a Prefeitura está trabalhando no sentido de melhorar a qualidade da educação, principalmente em um ambiente mais apropriado e confortável. Ele lembrou também que a capital tem 195 creches conveniadas, que atendem, aproximadamente, 21.600 crianças atualmente. “Estamos cumprindo com a nossa obrigação, esta¬belecida no plano de governo, que é trabalhar na área da educação com o objetivo de oferecer melhores condições de estudos e alimentação e melhorar a educação para as crianças da capital”, afirmou.
“Temos em Belo Horizonte um grande desafio, que é am¬pliar a nossa rede de atendimento de educação infantil e ter, principalmente, o mesmo patamar e padrão de qualidade para todas as crianças atendidas na faixa etária de zero a cinco anos”, disse a secretária municipal de Educação, Macaé Evaristo. Ela destacou também que as novas instalações fazem parte de uma ação conjunta da Prefeitura, por meio da Secretaria Municipal de Educação (Smed) e da Associação Municipal de Assistência Social (Amas), do Ministério das Relações Exteriores da Itália e da ONG Italiana Gruppo Di Voluntariato Civile (GVC).
Dentro do programa social “Tijolo com Tijolo”, a Amas, com aporte de recursos da GVC, vem instituindo intervenções nos espaços físicos das creches conveniadas à Prefeitura. As novas creches do Barreiro são exemplos desta metodologia de trabalho, em que se estabeleceu uma rede de parcerias que possibilitaram as intervenções. A mão de obra e o projeto arquitetônico foram de responsabilidade da Amas, enquanto os recursos da obra foram custeados por um convênio entre Smed e GVC.
Creche Comunitária da Vila Piratininga
Localizada na rua Vinhedo, 78, Beco A, no bairro Itaipu, a creche passou por troca dos pisos, reforma de banheiros, janelas, secretaria e cozinha, além de ampliação de despensa e brinquedoteca, construção de três salas de aula es dois banheiros para portadores de necessidades especiais (com portas mais largas e barras de apoio), lavanderia e rampa de acesso em substituição à escada, que foi retirada, sem contar a reforma total do pátio. A unidade atende atualmente 130 crianças, de zero a cinco anos e seis meses, na educação infantil, em horário integral.
Creche João Augusto Bitarães Filhos de Deus
Na nova creche, localizada na avenida Senador Levindo Coelho, 777, no bairro Santa Cecília, foram construídas lavanderias, lactário com fraldário, as salas de aula e berçário foram ampliados, assim como cozinha, refeitório, banheiros infantis, secretaria e área de pesagem de alimentos. O local ganhou um banheiro para portadores de necessidades especiais (com portas mais largas e barras de apoio), a reforma da rampa, do parquinho e a construção de um espaço para duchas. Foram trocados os telhados de amianto por telhados coloniais, tornando o ambiente mais fresco e agradável para as crianças. Atualmente, a unidade atende 136 crianças de zero a cinco anos e seis meses em horário integral. Uma parceria com o Projeto Guernica garantiu as pinturas dos muros internos e externos e detalhes na fachada da creche.


Terça-feira, 24 de Agosto de 2010
PARQUE DAS ÁGUAS JÁ ESTÁ COM AS PORTAS ABERTAS PARA A POPULAÇÃO
Reinauguração da unidade fez parte das comemorações dos 155 anos do Barreiro
Belo Horizonte recebeu de volta mais um local para lazer, diversão e contato com a natureza. Totalmente reformado, o Parque Ecológico Roberto Burle Marx, mais conhecido como Parque das Águas, na região do Barreiro, foi reinaugurado pela Prefeitura no sábado, dia 21, e já está aberto para a população. Para as obras de reforma e ampliação do espaço, realizada pela PBH, por meio da Fundação de Parques Municipais e da Superintendência de Desenvolvimento da Capital (Sudecap), foram destinados cerca de R$ 4 milhões.
A entrega do parque faz parte das comemorações aos 155 anos do Barreiro, completados neste mês de agosto. Durante a solenidade, o prefeito Marcio Lacerda, acompanhado pelo secretário municipal de Meio Am¬biente, Nivio Tadeu Lasmar, pelo presidente da Fundação de Parques Municipais, Luiz Gustavo Fortini e pelo secretário regional interino do Barreiro, Sylvio Ferreira, visitou as novas instalações e descerrou a placa de inauguração da reforma.
Marcio ressaltou que a Prefeitura está trabalhando para a ampliação e preservação dos 71 parques municipais existentes na capital. Ele destacou que o Parque Roberto Burle Marx é um espaço de muita qualidade, não só para o Barreiro, mas para Belo Horizonte. “Esse parque tem um significado especial pela sua riqueza de águas e, principalmente, pela quantidade de árvores, a composição da fauna e diversas plantas medicinais que ele possui. Então, temos a obrigação de preservar e ampliar cada vez mais essa riqueza natural que será sempre uma fonte de alegria para todos os habitantes da cidade”, afirmou.
Luiz Gustavo Fortini en¬fatizou que o objetivo da reforma, que faz parte do Programa de Recuperação e Obras nos Parques (ProParque), é conservar o patri¬mônio histórico e ambiental e oferecer à população melhores condições para o desenvolvimento de atividades sociais, culturais e de lazer. “É essencial que as pessoas valorizem o novo parque e que ele seja bem cuidado e limpo”, afirmou. Ele disse também que, brevemente, a Prefeitura entregará outros parques da capital para a população com várias novidades.
Os trabalhos executados incluem a reforma dos gramados, jardins e espelhos d’água, um anfiteatro, novas quadras e arquibancadas, a construção de equipamentos de ginástica e brinquedos. A sede administrativa também ganhou novas instalações, como recepção, salas de reunião e de vídeo e banheiros públicos. Os galpões ocupados pela comunidade para trabalhos de costura, artesanato e marcenaria e o Lago Fênix foram restaurados. O viveiro de plantas ornamentais também ganhou uma cara nova.
CEA Barreiro
A implantação de um novo Centro de Educação Ambiental (CEA) Barreiro, construído no Parque das Águas com alguns materiais reciclados, foi o terceiro instalado nas unidades da Fundação de Parques Municipais e é um exemplo de construção sustentável. O espaço possui telhado verde, aquecimento solar e infraestrutura para reaproveitamento de água da chuva e é um espaço adequado para a realização de oficinas e atividades voltadas para a educação ambiental.

Parque Roberto Burle Marx
O Parque das Águas, que funciona diariamente de 7h às 18h, possui uma área de mais de 172 mil metros quadrados. Inserido no complexo ecológico da Serra do Rola Moça, na divisa da Serra do Curral, o parque faz limite com a reserva de proteção do manancial do Barreiro. Sua vegetação é típica do cerrado, com formações de campo cerrado e mata ciliar. A fauna do parque é composta por tucanos, pica-paus, sabiás, gaviões, sanhaços, garrinchas, corujas, saracuras, gambás e micos-estrela.
Mais de cem espécies de plantas medicinais e aromáticas também são cultivadas no parque. São encontrados no local fontes entre os jardins, caminhos abertos para a água escorrer por entre o gramado, além de lagos, quedas d’água e diversas nascentes, que fazem parte do paisagismo do Parque das Águas. Por ele passa também o córrego do Clemente, integrante da bacia do Rio São Francisco.


Sexta-feira, 20 de Agosto de 2010
BH GANHA MAIS UMA ÁREA VERDE
Parque Roberto Burle Marx, o Parque das Águas, será reaberto amanhã após passar por uma reforma geral
Mais um parque municipal será devolvido à população de Belo Horizonte depois de passar por reforma geral. Localizado na região do Barreiro, o Parque Roberto Burle Marx reabre amanhã suas portas depois de receber um investimento de cerca de R$ 4 milhões da Prefeitura de Belo Horizonte, por meio da Fundação de Parques Municipais (FPM) e da Superintendência de Desenvolvimento da Capital (Sudecap).
Seus gramados, jardins e espelhos d’água foram revitaliza¬dos e um anfiteatro, um Centro de Educação Ambiental, novas quadras, arquibancadas, equipamentos de ginástica e brinquedos foram construídos. A sede administrativa também ganhou novas instalações, como recepção, salas de reunião e de vídeo e banheiros públicos. Assim como ela, os galpões ocupados pela comunidade para trabalhos de costura, artesanato e marcenaria e o Lago Fênix foram restaurados. O viveiro de plantas ornamentais também ganhou uma cara nova.
Mais conhecido como Parque das Águas, a área verde foi uma conquista da comunidade que não deixa de utilizá-lo para lazer, sociabilidade e trabalho e, o mais importante, também não deixa de cuidá-lo. Renato José dos Santos, líder comunitário, lembra que em 1994 a comunidade se reuniu para que a atual área do parque, antes uma fazenda, se transformasse em algo para melhorar a qualidade de vida dos moradores. “Este espaço hoje representa vida e preservá-lo é o nosso papel”, disse Renato.
O Parque
Com uma área de aproximadamente 172 mil m², o parque está inserido no complexo ecológico da Serra do Rola Moça, na divisa da Serra do Curral, e faz limite com a reserva de proteção do manancial Barreiro. Além de um pequeno lago, possui diversas nascentes que formam o Córrego do Clemente, afluente do Ribeirão Arrudas que integra a bacia do Rio São Francisco.
Sua vegetação é típica do Cerrado, com formações de Campo Cerrado e Mata Ciliar. A fauna é composta por tucanos, pica-paus, sabiás, gaviões, sanhaços, garrinchas, corujas, saracuras, gambás e micos-estrela. Mais de cem espécies de plantas medicinais e aromáticas também são cultivadas no parque.
CEA Barreiro
O Centro de Educação Ambiental (CEA) Barreiro, construído no Parque das Águas com alguns materiais reciclados, foi o terceiro instalado nas unidades da Fundação de Parques Municipais e é um exemplo de construção sustentável. Possui telhado verde, aquecimento solar e infraestrutura para reaproveitamento de água da chuva e é um espaço adequado para a realização de oficinas e atividades voltadas para a educação ambiental.


Quinta-feira, 19 de Agosto de 2010
EXPOSIÇÃO NO BARREIRO REVELA TALENTO E DERRUBA PRECONCEITOS
A extensa programação comemorativa dos 155 anos do Barreiro incluiu uma exposição que surpreende o público. Reunindo quadros e esculturas feitas por Kleber Nonato, usuário do sistema de saúde mental, a exposição “Kleber com K” foi aberta na sexta-feira, dia 13, e pode ser vista até o dia 12 de setembro no Centro Cultural Urucuia (rua W3, 500, bairro Urucuia). Além de uma forma de livre expressão, a arte é uma forma de transpor a segregação imposta pelo limites do preconceito.
Além de participar ativamente das oficinas de música, expressão artística e comunicação, Kleber tem uma produção vasta de esculturas e quadros. “Foi difícil selecionar as peças que viriam para a exposição”, disse o monitor da oficina de artes e artista plástico, Rogério Blach.
A coordenadora do Centro de Convivência Barreiro, Marise Hilbert, explica que esta é uma forma de efetivar a reinserção social iniciada nas oficinas. “Ainda há um preconceito muito grande quanto ao temperamento e as potencialidades do doente mental, daí a importância de mostrar os dons despertados a partir da inserção nas oficinas”, destaca.
O trabalho foi apresentado em primeira mão aos usuários dos centros de convivência de toda a cidade. O evento de lançamento foi aberto de forma festiva. O artista foi homenageado pelos colegas com muita música. Aplaudido, Kleber recebeu os elogios da coordenadora do Centro Cultural Urucuia e coordenadora municipal de Saúde Mental, Rosimeire Silva.

Quinta-feira, 19 de Agosto de 2010
BARREIRO OFERECE SÁBADO DE LAZER E SERVIÇOS
Mais de mil pessoas participaram do Resgate da Cidadania, atividade realizada pela Regional Barreiro em parceria com a Ordem dos Advogados do Brasil (OAB) e o Sesc, no sábado, dia 14, em comemoração aos 155 anos do Barreiro. Lazer, prestação de serviço, orientações sobre direitos e cuidados com a saúde atraíram pessoas de todas as idades para a Praça José Verano, no bairro Miramar. As crianças se divertiram com cama elástica, balão, pula-pula, tênis de mesa, jogos de xadrez e dama e ainda fizeram fila para decorar o rosto com flores e pássaros multicoloridos.
Muita gente aproveitou para mudar o visual com um novo corte de cabelo e crianças e adultos, homens e mulheres, participaram das oficinas de artesanato. Eles aprenderam a fazer cestas para flores e enfeites emborrachados. Enquanto isso, outros aproveitaram para medir a pressão arterial e o nível de glicose.
Como nem só de lazer e cultura se faz a cidadania, também foram montadas várias frentes de conscientização. Uma equipe de advogados voluntários esteve presente durante todo o evento para dar orientações jurídicas e sanar dúvidas a respeito de processos judiciários. Para incentivar o cuidado com o meio ambiente, a ONG Gran-Ordem Cultural distribuiu 300 mudas de árvores frutíferas e ornamentais, doadas pela Fundação Zoobotânica. Todos que receberam as mudas foram cadastrados para posterior acompanhamento do plantio e cuidados com os arbustos.
Documentos
Outros dois serviços que justificam o nome do evento foram o encaminhamento para teste gratuito de DNA para confirmação de paternidade e a emissão de carteiras de identidade. Moradora do bairro Cardoso, Vanessa Silva, aproveitou para fazer a segunda via do documento e levou os filhos de 5 e 12 anos para fazer o documento pela primeira vez. “Tendo a identidade, não preciso mais andar com a certidão de nascimento. Além disso, o documento com foto facilita a identificação das crianças em consultas médicas e no cinema”, justifica.
Além do Resgate da Cidadania, dezenas de outras atividades estão sendo realizadas neste mês para comemorar o aniversário do Barreiro. Confira a programação completa no site www.pbh.gov.br.

Quarta-feira, 18 de Agosto de 2010
RUAS DOS BAIRROS BELVEDERE E LINDÉIA GANHAM IDENTIFICAÇÃO
A Prefeitura de Belo Horizonte finaliza na sexta-feira, dia 20, o serviço de instalação de 526 placas de sinalização urbana em ruas e praças do bairro Lindéia, na região do Barreiro. Na próxima semana, o serviço será estendido ao bairro Tirol, também no Barreiro. A atividade começou no dia 30 de julho, no bairro Belvedere, na área Centro-Sul, onde foram instaladas 236 placas.
Até o final do ano, a Prefeitura prevê a instalação de cerca de 15 mil desses equipamentos em logradouros concentrados nas regio¬nais Barreiro e Venda Nova. Um dos critérios para a instalação desses equipamentos é o de privilegiar locais sem nenhuma identificação.
O programa de sinalização de vias e logradouros tem a meta de atender, durante quatro anos, as demandas de sinalização de vias e logradouros da capital, cujo levantamento aponta 140 mil placas. No contrato, assinado pela Prefeitura com a empresa vencedora da licitação, consta o valor de R$ 11,5 milhões para custear serviços de instalação (incluindo mão-de-obra e materiais) de placas.
Ainda neste semestre, quem circular de carro ou a pé na avenida do Contorno terá mais facilidade de localizar vias que fazem entroncamento com outras vias, devido à afixação de placas de identificação de ruas nos semáforos com o tamanho de 1 metro por 30 centímetros
Inovações
O layout das placas traz inovações no tamanho, cores e texto, o que facilita a leitura e a localização das vias para os pedestres e motoristas. Elas podem ser afixadas, dependendo da sua localização, em postes, muros e semáforos. A placa tem duas áreas coloridas. A área de fundo azul com letras brancas ocupa grande parte do equipamento, onde consta o nome da via de forma extensa e abreviada.
Na parte inferior, está a coluna horizontal que possui caracteres em cor branca contendo dados da numeração do quarteirão e o nome da regional onde a via está localizada. Além do nome, a regional pode ser identificada nessa coluna pela cor, como Centro-Sul (verde), Leste (laranja) e Barreiro (vermelho).


Sábado, 14 de Agosto de 2010
EXPOSIÇÃO DE FOTOS REVELA BELEZAS E CURIOSIDADES DO BARREIRO
A Regional Barreiro organizou durante a semana mais uma atividade do projeto Barreiro Prazer em Conhecer, em comemoração dos 155 anos do Barreiro. Fotos de diversos espaços da região foram expostas no restaurante e choperia Vilarejo, localizado na rua Flávio Marques Lisboa, 111. Sob a perspectiva do artista Fernando Santana, imagens de lugares turísticos e significativos do Barreiro atraíram a atenção dos moradores.
A gerente de serviços gerais Angelita Teixeira reside próximo a um dos locais fotografados por Fernando. Apesar da familiaridade com o espaço, não o reconheceu na exposição. “A foto está muito bonita e o ângulo foi tão bem colocado que até parece um lugar diferente”, disse, surpresa. O fotógrafo informou que um dos objetivos do trabalho foi abordar locais comuns a partir de uma nova ótica. “Procurei mostrar características não apenas físicas, mas culturais do Barreiro, como a fé e a arte”, informa.
O público apreciou as obras ao som de músicos da região. Pessoas de localidades distintas apreciaram as imagens. O objetivo do projeto Barreiro Prazer em Conhecer é tornar a região conhecida e atrair o turismo. Os interessados podem visitar a exposição até terça-feira, dia 17.

Sábado, 14 de Agosto de 2010
MORADORES SELECIONAM 22 OBRAS NA ASSEMBLEIA FINAL DO OP NO BARREIRO
Entre 26 de julho e 5 de agosto, os moradores do Barreiro escolheram as obras que serão votadas na etapa final do Orçamento Participativo 2011/2012. Nas cinco assembleias realizadas nas diferentes sub-regiões do Barreiro, 2.700 pessoas fizeram valer sua participação, votando nas obras que julgam prioritárias. Um recurso de R$ 14,2 milhões será distribuído conforme a avaliação da vulnerabilidade so¬cial de cada região.
Na sub-região 1, foram indicados 63 delegados para a assembleia final e aprovadas obras de pavimentação de vias do bairro Jardim Liberdade, reforma da Praça Anelson Alves, no bairro Flávio Marques Lisboa, alargamento, drenagem e recapeamento das ruas 1 e 5, no bairro Olhos D´água, a reforma de Praça Conjunto Esperança e a construção de um BH Cidadania.
Já na sub-região 2, foram aprovadas obras do PGE da Vila Alta Tensão no bairro Novo das Indústrias, pavimentação de via, contenção e drenagem pluvial no bairro BDI, construção de Academia da Cidade no bairro Diamante e de Cersam ou Caps no Santa Helena.
Urbanização de vias, no bairro Vila Ecológica, reforma de passarela com escada no bairro Solar, reforma da Praça Betânia e obras de drenagem pluvial no bairro Cardoso foram as intervenções aprovadas na sub-região 3. Na sub-região 4, foram aprovados o rebaixamento da via sob Pontilhão, no bairro Independência, a reforma de 11 praças, no bairro Vale do Jatobá, a abertura de passagem no bairro Vila Mangueiras, a construção de sede para centro de saúde no bairro Vila Pinho e a urbanização de ruas no bairro Independência.
Na sub-região 5, foram definidas as obras de alargamento da rua das Perpétuas nos bairros Lindéia e Regina, a construção de sede para centro de saúde, uma Academia da Cidade no Novo Tirol e a pavimentação e drenagem de becos e ruas no bairro Vila Piratininga.
O fórum para a escolha final das obras que serão implemen¬tadas com os recursos do OP 211/212 será no dia 27 de novembro, às 8h, na Escola Municipal Professora Isaura Santos (rua Hoffman, 80, bairro Santa Cruz). Nesta etapa, somente os delegados indicados durante as assembleias da segunda etapa têm direito a voto.


Sábado, 14 de Agosto de 2010
COOPERAÇÃO ENTRE ITÁLIA E BRASIL NA EDUCAÇÃO INFANTIL É TEMA DE SEMINÁRIO
A Prefeitura, por meio da Secretaria Municipal de Educação e do Programa Infanzia – Infância: A Cooperação Itália – Brasil na Educação Infantil, realizou o III Seminário de Intercâmbio Formativo: Reggio Emília – Belo Horizonte, Duas Cidades, Muitas Crianças, no auditório da PUC Minas, no bairro Dom Cabral. O evento começou na sexta-feira, dia 13, e estava programado para terminar no sábado, dia 14.
Cerca de 400 pessoas, entre representantes das escolas municipais e Unidades Municipais de Educação Infantil (Umeis), se reuniram na sexta, dia 13, para discutir e avaliar o Programa, co-financiado pelo Ministério das Relações Exteriores da Itália durante o triênio 2008-2010. A programação do sábado inclui a participação dos profissionais da Regional Barreiro, quando educadores, coordenadores e diretores das Umeis e das creches conveniadas com a Prefeitura participarão da discussão.
A programação inclui relatos de experiências das Umeis Águas Claras, Sol Nascente e Jatobá IV, mostra de projetos pedagógicos das escolas e palestras sobre o trabalho da educação infantil realizado na cidade italiana Reggio Emília, que é referência mundial nessa etapa da educação.
Discussões
Entre segunda e quarta, dias 16 e 18, representantes das escolas, Umeis, creches e gestores participantes do programa se reunirão para aprofundar as discussões realizadas durante o seminário. Os encontros serão no Anfiteatro da Secretaria Municipal de Educação (rua Carangola, 288, bairro Santo Antônio). Nos dias 19 e 20, quinta e sexta, estão programadas visitas às instituições de educação infantil da Regional Barreiro beneficiadas pelo Projeto Infanzia- Infância.


Sábado, 7 de Agosto de 2010
CULTURA E LAZER MARCAM PROGRAMAÇÃO DE ANIVERSÁRIO DO BARREIRO
Os centros culturais Lin¬déia Regina, Vila Santa Rita e Urucuia, em parceria com a Regional Barreiro, prepararam uma programação cultural extensa e muito especial para comemorar, durante todo o mês de agosto, os 155 anos do Barreiro. O público poderá conferir espetáculos de teatro e música, exibições de filmes, exposições e encontros literários, além de atividades sociais e uma feira cultural. Todas as atrações têm entrada gratuita, com promoção da Prefeitura de Belo Horizonte, por meio da Fundação Municipal de Cultura, dos centros culturais e da Regional Barreiro.
O Festival Internacional de Teatro Palco & Rua de Belo Horizonte (FIT-BH 2010) tem quatro dias de apresentações na região. Destaque para o premiado “Till – A Saga de um Herói Torto”, do Grupo Galpão, que ocupa os arredores da PUC Barreiro, no domingo, dia 8, às 19h, e também para o espetáculo “Na Roda”, com a Trupe Maria Cutia, que tem apresentação marcada para o dia 15, às 10h, no Centro Cultural Lindéia Regina.
Duas oficinas de teatro também destacam-se na programação. Uma delas terá como foco a história da região, surgida antes mesmo da fundação de Belo Horizonte. Por meio de jogos teatrais e exercícios de criação, a oficina pretende resgatar casos que valorizem o patrimônio cultural da região. De maneira divertida, a criatividade de cada participante será explorada e, junto a ela, um novo olhar sobre o Barreiro será construído. Esta oficina acontece de 25 de agosto a 2 de setembro, nos centros culturais Lindéia Regina, Urucuia e Vila Santa Rita.
Os amantes da música e da dança também terão motivos para comemorar. O grupo de rap Reação Favela lança seu primeiro CD no dia 21, às 17h, no Centro Cultural Lindéia Regina, convidando ao palco os grupos CDR Trin¬caments, Família 31, Rap Homicidas, Nego Lê, Dim Bum MC, Romanos Mcs e TU Beats. Já na Praça José Verano, no dia 28, às 15h, quem se apresenta é o grupo folclórico Sarandeiros, com o espetáculo “Dança Brasil”, que traz diversos quadros que retratam os ciclos festivos nacionais, entre os quais as festas carnavalescas, os festejos juninos, as manifestações em homenagem ao boi e os folguedos natalinos.
Segundo Osvaldo Marco Alves, coordenador do Centro Cultural Lindéia Regina, as atividades buscam exaltar a identidade da regional e seus moradores. “Preparamos uma série de eventos culturais com conteúdos lú¬dicos, nos quais as pessoas têm a liberdade de falar e também conhecer um pouco mais sobre a região”, disse.
Programação Completa – Barreiro 155 Anos

FIT-BH 2010
Dia 8, às 19h
“Till – a saga de um herói torto”
Av. Afonso Vaz de Melo, 1200
Dia 11, às 20h
Palco Aberto – Circo e Show com César Maurício
Centro Cultural Lindéia Regina
Dia 15, às 10h
Palco Aberto – Circo e Show com Quarteto Guandú
Centro Cultural Urucuia
Dia 15, às 10h
“Na Roda” e show com Diapasão
Centro Cultural Vila Santa Rita
EXIBIÇÃO DE FILMES
Dia 7, às 19h
Saneamento Básico (BRA, Jorge Furtado, 2007)
Praça José Verano da Silva
Dia 24, às 19h
Besouro (BRA, João Tikhomiroff, 2009)
Centro Cultural Urucuia
OFICINAS
Dia 14, às 9h
Jogos de Teatro do Oprimido
Centro Cultural Vila Santa Rita
Dias 18 e 19, às 9h
Educação Ambiental - Arte de Cuidar: plantando sonhos no Centro Cultural
Centro Cultural Vila Santa Rita
De 25 a 27/8,às 15h
Oficina de teatro: História do Barreiro
Centro Cultural Lindéia Regina
Dia 28, às 9h30
Oficina de teatro: História do Barreiro
Centro Cultural Vila Santa Rita
De 31/8 a 2/9, às 14h Oficina de teatro: História do Barreiro
Centro Cultural Urucuia
ENCONTROS POÉTICOS E SARAUS
Dia 11, às 19h
Sarau Literário e Musical
Centro Cultural Urucuia
Dia 25, às 19h
Encontro Marcado com a Capoeira
Centro Cultural Urucuia
Dia 26, às 19h
Encontro Marcado com a Dança Afro
Centro Cultural Urucuia
Dia 27, às 18h
Encontro Poético
Centro Cultural Vila Santa Rita
Dia 28, às 17h30
Sarau Literário e Musical 155 anos do Barreiro
Centro Cultural Lindéia Regina
EXPOSIÇÕES E WORKSHOPS
De 11 a 17/8
Exposição fotográfica “Barreiro: prazer em
conhecer”
Rua Flávio Marques Lisboa, 111
De 14/8 a 12/9
Exposição kleber com K
Centro Cultural Urucuia
Dia 12, às 19h
Workshop de Capoeira Angola
Centro Cultural Vila Santa Rita
MÚSICA, DANÇA E FESTIVAIS
Dia 21, às 17h
Grupo Reação da Favela
Centro Cultural Lindéia Regina
Dias 21 e 22, às 9h
Encerramento do Festibar e Feira cultural
Av Afonso Vaz de Melo, 465, Barreiro (Via Brasil)
Dia 22, às 9h
Feira de Cultura e Lazer: dança, música, performances
Complexo Esportivo Vale do Jatobá e Região
Dia 28, às 9h
Caminhada Ecológica
Centro Cultural Urucuia (concentração)
Dia 28, às 15h
Tarde de música e dança com o Grupo Sarandeiros
Praça José Verano


Sexta-feira, 30 de Julho de 2010
PROGRAMA ESCOLA NAS FÉRIAS FAZ A ALEGRIA DAS CRIANÇAS NO BARREIRO
A Escola Municipal Antônio Mourão Guimarães abriu os portões para a comunidade durante as férias com o Programa Escola nas Férias, promovido entre os dias 19 e 23 de julho. A escola recebeu as crianças com muitas brincadeiras e uma alimentação especial, que garantiu energia para brincarem durante todo o dia.
Mais de 300 crianças do bairro Cardoso, na região do Barreiro, puderam brincar com colegas de bairros mais distantes, levadas por ônibus escolares da Prefeitura, e até mesmo com quem mora em outra cidade e veio passar as férias na casa de parentes. É a segunda vez que a escola oferece atividades durante as férias e a atração já é um sucesso. “Esse é um caminho sem volta. As crianças gostam muito e antes das férias os pais já perguntaram se teríamos as brincadeiras novamente”, conta a diretora Juliane Melo.
Enquanto as trancinhas das meninas voavam nas camas elásticas e no balão pula-pula, os meninos se divertiram jogando tênis com a bola invisível de um vídeo game. Esculturas de balão foram feitas na hora. Flores, cachorrinhos, macacos e atiradores de raio laser foram alguns dos formatos preferidos. O sucesso foi garantido. A equipe dedicada a encher os balões contabilizou mais de 200 esculturas somente durante uma manhã. Outra atração que chamou atenção foi o algodão, servido à vontade. Muitas oficinas de brinquedos artesanais, dança e tea¬tro também foram oferecidas durante toda a semana.
As crianças chegaram às 9h e a brincadeira só acabava às 16h. Durante o dia foram servidos dois lanches e o almoço. O cardápio foi balanceado. “As crianças são acostumadas a comer de tudo. Um dia, fizemos 15 quilos de beterraba e não sobrou nada”, contou uma das cantineiras. Além de saudável, o cardápio também incluiu pratos muito saborosos, como feijoada e estrogonofe.

Sexta-feira, 30 de Julho de 2010
RESTAURANTE DO BARREIRO ESTENDE HORÁRIO DE ATENDIMENTO PARA ALMOÇO
O Restaurante Popular do Barreiro estendeu o horário de atendimento no almoço, passando a funcionar das 11h às 14h. A mudança aconteceu na semana passada, atendendo solicitações dos usuários, que enviaram inúmeras sugestões. Foi o caso de Edilana da Silva, que relatou sua dificuldade para chegar antes de fecharem o restaurante. “Agora não preciso mais correr para almoçar. Agradeço ao restaurante por estender o horário de atendimento”, comemora.
O restaurante fornece três mil refeições no almoço e, graças a esses 30 minutos a mais, na primeira semana houve um aumento de 5% dos usuários. Segundo a nutricionista Edna Cupertino, a tendência desse público é aumentar já que é período de férias e as aulas irão iniciar na próxima semana. As escolas formam um público significativo para o restaurante.

Sexta-feira, 30 de Julho de 2010
BARREIRO COMEMORA 155 ANOS E FESTEJA CRESCIMENTO
Novo restaurante popular, Hospital Metropolitano e conquistas nas áreas de saúde, educação, alimentação, cultura e esporte marcam data
O Barreiro completa 155 anos em agosto, tendo como referência o primeiro registro de terras da Fazenda Barreiro, datado de 3 de agosto de 1855. Embora tenha mais de um século e meio de história para contar, um recorte de fatos recentes é suficiente para retratar o acelerado ritmo de desenvolvimento e as potencialidades locais. Há três meses, o Barreiro recebeu uma das obras mais aguardadas pelos moradores: o maior Restaurante Popular (2) do país, que oferece alimentação de qualidade e baixo custo para mais de 3 mil pessoas diariamente. Outra obra de destaque nacional é o Hospital Metropolitano (1), que está sendo construído no bairro Milionários. Com estrutura moderna e equipamentos de alta tecnologia, ele foi projetado para ser referência em atendimento de casos de politraumatismo no país. O projeto inclui a construção de um heliporto e a adoção de medidas ecologicamente corretas para economia de água e energia.
Além destas grandes conquistas nas áreas de alimentação e saúde, as áreas de educação, esporte, cultura e formação profissional também estão recebendo investimentos históricos. Um terreno que abrigou a Fundação Estadual do Bem-Estar do Menor (Febem) marcou uma etapa negativa na história do Barreiro e há anos estava abandonado e em ruínas, está ganhando nova vida com a construção do Pólo de Integração Barreiro, o Point Barreiro. Os tapumes multicoloridos que cercam a obra dão uma pista do que o local passará a representar para a comunidade. O espaço contará com escola integral, ginásio poliesportivo e campo de futebol com arquibancadas, centro de reabilitação para pessoas com mobilidade reduzida, praça de eventos, centro de profissionalização, quiosques, pista de cooper, playground, jardins e pomar. Além disso, o Point Barreiro será integrado ao Centro de Saúde Barreiro de Cima e à Biblioteca Comunitária, que ganharão sedes novas.
Reestruturação
O Barreiro também está recebendo grandes obras reestruturantes. No bairro Bonsucesso, 34 mil pessoas estão sendo beneficiadas com o Drenurbs/Nascentes (3), programa de saneamento ambiental que inclui a despoluição de 22 quilômetros da bacia hidrográfica e reduz os riscos de inundação com a construção de uma bacia de detenção, urbanização e reassentamento das famílias que estavam em áreas de risco.
Outras duas intervenções de grande impacto estão em fase de execução de projeto e cadastramento dos moradores. A Vila Cemig, uma das mais antigas da região, será totalmente revitalizada pelo Programa Vila Viva, com remoção de famílias que estão em áreas de risco que darão lugar a obras de saneamento, reestruturação do sistema viário, urbanização de becos, implantação de parques e equipamentos para a prática de esportes e lazer, beneficiando mais de 7.300 pessoas. Enquanto isso, no bairro Tirol, as inundações serão contidas com a construção de bacias de detenção de cheias no encontro dos córregos Olaria e Jatobá.
Além disso, obras viárias como a abertura de novas vias dentro da área da Vallourec & Mannesmann e a conclusão da avenida Tereza Cristina, com construção de uma alça no viaduto da avenida Olinto Meireles, facilitam o trânsito interno e marcam a integração do Barreiro à cidade, com um acesso rápido e direto à avenida Amazonas.
Essas conquistas recentes são fruto de parcerias da Prefeitura e uma pequena amostra da dinâmica de crescimento dessa região que por seu porte, perfil de atuação política, potenciais naturais e grande vocação para o crescimento econômico, ainda tem muito a oferecer à população local e à cidade.
Programação de aniversário:
Para comemorar o aniversário de 155 anos da região do Barreiro, a Prefeitura preparou uma extensa programação com atividades como tea¬tro, filmes, música, poesia, exposições, lazer, atividades sociais e feira cultural. As atividades começam no domingo, dia 1º, com o teatro de bonecos com o grupo Giramundo, às 19h, na praça Amadeo Lorenzato, no bairro Pilar/Olhos D’Água. A programação segue até o dia 28.
Entre as atrações, exibições de filmes, espetáculos do Festival Internacional de Teatro, exposições fotográficas, palestras, debate, saraus, workshops, oficinas, gravações de programas de TV e feiras, entre vá¬rias outras. A programação completa pode ser conferida no site www.pbh.gov.br.

Quinta-feira, 29 de Julho de 2010
BARREIRO INICIA SEGUNDA RODADA DO ORÇAMENTO PARTICIPATIVO
O Barreiro realizou sua primeira assembléia da segunda rodada do Orçamento Participativo 2011/2012 na segunda-feira, dia 26. Mais de 500 moradores de bairros como Olhos d’ Água, Milionários, Bonsucesso e Vila Cemig, pertencentes à sub-região 1, se reuniram na Escola Municipal Pedro Aleixo, no bairro Flávio Marques Lisboa, para conhecer as propostas para sua região e votar naquela que consideram prioritária.
A sub-região 1 apresentou oito solicitações de obras. A construção de BH Cidadania no bairro Bonsucesso, a urbanização de ruas e becos, na Vila Nova dos Milionários e no bairro Olhos d'Água, a reforma de praças no Conjunto Esperança e no bairro Flávio Marques Lisboa, a construção de escadaria no bairro Cristo Redentor, pavimentação de vias do bairro Jardim Liberdade e reforma e ampliação da Escola Municipal Pedro Nava, no bairro Pilar.
Dessas, passaram para a etapa final as obras solicitadas para o Bonsucesso, Olhos d’Água, Conjunto Esperança, Jardim Liberdade e Flávio Marques Lisboa, todas consideradas áreas prioritárias, por terem baixo índice de qualidade de vida. Ao todo, a Prefeitura recebeu 240 solicitações de obras, 28 delas para a região do Barreiro. O Barreiro tem recursos de R$ 14,2 milhões, sendo R$ 3,4 milhões para a sub-região 1.
Durante a segunda rodada, que vai até o dia 5 de agosto, serão promovidas cinco assembleias nas diferentes sub-regiões do Barreiro. Cada sub-região pré-seleciona as obras e elege os delegados (um para cada dez pessoas presentes na assembleia). Eles representarão a comunidade na votação das obras finalistas do Barreiro. A próxima assembleia será hoje, às 18h30, na Escola Municipal Luiz Gatti (rua Garimpeiros, 45, bairro Maldonado).


Terça-feira, 27 de Julho de 2010
ARRAIAL DE BELÔ É PRESTIGIADO POR 25 MIL PESSOAS NO BARREIRO
O final de semana foi marcado pelo maior Arraial de Belô que o Barreiro já recebeu. Um público de 25 mil pessoas pres¬tigiou a apresentação e premiação das 14 quadrilhas campeãs dos concursos municipal e estadual realizados pela Prefeitura de Belo Horizonte, por meio da Belotur, durante julho.
Os grupos se apresentaram na avenida Afonso Vaz de Melo no sábado e no domingo, dias 24 e 25. As apresentações surpreenderam pela qualidade técnica e criativi¬dade. O autêntico forró foi majestosamente apresentado pelos casais. Com muita poesia e trajes, coreografias e adereços surpreendentes, foram feitas homenagens ao povo mineiro, ao Rei do Baião, Luiz Gonzaga, ao trabalho do homem do campo e à cultura nordestina.
Foram premiados os grupos Nova Geração, da cidade de Sabará, campeão do Concurso Estadual de Quadrilhas, e Amen¬doim Torrado, de Vespasiano, que conquistou o segundo lugar. As quadrilhas classificadas até o quarto lugar dos grupos A, B e C do Concurso Municipal de Quadrilhas receberam troféus e prêmios em dinheiro após serem avaliados em relação à coreografia, conjunto, marcador, casal de noivos e caracterização. O Troféu Pena Branca, entregue a todos os grupos, é uma homenagem ao cantor e compositor José Ramiro Sobrinho, da dupla Pena Branca e Xavantinho.
Feijão Queimado
O primeiro lugar do grupo A foi conquistado pelo Núcleo Mineiro de Cultura Feijão Queimado. A campeã do Concurso Municipal de Quadrilhas recebeu nota máxima em quase todos os quesitos, somando 99,7 pontos. A União Junina Mineira também foi homenageada. Destacando a importância da entidade para a realização e sucesso do Arraial de Belô, o diretor de Eventos da Belotur, Arthur Viana, entregou o troféu Pena Branca ao presidente Marcelo Borges. O sucesso do Arraial de Belô foi comemorado com shows das duplas sertanejas Erick e Elias e Gustavo Henrique e Cristiano.

Quinta-feira, 15 de Julho de 2010
INICIATIVA DA CAPITAL NA ÁREA DE SAÚDE RECEBE RECONHECIMENTO INTERNACIONAL
A equipe do Centro de Saúde do Tirol, que fica na região do Barreiro, percebeu que grande parte dos problemas de saúde apresentados pelos moradores, como dengue e leptospirose, por exemplo, tinham relação direta com o meio ambiente. A partir disso, os profissionais criaram um curso de educação ambiental voltado para a comunidade. O programa superou as expectativas e foi selecionado para ser apresentado durante a 20º Conferência Mundial de Promoção da Saúde, em Genebra, na Suíça.
A gerente do centro de saúde, Denise Vianna, embarcou para Genebra para apresentar o trabalho durante o encontro, rea¬lizado a cada três anos pela União Internacional de Promoção da Saúde e Educação da Saúde (Uipes). O evento, que começou no domingo, termina hoje e reúne mais de dois mil participantes, entre profissionais, pesquisadores e for¬muladores de políticas públicas de instituições de vários países. A conferência deste ano aborda a promoção da saúde e o desenvolvimento sustentável por meio de alianças e parcerias.
A experiência de BH tem como tema central a “Susten¬tabilidade Ambiental: Ações no Centro de Saúde para a Educação Ambiental e Promoção da Cidadania”. O programa se baseou na promoção da educação ambiental através de cursos oferecidos à comunidade, cujo objetivo, além da cons¬cientização, foi tornar cada cidadão um “agente multiplicador”.
Sucesso
O curso foi realizado entre os meses de julho e dezembro do ano passado, no auditório do Centro de Saúde do Tirol. A aceitação junto aos moradores foi positiva e a procura surpreendeu até a gerente da unidade. “Foram 90 inscritos, entre presidentes de associações de bairros, moradores e até pessoas de municípios vizinhos como Brumadinho, Ribeirão das Neves, Ibirité e Contagem”, conta ela.
Foram 12 encontros, nos quais vários temas foram abordados, como reciclagem, poluição, legislação ambiental, geologia e ocupação do solo. A cada tema, um profissional da área era convidado. Ao final, todos receberam um certificado de participação.
Além da gerente do Centro de Saúde do Tirol, Denise Vianna, também participaram da elaboração desse trabalho a professora de Enfermagem Aplicada da Universidade Federal de Minas Gerais (UFMG), Quênia Silva, a enfermeira do Centro de Saúde do Tirol, Eliane Oliveira, e a agente comunitária Elenice Lana.
Além da Prefeitura de Belo Horizonte, as atividades tiveram o apoio da UFMG, através do projeto Manuelzão, da Associação dos Catadores de Materiais Recicláveis de Belo Horizonte (Asmare) e da Pastoral da Criança.
Despertar o olhar da comunidade
O bairro Tirol, na região do Barreiro, fica na confluência de dois córregos, o do Jatobá e o do Barreiro. Por esse motivo, segundo Denise Vianna, o programa de educação ambiental ganha mais importância, pois ajuda os moradores a compreender a importância de não se jogar lixo nesses córregos que, posteriormente, podem trazer sérios danos para a saúde da população.


Quarta-feira, 14 de Julho de 2010
ARRAIAL DA INTEGRAÇÃO REÚNE ESCOLAS MUNICIPAIS NA VILA PINHO
As escolas municipais Edith Pimenta da Veiga, Vila Pinho e Ciac Lucas Monteiro Machado, todas do Barreiro, realizaram no sábado, dia 10, o 4º Arraial da Integração, no Parque Ecológico da Vila Pinho (avenida Perimetral, 800, Vila Pinho). Aproximadamente 5 mil pessoas, entre estudantes, pais, professores, funcionários e outros convidados da comunidade participaram da festa. O objetivo foi aproximar as comunidades escolares das três unidades.
A diretora do Ciac Lucas Monteiro Machado, Maria Aparecida Braga, avalia como muito positiva a iniciativa. “Em todas as edições do arraial contamos com a presença de toda a comunidade escolar”, afirma. “Já percebemos uma maior integração entre os estudantes, pais e escolas e isso reflete no trabalho diário na sala de aula.” O evento contou com barraquinhas de comidas típicas, apresentações culturais organizadas por estudantes e professores, além das tradicionais brincadeiras.


Quarta-feira, 14 de Julho de 2010
PLANEJAMENTO DO FUTURO DA CIDADE É DEBATIDO NO BARREIRO
Lideranças comunitárias, sociais, empresariais e culturais da região do Barreiro se reuniram na segunda-feira, dia 12, a convite da Prefeitura, para discutir o futuro da cidade. A busca de diálogo em torno do Planejamento Estratégico Belo Horizonte 2030, mostra que a Prefeitura não quer planejar a cidade sozinha.
O evento faz parte das ações de consulta pública que a PBH está promovendo em todas as regionais e via internet para pensar a cidade que queremos no futuro. A coordenadora executiva do programa BH Metas e Resultados, Beatriz Goes, explicou todo o processo de planejamento e apresentou quatro cenários possíveis para 2030. Considerando fatores sociais, econômicos e políticos, foram apontadas tendências como a consolidação do conhecimento como motor da economia, além da urbanização e acentuação do processo de especialização econômica.
Foram solicitadas sugestões para consolidar o planejamento para as duas próximas décadas. . Os participantes chamaram a atenção para desafios como a descen¬traliza¬ção das atividades de esporte e cultura, a necessidade de se investir mais em obras de pequeno porte, ampliar os cuidados com o meio ambiente, melhoria da acessibilidade nas vias públicas e da mobilidade e o respeito entre cidadãos e servidores públicos.
Destacando que o processo de diálogo gera bons resultados, o secretário municipal de Planejamento, Orçamento e Informação, Helvécio Magalhães, ressaltou que a participação popular ainda é a forma mais efetiva para qualificar os serviços. O secretário observou ainda que meio ambiente e mobilidade foram temas recorrentes. Diante disso, informou que a PBH está articulada com o Estado e o Governo Federal na preservação da Serra do Curral e que a ampliação do metrô está sendo rei¬vindicada por meio de uma articulação com as cidades da região metropolitana. O planejamento estratégico está disponível para consulta e sugestões no site www.pbh.gov.br/bhmetasere sultados.

Quarta-feira, 14 de Julho de 2010
PARCERIA PÚBLICO-PRIVADA PROMOVE INCLUSÃO SOCIAL E DIGITAL NO BARREIRO

A Regional Barreiro e o CNI, Centro de Formação Profissional, promoveram na última semana a formatura da 6ª turma do Projeto Geração. O certificado de conclusão do curso de informática básica e internet foi entregue a 57 alunos. Há quatro anos o CNI abre as portas para a comunidade. São oferecidas aulas gratuitas de informática a pessoas atendidas por diversos programas sociais da Prefeitura. O trabalho conjunto já possibilitou a inclusão digital de cerca de 400 alunos da região do Barreiro.
Além da inclusão digital, o Projeto Geração promove também a inclusão social. O formando Rafael Soares falou em nome dos outros seis usuários do Centro de Convivência de Saúde Mental Barreiro. Ele elogiou a interlocução da saúde e da assistência social e destacou sua satisfação em fazer parte do projeto.
Dentre os formandos, estão também vários alunos do Projeto de Educação de Jovens e Adultos (EJA). A professora Ana Maria Macedo agradeceu a oportunidade proporcionada aos seus alunos e lembrou que a aprendizagem é, acima de tudo, o direito a descobrir um novo mundo. Sua aluna Marina Amélia Rocha, de 28 anos, quase deixou de frequentar as aulas de informática, mas conseguiu superar as dificuldades. “Muitas vezes não tínhamos dinheiro para a passagem, mas nem por isso desistimos do curso”, destacou.
A gerente de Atendimento Social, Adelaide Houri, seleciona os alunos e organiza as formaturas do Projeto Geração. Ela destaca que não há como não se emocionar porque é um momento muito especial para os formandos. “Muitos deles nunca receberam um diploma”, avalia. “Chegam correndo do trabalho, mas fazem questão de participar da formatura e vestir sua melhor roupa para esse momento de grande alegria”, conclui.
Toda a equipe de professores do CNI prestigiou a formatura. O diretor Eduardo Bolina agradeceu o empenho de todos para o sucesso da parceria e premiou 17 alunos-destaque com um curso completo de Excel. O anúncio foi recebido com grande entusiasmo pela turma. Também participaram da entrega dos diplomas o gerente regional de Políticas Sociais, Dilson de Oliveira, a coordenadora do EJA, Creuza Neves, e a gerente do Centro de Convivência Barreiro, Marise Hilbert.


Sábado, 10 de Julho de 2010
ESTUDANTES AFRICANOS VISITAM ESCOLA MUNICIPAL NO BARREIRO
Estudantes dos 1º e 2º ciclos da Escola Municipal Professor Hilton Rocha, que fica na região do Barreiro, receberam na sexta-feira, dia 9, a visita de africanos do Congo e do Benin, países do oeste da África .
Os convidados participaram de um bate-papo com os alunos sobre a vida das crianças nos países onde vivem e conversaram sobre os hábitos, costumes, cultura e valores, apresentando fotos, objetos e roupas típicas do continente africano.
A atividade foi o auge de um trabalho realizado durante o mês de junho com o tema “Diversidade”. Os estudantes fizeram um trabalho baseado no livro “Crianças como Você”, conheceram alguns animais africanos e pesquisaram sobre a literatura afro-brasileira. Após o encontro com os africanos, os professores desenvolveram atividades de acordo com o interesse de cada turma.

Quarta-feira, 7 de Julho de 2010
CENTROS DE REFERÊNCIA EM ASSISTÊNCIA SOCIAL DO BARREIRO PROMOVEM FESTAS JULINAS
O Centro de Referência em Assistência Social (Cras) Vila Cemig realizou no último domingo o I Arraial da Família. O objetivo foi proporcionar um momento de lazer e estreitar ainda mais os vínculos entre as famílias e o Cras. Com quadrilha, brincadeiras, brindes e comidas típicas gratuitas, a festa atraiu muitos moradores.
No sábado, dia 10, o Cras Independência e o Cras Petrópolis irão promover o VI Arraial da Paz. Com várias atividades e comidas típicas, o evento será realizado na rua Chafariz, entre as ruas das Águas e 281, no bairro Independência, às 14h.
Cras
O objetivo dos Centros de Referência em Assistência Social é facilitar o acesso à cidadania por meio de encaminhamentos de assistência social a serviços públicos. Para atender a família, principal foco do trabalho, eles desenvolvem atividades para praticamente todas as idades.
O Grupo de Convivência para a Terceira Idade, por exemplo, oferece atendimento a pessoas acima de 60 anos. São realizados passeios e palestras sobre saúde e outros temas de interesse a esta faixa etária, promovidos com objetivo de proporcio¬nar uma velhice saudável. Outro serviço disponibilizado à comunidade é o telecentro, que oferece curso de informática básica e internet, facilitando a inserção dos moradores no mercado de trabalho. O Cras prioriza famílias cadastradas no Programa Bolsa-Família e moradores da região onde estão localizados.

Quarta-feira, 7 de Julho de 2010
CRTT DE CARA NOVA PARA DISCUTIR MELHORIAS NO TRANSPORTE E NO TRÂNSITO
Representantes de 16 bairros se reuniram na última semana para eleger os novos representantes da Comissão Regional de Transporte e Trânsito (CRTT) da região do Barreiro. Realizada na Escola Municipal Pedro Aleixo, a assembléia reuniu mais de 90 pessoas de diferentes localidades.
A eleição, realizada de dois em dois anos pela Prefeitura, através da BHTrans, tem o objetivo de mobilizar o maior número possível de entidades, associações e moradores, proporcionando participação e interação entre os agentes sociais. Durante o evento, foram eleitos dez representantes, sendo cinco titulares e cinco suplentes para a sub-região 1.
O Barreiro é dividido em cinco sub-regiões, que elegem seus representantes durante as assembléias. Os eleitos farão parte da CRTT da região onde seus bairros estão inseridos. Cada comissão é composta por representantes dos trabalhadores do transporte suplementar, escolar e coletivo, além de taxistas, passageiros, BHTrans e da Prefeitura, que se encarregam de discutir as melhorias para o transporte e o trânsito.
Desde a sua criação em 1994, as CRTTs representam um espaço democrático para a discussão das questões de transporte público, trânsito, planejamento urbano e participação popular. A sub-região 2 foi a segunda região a realizar assembléia, ontem, no CAC Barreiro. A próxima reunião será realizada amanhã, às 19h, pela sub-região 3 no Centro Esportivo Vale do Jatobá (avenida Perimental, 320, Vale do Jatobá).

Sábado, 3 de Julho de 2010
ESCOLA MUNICIPAL REALIZA PALESTRA PARA FAMÍLIAS
A Escola Municipal Vinícius de Morais, que fica no Barreiro, realizou na quinta-feira, dia 1°, a palestra “Pais com muito Prazer: Autoridade, Limites e Atenção na Medida Certa”, ministrada por Júlio Machado, consultor, escritor e pesquisador do comportamento humano. O evento aconteceu no ginásio poliesportivo da escola, que fica no bairro Tirol.
Dentro da proposta de estabelecer um constante diálogo com as famílias, a escola acredita que a questão da imposição de limites e da atenção aos filhos tem sido um dos grandes desafios atuais. Dessa forma, é oferecida oportunidade às famílias de debaterem assuntos importantes em relação à educação e outros temas como amor, autoridade, liberdade, autonomia, responsabilidade e limites.

Terça-feira, 29 de Junho de 2010
URBEL E REGIONAL BARREIRO PROMOVEM AÇÃO DE CONTROLE URBANO
Técnicos da Diretoria de Regularização Fundiária e Controle Urbano da Companhia Urbanizadora de Belo Horizonte (Urbel) e da Regional Barreiro coordenaram ontem a demolição de um imóvel irregular localizado em uma área verde da Vila Cemig. A ação foi parte das atividades realizadas pela Prefeitura para impedir esse tipo de construção nas vilas e favelas da cidade.
Segundo o supervisor de Controle Urbano da Urbel, Aldo Alves, o proprietário do barraco, que ainda estava em fase de construção, foi notificado em março deste ano, paralisou a obra, mas não realizou a demolição. “Esse trecho da Vila Cemig também já havia sido alvo de uma ação articulada com a comunidade, rea¬lizada em abril, na qual os moradores receberam cartas-compromisso. Além disso, a Prefeitura instalou placas com telefone da fiscalização para denúncias”, explicou Aldo.
O objetivo das ações educativas é conscientizar os moradores e coibir ocupações na região, que vai passar por obras de urbanização do Programa Vila Viva. As vilas Cemig e Antenas, que serão beneficia¬das pelo programa, contam com recursos de R$ 47,5 milhões para a realização das intervenções, financiados pelo Programa de Aceleração do Crescimento (PAC) do Governo Federal.


Terça-feira, 29 de Junho de 2010
ORQUESTRA APRESENTA MÚSICA CLÁSSICA A CRIANÇAS DA UMEI BARREIRO
Crianças da Umei Águas Claras ouviram na última semana o som da Orquestra Jovem Vallourec e Mannesmann do Brasil. O grupo, subsidiado pelo Projeto Música nas Escolas, se apresentou na própria unidade, na Alameda Quatro, 150, no Conjunto Residencial Águas Claras, na Vila Pinho. “Achei as músicas lindas. Adorei a canção ‘Meu Lanchinho’”, disse a aluna Paula Rodrigues, de 5 anos.
Canções infantis como “Terezinha de Jesus”, “Escravos de Jó” e “Atirei o Pau no Gato”, entre outras provocaram sorrisos nas crianças. Depois do repertório infantil, o coral prestigiou os adultos com músicas clássicas e populares como “Asa Branca” e “Aquarela do Brasil”. O concerto, além de permitir a apreciação de músicas de boa qualidade, possibilitou que crianças e famílias conhecessem a organização de uma orquestra, os instrumentos nela utilizados e a sonoridade de cada um deles.
A Umei Águas Claras procura oferecer à comunidade escolar atividades de arte, lazer e cultura. “A região tem necessidade de espaços públicos com eventos desse gênero. Precisamos atinar para as questões culturais e artísticas, pois são peças importantes no desenvolvimento da cidadania”, enfatizou a coordenadora pedagógica Márcia Cabral.


Quarta-feira, 23 de Junho de 2010
ENCONTRO DE CANTOS REÚNE ARTISTAS DO BARREIRO
Famílias do bairro Urucuia puderam apreciar cantigas, rodas de violão e músicas de raiz no Encontro de Cantos, realizado no sábado, dia 19, evento promovido pelo Centro Cultural Urucuia (rua W3, 500). O encontro mostrou o talento de diversos artistas locais. “Pessoas de 7 a 70 anos vieram ouvir as músicas que foram tocadas por mais de seis horas”, disse uma das organizadoras do evento, Natalie Carvalho.
Ao som do Grupo de Seresteiros do Barreiro, da Banda da Guarda Municipal, do Coral Cantares do CAC Barreiro, dos Irmãos Araújo e do grupo Senhores e Senhoras do Tempo, casais dançavam e cantavam antigas canções. A plateia apreciou também as apresentações de dança de salão do grupo Dance e Dance.
A atividade foi realizada para comemorar o segundo aniversário do centro cultural e teve a aceitação da população. “Percebemos que as pessoas da região se identificam mais com músicas antigas e sertanejas. O evento foi muito bom. Vemos que acertamos na escolha”, observa Natalie.
No sábado, dia 26, o centro cultural promove, às 17h, o Arraiá Urucuia. A atividade contará com quadrilha, barraquinhas de comidas típicas e forró.

Terça-feira, 22 de Junho de 2010
REGIÃO DO BARREIRO TERÁ CINCO PRAÇAS REVITALIZADAS
O prefeito Marcio Lacerda assinou no sábado, dia 19, na Praça José Verano, no Barreiro de Cima, um convênio com o Governo do Estado que prevê a reforma das praças José Verano e Anelson Alves, no Barreiro de Cima, a praça do Conjunto Pongelupe, na rua Lucas Carvalho, a praça Padre Alfredo Sabetta, no bairro Teixeira Dias, e a praça nas proximidades da rua Álvaro da Silveira, no bairro Santa Margarida. O valor total de investimento é de R$ 570 mil, sendo R$ 70 mil da Prefeitura de Belo Horizonte.
“Belo Horizonte tem muitas praças e elas sempre precisam de uma revitalização, de uma modernização e de um melhor tratamento. Periodicamente, isso é feito. É muito bom poder contar com esse recurso do Estado para que o Barreiro tenha mais essa melhoria” disse o prefeito Marcio Lacerda.
No evento, o governador do Estado, Antonio Anastasia, autorizou a segunda etapa das obras do Polo de Integração do Barreiro (Point Barreiro). O espaço é uma promoção de cidadania e inclusão social, onde os moradores terão acesso a educação, lazer, saúde, cultura e oportunidades de inserção no mercado de trabalho.
Marcio informou que a Prefeitura vai reformar um centro de saúde localizado próximo ao Point. Outro investimento do município no Polo de Inte¬gração será a construção de um centro de reabilitação para pessoas com mobilidade reduzida e a implantação de uma Academia da Cidade, que é um projeto importante na promoção da saúde e do bem estar com a prática de atividades esportivas.
O governador Antonio Anastasia ressaltou o desenvolvimento do Barreiro, região formada por 80 bairros e 270 mil habitantes, a partir dos investimentos realizados nos últimos anos pelo Governo do Estado na área de saúde, infraestrutura e segurança, muitos deles em parceria com a Prefeitura.
“O Barreiro, mais do que uma região de Belo Horizonte, é como se fosse uma cidade e merece esse esforço do Governo do Estado, sempre em parceria com a Prefeitura. O Barreiro tem sido alvo de atenções muito especiais do Governo do Estado e da Prefeitura. Que andemos sempre juntos para trazer benefícios à população da região”, disse Anastasia.


Sábado, 19 de Junho de 2010
CENTRO CULTURAL LINDÉIA REGINA COMEMORA ANIVERSÁRIO COM DIVERSAS ATIVIDADES
O Centro Cultura Lindéia Regina (CCLR) celebra dois anos de funcionamento e, para comemorar, no mês de junho e julho promove diversas atividades culturais. A programação concentra eventos já reconhecidos pelo público como Arte Cênica no Limite, Sábado Black, Tarde no Sertão e Rock da Regina. Os eventos acontecem todas as sextas, sábados e domingos até o dia 17 de julho. Todas as atividades são gratuitas e a promoção é da Prefeitura de Belo Horizonte, através da Fundação Municipal de Cultura e do CCLR, que fica na rua Aristolino Basílio de Oliveira, 445, no bairro Regina.
Nesses dois anos, passaram pelo centro cultural mais de 70 mil pessoas atraídas por atividades artísticas, entretenimento e leitura. A ação do CCLR tem como premissa facilitar o acesso da população às manifestações culturais, bem como dar apoio aos grupos de artistas da região do Lindéia Regina e fomentar as identidades culturais, promovendo apresentações artísticas, exposições e cursos. A programação de dois anos abrange diversas manifestações artísticas que vão desde peças teatrais, música sertaneja, passando por música black, rock independente, sarau e dança contemporânea.
Desde sua inauguração, diversos artistas envolvidos com as artes cênicas passaram pelo CCLR. Nesse período, grupos de atores utilizaram o espaço para ensaios e criações de espetáculos, além de contarem com total apoio em projetos, divulgação e produção de suas peças. Essa parceria deu origem à 1ª Edição da Mostra Arte Cênica no Limite que recebeu este nome devido à localização do centro cultural em área conurbada entre os municípios de Belo Horizonte, Ibirité e Contagem.
Segundo o gestor do Centro Cultural Lindéia Regina, Osvaldo Alves, o “Arte Cênica no Limite pretende refletir a força de vontade e a paixão pelo teatro desses grupos que atuam nos limites geográficos da cidade de Belo Horizonte e municípios vizinhos, provando que a arte não tem fronteiras e supera adversidades”, afirma.
Programação
No sábado, dia 19, às 19h, o Grupo Hypynose, do Barreiro, apresenta “O Dia em Que a Morte Quase Morreu”, comédia sobre a morte. O Grupo Geringonça, de Ibirité, traz duas peças: “Holograma”, no dia 26, e “Os Atormentados”, no dia 27 de junho, ambas às 19h.
Para quem gosta de música sertaneja, no dia 26 de junho, às 17h, o centro cultural traz diversos músicos que integram o “Tarde no Sertão”. O movimento sertanejo autêntico, ou como eles gostam de ser chamados, “sertanejo de raiz”, completa dois anos de intensa programação artística.
Além dos artistas costumeiros como Sô Deco, Silva Neto, Miranito e Pássaro Negro, Dona Lúcia e João Canhoto, o evento terá também a participação de convidados dos centros culturais São Bernardo, Urucuia e Venda Nova.
Festa em julho
Em julho, o centro cultural promove edições especiais do Rock da Regina e da Conexão Dance, além de um sarau comemorativo no dia 17 de julho, sábado, às 17h30. No dia 3 de julho, sábado, às 15h, o Rock da Regina traz as bandas Absurda, 0=2, Oddie, Estorvârios e Appetite for Destruction, entre outras.
E para quem gosta de dança, no dia 10 de julho, sábado, às 18h, acontece o Conexão Dance, apresentação de diversos grupos de dança que tem como argumento a cultura pop e outras manifestações artísticas contemporâneas. Haverá participação especial do grupo Sweet Dreams.


Sábado, 12 de Junho de 2010
PARQUE DAS ÁGUAS PROMOVE SEU SEXTO ARRAIAL
O Parque Roberto Burle Marx, mais conhecido como Parque das Águas (avenida Ximango, 856, Barreiro), realiza seu 6º Arraial de Santo Antônio no sábado, dia 12. Com início às 13h, a festa possui barracas com comidas típicas, fogueira flutuante, concurso de carroça mais enfeitada, apresentações culturais e shows musicais.
Sete grupos de quadrilha já confirmaram presença no ar¬raial: Nóis na Fita, Forró de Minas, Fogão à Lenha, Pega Fofo, São Gererê, Vira Volta e Fogo na Perna, que se apresentarão a partir das 20h. Duas horas antes, às 18h, haverá a fogueira flutuante, montada no lago Fênix, será acesa.
Para as crianças, as atrações são o passeio de burrinho e um parquinho infantil com pula-pula, cama elástica, touro mecânico e piscina de bolinhas. Outra atividade para o público é a brincadeira do pau-de-sebo.
De acordo com a gerente do Parque das Águas, Isabel Cupertino, o cenário e as atrações da festa, como o cortejo de carroças, buscam resgatar a cultura popular. “A equipe do parque está trabalhando muito para oferecer uma bonita festa para a população”, conta Isabel.


Sexta-feira, 11 de Junho de 2010
CENTROS REGIONAIS DE EDUCAÇÃO AMBIENTAL RECEBEM ATIVIDADES SOBRE EDUCAÇÃO
A Secretaria Municipal de Meio Ambiente está promovendo atividades sobre educação ambiental nos Centros Regionais de Educação Ambiental (CEA) desde o início deste mês. A gerente de Capacitação e Informação em Educação Ambiental, Maria Carolina Bonfim, explica que o objetivo é ampliar as atividades dos centros para as nove regionais de Belo Horizonte. “O projeto já é aplicado em quatro delas”, conta.
No CEA Venda Nova (rua Sebastião Gomes Pereira, 140), ocorreu uma atividade no dia 1º. Além disso, haverá atividades nos dias 16 e 22. A programação inclui palestra sobre meio ambiente e cultura, curso de tinta orgânica e trilha no Parque Serra Verde.
Na região Norte, o CEA (rua Rubens de Souza Pimentel, 7.050) iniciou na terça-feira, dia 8, uma oficina de reciclagem, que continuará nos dias 15 e 22. No dia 23, será ministrado o curso itinerante de Biomonitoramento e, no dia 24, palestra sobre meio ambiente e cultura, finalizando com uma trilha em volta das nascentes do Parque Nossa Senhora da Piedade.
Já no Barreiro, as atividades do CEA (rua Ximango, 809, bairro Parque das Águas), ocorrerão nos dias 16, 17 e 23 de junho com oficina de boneca de retalhos, curso itinerante de Biomo¬nito¬ramento (Projeto Manuelzão) e ambiente em foco.
As atividades são direcionadas a todos os cidadãos a partir de 16 anos, interessados nas questões socioambientais. A programação das atividades pode ser solicitada pelo telefone 3277-5199.


Sexta-feira, 11 de Junho de 2010
NOVOS PONTOS LIMPOS SÃO IMPLANTADOS NO BARREIRO
A Prefeitura conseguiu acabar com sete pontos de deposição clandestina de lixo e entulho do Barreiro nos primeiros cinco meses deste ano. Com o trabalho, foram revitaliza¬dos diversos espaços públicos dos bairros Regina, Jatobá, Novo das Indústrias e Bairro das Indústrias, criando novos Pontos Limpos na cidade.
A ação é feita em conjunto por diferentes setores. Enquanto a equipe de limpeza urbana remove os entulhos, capina e varre o local, a equipe de mobili¬zação faz campanha edu¬cativa no entorno, distribuindo panfletos com horários e dias da coleta de lixo e endereço da Unidade de Recebimento de Pequenos Volumes (URPV) mais próxima, para onde devem ser encaminhados objetos volumosos e entulho de construção. A seguir, a equipe de limpeza pinta o meio fio e, em diversos locais, a equipe da manutenção promove tratamento paisagístico, com a composição de jardins.
Além da revitaliza¬ção e do trabalho edu¬cativo, também são adotadas estraté¬gias punitivas. Para assegurar a manutenção da limpeza, é afixada uma placa informando que jogar lixo em áreas públicas é crime e a equipe de fiscalização de limpeza urbana promove plantões, na tentativa de flagrar os responsáveis pela deposição clandestina. Os infratores podem ser multados em valores que variam entre R$ 121,10 e R$ 4.036,80, dependendo do volume e do tipo do resíduo. A meta é criar um novo Ponto Limpo a cada mês até o final de 2010.


Sábado, 12 de Junho de 2010
PARQUE DAS ÁGUAS PROMOVE SEU SEXTO ARRAIAL
O Parque Roberto Burle Marx, mais conhecido como Parque das Águas (avenida Ximango, 856, Barreiro), realiza seu 6º Arraial de Santo Antônio no sábado, dia 12. Com início às 13h, a festa possui barracas com comidas típicas, fogueira flutuante, concurso de carroça mais enfeitada, apresentações culturais e shows musicais.
Sete grupos de quadrilha já confirmaram presença no ar¬raial: Nóis na Fita, Forró de Minas, Fogão à Lenha, Pega Fofo, São Gererê, Vira Volta e Fogo na Perna, que se apresentarão a partir das 20h. Duas horas antes, às 18h, haverá a fogueira flutuante, montada no lago Fênix, será acesa.
Para as crianças, as atrações são o passeio de burrinho e um parquinho infantil com pula-pula, cama elástica, touro mecânico e piscina de bolinhas. Outra atividade para o público é a brincadeira do pau-de-sebo.
De acordo com a gerente do Parque das Águas, Isabel Cupertino, o cenário e as atrações da festa, como o cortejo de carroças, buscam resgatar a cultura popular. “A equipe do parque está trabalhando muito para oferecer uma bonita festa para a população”, conta Isabel.


Sexta-feira, 11 de Junho de 2010
CENTROS REGIONAIS DE EDUCAÇÃO AMBIENTAL RECEBEM ATIVIDADES SOBRE EDUCAÇÃO
A Secretaria Municipal de Meio Ambiente está promovendo atividades sobre educação ambiental nos Centros Regionais de Educação Ambiental (CEA) desde o início deste mês. A gerente de Capacitação e Informação em Educação Ambiental, Maria Carolina Bonfim, explica que o objetivo é ampliar as atividades dos centros para as nove regionais de Belo Horizonte. “O projeto já é aplicado em quatro delas”, conta.
No CEA Venda Nova (rua Sebastião Gomes Pereira, 140), ocorreu uma atividade no dia 1º. Além disso, haverá atividades nos dias 16 e 22. A programação inclui palestra sobre meio ambiente e cultura, curso de tinta orgânica e trilha no Parque Serra Verde.
Na região Norte, o CEA (rua Rubens de Souza Pimentel, 7.050) iniciou na terça-feira, dia 8, uma oficina de reciclagem, que continuará nos dias 15 e 22. No dia 23, será ministrado o curso itinerante de Biomonitoramento e, no dia 24, palestra sobre meio ambiente e cultura, finalizando com uma trilha em volta das nascentes do Parque Nossa Senhora da Piedade.
Já no Barreiro, as atividades do CEA (rua Ximango, 809, bairro Parque das Águas), ocorrerão nos dias 16, 17 e 23 de junho com oficina de boneca de retalhos, curso itinerante de Biomo¬nito¬ramento (Projeto Manuelzão) e ambiente em foco.
As atividades são direcionadas a todos os cidadãos a partir de 16 anos, interessados nas questões socioambientais. A programação das atividades pode ser solicitada pelo telefone 3277-5199.


Sexta-feira, 11 de Junho de 2010
NOVOS PONTOS LIMPOS SÃO IMPLANTADOS NO BARREIRO
A Prefeitura conseguiu acabar com sete pontos de deposição clandestina de lixo e entulho do Barreiro nos primeiros cinco meses deste ano. Com o trabalho, foram revitaliza¬dos diversos espaços públicos dos bairros Regina, Jatobá, Novo das Indústrias e Bairro das Indústrias, criando novos Pontos Limpos na cidade.
A ação é feita em conjunto por diferentes setores. Enquanto a equipe de limpeza urbana remove os entulhos, capina e varre o local, a equipe de mobili¬zação faz campanha edu¬cativa no entorno, distribuindo panfletos com horários e dias da coleta de lixo e endereço da Unidade de Recebimento de Pequenos Volumes (URPV) mais próxima, para onde devem ser encaminhados objetos volumosos e entulho de construção. A seguir, a equipe de limpeza pinta o meio fio e, em diversos locais, a equipe da manutenção promove tratamento paisagístico, com a composição de jardins.
Além da revitaliza¬ção e do trabalho edu¬cativo, também são adotadas estraté¬gias punitivas. Para assegurar a manutenção da limpeza, é afixada uma placa informando que jogar lixo em áreas públicas é crime e a equipe de fiscalização de limpeza urbana promove plantões, na tentativa de flagrar os responsáveis pela deposição clandestina. Os infratores podem ser multados em valores que variam entre R$ 121,10 e R$ 4.036,80, dependendo do volume e do tipo do resíduo. A meta é criar um novo Ponto Limpo a cada mês até o final de 2010.


Quarta-feira, 9 de Junho de 2010
GERÊNCIA DE MANUTENÇÃO BARREIRO DÁ LUGAR A HOSPITAL METROPOLITANO
A Gerência de Manutenção, que funcionava na rua Dona Luiza, 11, no Barreiro, passou a funcionar em novo endereço, por causa do início das obras de construção do Hospital Metropolitano do Barreiro, referência nacional em atendimento a casos de poli¬traumatismo.
A parte administrativa da gerência foi instalada em um prédio de três andares, localizado na rua Olinto Meirelles, 2.435, no bairro Santa Cruz, e funcionará neste novo endereço até a construção da nova sede. Já a parte operacional passou a funcionar na rua David Fonseca, 1.147, no bairro Milionários. “Apesar das mudanças, a equipe está se adaptando da melhor forma possível”, disse o gerente regio¬nal de Manutenção, Júlio Cezar Magalhães.
Antigas salas da gerência serão demolidas e os materiais serão reaproveitados. A Gerência de Limpeza Urbana, por exemplo, terá seu quiosque reconstruído com material reaproveitado a partir da demolição da antiga sede.
Com uma equipe de aproximadamente 140 pessoas, a Gerência de Manutenção é uma das maiores gerências da regional. Além de garantir a manutenção dos locais públicos, ela funciona como suporte para outras gerências, promovendo a realização de pequenas obras, apoiando o transporte de materiais e auxiliando na realização de eventos.


Terça-feira, 8 de Junho de 2010
PINTURAS E ESCULTURAS ENCANTAM CRIANÇAS DA UMEI BARREIRO
A Unidade Municipal de Educação Infantil (Umei) Águas Claras recebeu na última semana a visita do escultor Marcelo Mello, artista especializado em obras cujos temas remetem à cons¬cientização ambiental. Pinturas em tiras de persiana, esculturas em madeira e chapa de ferro realizadas por Marcelo foram expostas na Umei, que fica na rua A, 100, no Conjunto Águas Claras. Crian¬ças e familiares que visitaram o local apreciaram as obras.
Durante o bate pa¬po, o artista explicou às crianças a importância de preservar o meio ambiente e contou que o material utilizado para con¬fecção das suas peças são matérias disponibi¬lizadas pela natureza ou reu¬tilizações de matéria-prima, como aparas de chapas de metal que seriam descartadas pela indústria, partes de móveis antigos (cabeceira de cama, pé de cadeira, etc.) e tiras de persianas.
As esculturas de Marcelo Mello revelam o olhar sensível do artista para as questões am¬bientais. Sua obra emo¬cio¬na e provoca reflexões. “Podemos dizer que encanta a beleza destas obras de arte e, mais do que isso, nos ensina alguns valores, como a simplicidade”, elogiou a vice-diretora da Umei Águas Claras, Vânia Gomes.
Ao final da atividade foi entregue à Umei uma obra feita exclusivamente para as crianças. Ela receberá um nome, escolhido pelos alunos através de votação. A disponibiliza¬ção e o acesso a bens artísticos e culturais são um dos pilares em que a Umei Águas Claras se sustenta para realizar um trabalho que envolve tanto as crianças como os moradores da região.

MUTIRÃO REMOVE PICHAÇÕES DA PRAÇA DO CRISTO
Os moradores do bairro Milionários promoveram um mutirão no último final de semana para pintar o principal monumento da região. Durante toda a manhã, mais de 300 voluntários, entre estudantes, grupos religiosos, membros da associação de moradores e de entidades sociais se dedicaram ao combate à pichação na Praça do Cristo.
A atividade faz parte do Movimento Respeito por BH e integra Prefeitura, Ministério Público Estadual, Polícia Militar, Polícia Civil e setores da sociedade civil no combate ao vandalismo. Os secretários regional, Leonardo Couto, e de Segurança Urbana e Patrimonial, Genedempsey Bicalho, também participaram do trabalho. “Envolver a comunidade na recuperação de áreas degradadas é a forma mais efetiva de tê-la como aliada na manutenção das melhorias”, destacou Leonardo Couto.
O presidente da Associação de Moradores do Bairro Milionários e Adjacências, José Márcio, ressaltou a importância da ação. “Aqui estava se tornando alvo constante de vandalismo e, agora, a nossa intenção é mostrar que a praça pertence aos moradores”, destacou. Um dos mais motivados em mobilizar a comunidade para o trabalho, João Bosco Marra, foi escolhido para guardar as latas de tinta que foram doadas para manter a limpeza. “Vamos todos ficar de olho para preservar esse trabalho”, garante o morador, que se comprometeu a vistoriar o local diariamente e pintar todas as novas pichações. “Esperamos que os moradores possam voltar a frequentar a praça”, concluiu.
Requalificação
Atenta à importância de reocupar a praça após sua requalificação, a comunidade está elaborando uma agenda que reunirá igrejas, escolas e comerciantes para promover atividades comunitárias no local durante toda a semana. A Comissão Local de Apoio e Preservação do Patrimônio, formada por moradores e comerciantes da Comissão de Turismo do Barreiro, vai divulgar o local como ponto turístico e o vestiário, antes o principal alvo dos pichadores, será disponibilizado para a Polícia Militar como ponto de apoio.
Belo Horizonte sofre com pichações tanto em prédios públicos quanto privados e a limpeza das pichações tem o objetivo de demonstrar a todos que ações conjuntas podem ajudar a reprimir a pichação na capital mineira. A pichação é considerada vandalismo e crime ambiental, com pena de três meses a um ano de detenção. Denúncias sobre vândalos podem ser feitas pelo número 181.


Sábado, 29 de Maio de 2010
PROJETO SALA DE VISITAS DISCUTE DESENVOLVIMENTO DO BARREIRO
A Regional Barreiro promoveu na última semana a III edição do Projeto Sala de Visitas, cujo tema foi Turismo e Investimentos para o Desenvolvimento Local. O evento aconteceu em um dos atrativos turísticos da região, o Parque Ecológico Roberto Burle Marx, conhecido como Parque das Águas.
Cerca de 80 pessoas estiveram presentes, entre elas o secretário regional, Leonardo Couto, o presidente do comitê executivo da Copa do Mundo de 2014, Tiago Lacerda, o diretor regional do Senac-MG, Sebastião Antônio dos Reis e Silva, e o presidente da Associação Brasileira de Bares e Restaurantes, Paulo Nonaka.
Leonardo Couto enfatizou a importância do projeto. “Mesmo pessoas que nasceram e moram na região não conhecem o Barreiro e seus atrativos turísticos. O projeto vai contribuir para que o Barreiro seja conhecido aqui e em toda a cidade”, destacou.
Sete atrativos turísticos da região fazem parte do projeto, que tem co¬mo objetivos promover o desenvolvimento local e a geração de trabalho e renda. O Parque Roberto Burle Marx (Parque das Águas), o Parque Esta¬dual Serra do Rola Moça, o Cristo Redentor, o Complexo Esportivo Vale do Jatobá e Região, o Centro Cultural Urucuia, o Santuário São Paulo da Cruz e a Feira de Variedades, realizada às sextas-feiras em frente ao santuário, são os pontos destacados pelo projeto.
Marilene de Souza, coordenadora dos projetos Sala de Visitas e Turismo, Ecologia e Lazer – Barreiro, Prazer em Conhecer, afirmou que o perfil da região mudou. “O Barreiro não é mais uma região industrial. Ele acompanha a vocação da cidade no desenvolvimento do comércio e na prestação de serviços e não poderia ficar atrasado na potencialização de seus atrativos turísticos”, avalia.


Quarta-feira, 19 de Maio de 2010
BARREIRO CELEBRA DIA DO ASSISTENTE SOCIAL
A Regional Barreiro promoveu confraternização e palestra em homenagem ao Dia do Assistente Social. Ministrada pela psicóloga e criminologista Luciana Crepaldi, a palestra teve como tema o enfrentamento à violência contra as mulheres, orientações para denúncias e divulgação da rede de atendimento. A plateia, composta por assistentes sociais e representantes de entidades não governamentais, revelou sua satisfação e empenho em exercer a profissão, através de sugestões e questiona¬mentos sobre o tema abordado.
O evento foi realizado no Centro de Apoio Comunitário, localizado na rua Pinheiro Chagas, 252, Barreiro. O secretário Leonardo Couto destacou a importância dos assistentes sociais “Uma equipe gabaritada pode alterar o quadro social de qualquer região. Acreditamos no trabalho que esses profissionais têm realizado aqui no Barreiro”, elogiou.
Profissional destaque
A assistente social Ruth Menezes é um dos exemplos que justificam a homenagem. Acostumada a percorrer longas distâncias em horários fora do seu turno de trabalho, ela não tem medido esforços para atender aos cidadãos. “Acredito que o entusiasmo com a profissão e a certeza de que a função primordial do assistente social é garantir direitos e facilitar o acesso a eles são os preceitos que devem impulsionar o nosso trabalho”, pontua.
Há cinco anos na Regional Barreiro, Ruth é hoje referência no atendimento aos moradores de áreas de risco. Ela foi responsável pelo mapeamento e cadastramento das famílias atingidas pelas enchentes em 2008 e 2009 e trabalha exclusivamente em casos críticos ou no atendimento a pessoas que não se encaixam no perfil exigido pelos programas oferecidos pela Prefeitura. “Em cada caso solucionado sinto satisfação de dar uma contribuição para a efetivação dos direitos das pessoas que estão à margem”, conta.



Terça-feira, 18 de Maio de 2010
RESTAURANTE POPULAR DO BARREIRO É INAUGURADO
A nova unidade é o maior restaurante popular da capital e do Brasil, com capacidade para atender até 8 mil pessoas por dia
Arroz, tutu, lombo ao molho de laranja, maionese, salada, suco natural e doce de banana na sobremesa. Esse foi o cardápio preparado para o primeiro almoço do Restaurante Popular Dom Mauro Bastos, na região do Barreiro. A unidade foi inaugurada pelo prefeito Marcio Lacerda, no sábado, dia 15, oportunidade em que foram oferecidas 2 mil refeições gratuitamente. Além da expressiva presença da comunidade, a cerimônia contou com a participação da ministra de Desenvolvimento Social e Combate à Fome, Márcia Lopes, entre outras autoridades.
Marcio destacou que os restaurantes populares da capital mineira são exemplos para o Brasil e para mundo, nos aspectos qualitativos e também quantita¬tiva¬mente, sendo Belo Horizonte a cidade que mais fornece refeições nesses espaços. Para o prefeito, a unidade do Barreiro tem um significado especial. “Ela representa com muita fidelidade os três eixos centrais que norteiam o trabalho da nossa equipe na Prefeitura: a eficiência, o respeito e o compromisso social”, pontuou.
O novo restaurante servirá, inicialmente, 4 mil refeições por dia, sendo 3 mil no almoço e mil no jantar. Mas como explica o secretário municipal adjunto de Abastecimento, Flávio Duffles, a unidade tem capacidade para atender até 8 mil pessoas diariamente. “Esse é o maior restaurante popular de Belo Horizonte e do Brasil”, assinalou. A unidade tem três pavimentos e refeitório para 500 pessoas.
Resultado de uma parceria da Prefeitura com o Ministério de Desenvolvimento Social e Combate à Fome, a unidade do Barreiro recebeu cerca de R$ 7,9 milhões em investimentos do município e R$ 1,4 milhão do Governo Federal. “É muito gratificante chegar em um espaço como esse, que concretiza um dos equipamentos públicos fundamentais da política de segurança alimentar e nutricional”, ressaltou a ministra Márcia Lopes.
Homenagem
De acordo com o padre Alex Antônio Fava¬rato, que fez a bênção durante a inauguração, a implantação do restaurante “é o indício de grande crescimento social na região. Muitas pessoas terão suas refeições cotidianamente”, disse. Ele observou, ainda, que o nome dado ao espaço é uma justa homenagem a dom Mauro Bastos. “Ele lutou muito em favor dos mais pobres e dizia: se não tivermos pão, sejamos o pão”, lembrou.
A partir de agora, a cidade conta com quatro restaurantes populares - Barreiro, Centro, Santa Efigênia e Venda Nova - e um refeitório, na Câmara Municipal, que poderão oferecer, por dia, cerca de 19 mil refeições de alto valor nutricional e a baixo custo. O preço do café da manhã é de R$ 0,50, almoço (bandejão) R$ 2 e jantar (sopas ou caldos) R$ 1. Os beneficiários do programa Bolsa Família pagam a metade dos valores.
O Restaurante Popular Dom Mauro Bastos funciona na avenida Afonso Vaz de Melo, 1.001, Barreiro.
O almoço é servido das 11h às 13h30 e o jantar, das 17h30 às 19h30, de segunda a sexta-feira.
BH no combate à fome
Atualmente são servidas quase 3,6 milhões de refeições por ano nos restaurantes populares da capital mineira, um investimento de R$ 11,6 milhões sendo que R$ 8,1 milhões são subsidiados pela Prefeitura, o que cor¬responde a 70% do valor total. Desde a inauguração da primeira unidade, na região central, próximo à Rodoviária de Belo Horizonte, a oferta de refeições passou de 1.755, em 1994, para 15 mil em 2009, podendo chegar a 19 mil, este ano, com a inauguração do novo restaurante no Bar¬reiro.
Esse é o maior programa de alimentação a baixo custo do país. A política de combate à fome promovida em Belo Horizonte recebeu no ano passado, em Hamburgo, na Alemanha, o prêmio de Política de Futuro 2009, do conselho ético World Fu¬ture Council (WFC), formado por 50 especialistas do mundo inteiro.
Referência nacional e internacional
Atualmente são servidas 3.584.219 refeições por ano nos restaurantes populares de Belo Horizonte, um investimento de R$ 11.635.632,66, sendo que R$ 8.144.942,86 são subsidiados pela Prefeitura, o que corres¬ponde a 70% do valor total. Desde a inauguração do primeiro restaurante popular na capital mineira, a oferta de refeições passou de 1.755, em 1994, para 15 mil em 2009, e chegará este ano a 18 mil, com a inauguração do novo Restaurante Popular do Barreiro.
Esse é o maior programa de alimentação a baixo custo do país. Hoje, os restaurantes populares de BH são uma referência para as demais cidades e serviram de modelo para a implantação de unidades no Rio de Janeiro, São Paulo e em Brasília. A política de combate à fome promovida em Belo Horizonte recebeu no ano passado, em Hamburgo, na Alemanha, o prêmio de Política de Futuro 2009, do conselho ético World Future Council (WFC), formado por 50 especialistas do mundo inteiro.
Unidade do Barreiro
O Restaurante Popular do Barreiro vai servir cerca de quatro mil refeições diárias. Localizado na rua Afonso Vaz de Melo, 1.001, a nova unidade tem três pavimentos e será a maior da capital. Foram investidos no novo equipamento R$ 7.892.792,82, dinheiro da PBH, e também R$ 1,4 milhão do Ministério do Desenvolvimento Social, que destina mensalmente recursos para o Programa de Aquisição de Alimentos (PAA), com vistas ao desenvolvimento da agricultura familiar.
Com a nova unidade no Barreiro, a população de Belo Horizonte passa a contar com quatro restaurantes populares e um refeitório, divididos pelas principais regiões da cidade de forma a atender toda a população da capital.


Quinta-feira, 6 de Maio de 2010
SERVIDORES DO BARREIRO SÃO APRESENTADOS À CAMPANHA DE PREVENÇÃO CONTRA A AIDS
A Regional Barreiro reuniu na segunda-feira, dia 3, servidores de diversas áreas para apresentar a campanha de prevenção a DST/Aids “Quem tem amor próprio usa. Camisinha, um direito seu”. A campanha será feita em toda a cidade e antes que seja divulgada para o público, a regional optou por apresentá-la em primeira mão para os servidores.
Cerca de 80 pessoas assistiram a palestra ministrada pela referência técnica de Prevenção à DTS/Aids e Hepatites Virais da Secretaria Municipal de Saúde, Mirian Pacheco. “O trabalho conjunto é fundamental para que possamos atingir um público maior e, assim, obtermos melhores resultados”, explicou Mirian.
Surpresa com a grande adesão dos servidores, ela informou que pretende oferecer cursos e palestras. O objetivo é cons¬cientizar os servidores para cuidarem da própria saúde e também capacitá-los para orientar os cidadãos que atendem. A gerente de Programas Sociais Barreiro, Silvânia Cecília, responsável pela mobilização dos servidores para a apresentação da campanha, informou que os servidores irão conscientizar a população, além de distribuírem materiais edu¬cativos e camisinhas.


Quarta-feira, 5 de Maio de 2010
PROFISSIONAIS E USUÁRIOS DO SUS COMEMORAM SUCESSO DE TRABALHO CONJUNTO NO BARREIRO DE CIMA
A comissão local do Centro de Saúde Barreiro de Cima comemorou 24 anos ininter¬ruptos de trabalho conjunto de gestores, trabalhadores e usuários do serviço público de saúde em prol de melhorias no atendimento e no relacionamento entre os profissionais e pacientes. A atividade reuniu representantes de todas essas áreas na semana passada na unidade de saúde, que fica na Praça Modestino Sales Barbosa, 13, no Barreiro de Cima.
O encontro foi presti¬giado pelo secretário regional Bar¬reiro, Leonardo Couto, pela pre¬sidente da Câmara Municipal, vereadora Luzia Ferreira, pela secretária municipal adjunta de Saúde, Susana Rates, e também pela gerente regional, Maria Inez Ribeiro, e pelo presidente do Conselho Distrital de Saúde, Wilton Rodrigues. As autoridades e a comunidade foram recepcio¬nadas pela gerente do Centro de Saúde Barreiro de Cima, Luciana Martins, e pelo coordenador da Comissão Local de Saúde, Ronaldo Reis. “Embora os desafios pareçam, muitas vezes, insuperáveis, sei que a determinação de vocês em contribuir para a gestão local deste modelo é que tem garantido a longevidade deste trabalho e os bons resultados que o Centro de Saúde Barreiro de Cima tem alcançado”, elogiou o prefeito Marcio Lacerda, por meio de mensagem entregue por Leonardo Couto.
Atividade educativa
O encontro começou com uma atividade educativa. A auxiliar de enfermagem Eurli Soares, que trabalha na unidade há dois anos, sanou dúvidas dos usuários sobre os procedimentos adotados em relação aos exames laboratoriais. O público foi orientado sobre a importância de fazer a coleta correta dos materiais a serem examinados. Para evitar erros de coleta, que interfiram nos resultados dos exames, a equipe, que encaminha 25 exames por dia, orienta os pacientes verbalmente e também anexa as recomendações por escrito ao pedido feito pelo médico.
Para homenagear aqueles que contribuem para o sucesso das lutas da comissão, os membros criaram o troféu Faça a Diferença. A médica generalista do Programa Saúde da Família, Luciana Caldas, que atende os pacientes do Centro de Saúde Barreiro de Cima há cinco anos, foi uma das agraciadas com a honraria. “Trabalho aqui desde que me formei e, apesar de ter recebido diversas propostas para trabalhar na rede particular e em consultó¬rios, optei por continuar atendendo pelo SUS”, disse.


Segunda-feira, 3 de Maio de 2010
SERVIDOR COMPÕE MÚSICA TEMA DO COMIDA DI BUTECO
Quem vê a pilha de formulários, a calculadora no canto esquerdo da mesa e as mãos sujas de tinta de caneta nem imagina que o economista e assistente administrativo da Regional Barreiro, Maurício Dalessi, em parceria com os compositores Elerson Santos e Eros Fresiq, fez o arranjo da música tema do Festival Comida di Buteco deste ano, “Em Cada Buteco Batem Vários Corações”.
Violonista há 16 anos, herdou o talento e o gosto pela mú¬sica do avô, ex-maestro da Orquestra Sinfônica de Minas Gerais, e da mãe, que toca acor¬deon. Eclético, já foi integrante de sete bandas e transitou entre estilos que vão do religioso ao rock. Mauricio já subiu ao palco com grandes nomes da música mineira como a cantora Helena Pena, ganhadora do prêmio Sharp em 1996, Carla Villar, ex-vocalista do grupo Sagrado Coração da Terra, e Dona Ana Eliza, integrante da velha guarda do samba de Belo Horizonte.
Além da destreza para dedilhar as cordas do violão, Maurício também já foi destaque nas quadras de vôlei. Era jogador profissional do Minas Tênis Clube, mas acabou abrindo mão dos treinos em favor dos estudos. Outro esporte, no entanto, quase o distanciou do violão. Em um jogo de futebol, fraturou um dos dedos da mão. “Os médicos disseram que eu tinha grandes chances de perder os movimentos”, conta Maurício. Mas, determinado a não se afastar da música, após a cirurgia e seções de fisioterapia, voltou a tocar em 2008.
O instrumentista foi também professor de dança durante dois anos. “Aprendi a dançar tango e bolero para aperfeiçoar o ritmo com a música”, explica. Hoje, ele se dedica ao trabalho na Gerência Administrativo Financeira da Regional Barreiro, dá aula de matemática, estatística e desenho técnico e, é claro, se reúne com os amigos para tocar. Maurício planeja gravar seu primeiro CD ainda este ano, com o grupo Confraria


Segunda-feira, 3 de Maio de 2010
PRIMEIRA ETAPA DO OP É ABERTA NO BARREIRO
A primeira etapa do Orçamento Participativo (OP) 2011/2012 foi aberta na quinta-feira, dia 29, no Barreiro, a terceira regional a iniciar o processo de escolhas de obras. O evento reuniu mais de 600 pessoas no auditório do Colégio São Paulo da Cruz. Representantes de diversas secretarias municipais participaram da abertura. O secretário municipal de Políticas Urbanas, Murilo Valadares, enfatizou a importância do processo. “A melhor forma de urbanizar é o povo escolher as obras”, destacou.
O secretário regional Leonardo Couto compartilhou uma mensagem enviada pelo prefeito Marcio Lacerda, para quem a realização do OP reafirma o compromisso deste governo em continuar tendo no cidadão o grande parceiro da Prefeitura na gestão da cidade. Leonardo elogiou as lideranças pelo alto índice de participação e envolvimento com as causas comunitárias. “O OP é uma conquista de vocês. Vocês fazem o OP e representam mais de 300 mil moradores de 80 bairros e vilas. Tenham certeza de que o fruto da participação é o maior legado que podem deixar para a cidade”, concluiu.
Em 17 anos, o Barreiro já conquistou 147 empreendimentos, dos quais 61 foram de infraestrutura e 120 estão concluídos. Neste ano os moradores definirão a aplicação de um recurso total de R$ 14,2 milhões. Escolhido para representar os membros da Comissão Fiscalizadora do OP (Comforça), Geraldo Filomeno falou da sua motivação em participar. “Es¬tamos com a Comforça para lutar e ver as coisas acontecerem”, destacou. Com a experiência de morador da Vila Mangueiras, que já conquistou Plano Global Específico e recebeu obras de urbanização e abertura de ruas, ele destacou que o OP é um importante meio de transformação dos bairros e vilas.
Diretrizes
Leonardo Couto e o gerente regional do OP, Enelson Maia, apresentaram as diretrizes e a metodologia que devem ser observadas na sugestão e seleção das obras. Uma das novidades desta edição é que as pequenas vilas, que tinham mais dificuldade para aprovar obras devido ao número reduzido de moradores, agora podem ser consideradas áreas prioritárias e ter mais peso na votação. Mais de 12% da população do Barreiro mora em áreas consideradas prioritárias.
A definição dos locais da cidade com maior concentração de pobreza e exclusão social foi feita com base em uma classificação elaborada pela Urbel, que considera aspectos como a existência de áreas de risco e de equipamentos públicos.
Os moradores receberam os formulários e, informados de que podem inscrever somente uma obra por bairro ou vila, vão promover reuniões com a comunidade para definirem, em conjunto, o que é prioridade. O prazo para entregar o formulário preenchido à Prefeitura vai até 7 de junho. Representantes da regional estão disponíveis para sanar dúvidas entre os dias 7 de maio e 4 de junho. Reuniões devem ser agendadas com a Gerência Regional do Orçamento Parti¬cipativo, na rua Flávio Marques Lisboa, 345, 3º andar, ou pelo telefone 3277-5908.
OP no Barreiro
Por meio do OP foram construídas, ampliadas e reformadas mais de 30 unidades de saúde e escolas da região, além da recente construção de espaços de esporte, lazer e cultura como três centros culturais, três complexos esportivos, quadras e parques ecológicos.
Além das melhorias já implementadas, estão em andamento a construção de bacias de detenção de cheias que reduzirão as inundações no bairro Tirol e removerão os moradores das áreas próximas aos córregos, a implantação do Parque Ecológico Tirol, a construção do Centro de Saúde Regina e da quadra de esportes do Conjunto Habitacional Átila de Paiva. Em breve, será iniciada a construção de outros três centros de saúde (Bonsucesso, Jatobá e Barreiro de Cima), o bairro Solar ganhará uma Unidade Municipal de Educação Infantil e o Bairro das Indústrias terá seu centro de saúde ampliado e ganhará o maior centro cultural da região. Além disso, novas urbanizações serão implementadas nos bairros Jardim Felicidade e Urucuia.


Sexta-feira, 23 de Abril de 2010
FISCALIZAÇÃO DO BARREIRO INTERDITA FERRO-VELHO
A Regional Barreiro interditou na terça-feira, dia 20, o Ferro e Aço Barreiro, estabelecimento que fica no bairro Milionários e que foi notificado três vezes pela equipe da Vigilância Sanitária. O estabelecimento não tomou nenhuma medida para eliminar o acú¬mulo de água nas peças, máquinas e equipamentos armazenados no local.
O ferro-velho comer¬cializa chapas de metal, máquinas e outros materiais que, se não receberem os cuidados corretos, funcionam como local para proliferação do mosquito da dengue. Com as altas temperaturas e as chuvas dos últimos meses, a equipe do Controle de Zoonoses Bar¬reiro constatou presença de muitas larvas nos mate¬riais do ferro-velho. “Todo esse ma¬terial que fica tem trazido muitos ratos, insetos e o vetor da dengue para a comunidade. Não é apenas à dengue que estamos expostos, mas a várias outras doenças”, disse o profissional liberal Murilo Duarte, que trabalha próximo ao local.
Um dos funcionários do Ferro e Aço Barreiro afirma que o local armazena mais de 100 toneladas de materiais, sem qualquer tipo de cobertura ou cuidado para evitar o acúmulo de água. “A negligência dos proprietários do imóvel tem exposto a população do Barreiro ao mosquito transmissor. Por isso, estamos tomando as devidas medidas para evitar os riscos”, disse a gerente de zoonoses, Joana Darc. Este é o segundo ferro-velho interditado neste ano no Barreiro e há outros locais sendo moni¬torados. O espaço ao lado do terreno, uma via pública que liga a avenida Olinto Meireles à rua Dona Giusepella, também tem sido utilizado para o acúmulo de peças.
O Barreiro é a uma das regiões de Belo Horizonte com menor índice de casos de dengue. Este dado está ligado ao trabalho conjunto que tem sido realizado durante anos por diversos setores da Regional Barreiro.


Sexta-feira, 23 de Abril de 2010
PREFEITURA E MORADORES DE VILAS DO BARREIRO SE UNEM PARA EVITAR INVASÕES
Moradores das vilas Ce¬mig e Alto das Antenas, juntamente com equipes da Urbel e da Regional Barreiro, o secretário regional, Leonardo Couto, e o diretor-presidente da Urbel, Claudius Vinicius, iniciaram na quarta-feira, dia 21, um trabalho educativo para coibir novas ocupações na região. O objetivo é impedir o comprometimento do programa Vila Viva, que está sendo implantado com recursos de R$ 47,5 milhões, financiados pelo Programa de Aceleração Econômica (PAC) do governo federal.
Para conscientizar os moradores sobre a importância de denunciarem novas construções, foram entregues cartas-compromisso e instaladas placas com telefone da fiscalização para denúncias. A carta é resultado de um acordo entre Prefeitura e lideranças comunitárias para evitar novas construções nas áreas para as quais os moradores serão removidos ou em locais desocupados onde serão executadas obras de infraestrutura. “Nos reunimos com cerca de 300 moradores e contamos com o apoio deles para juntos impedirmos a chegada de pessoas de outras regiões, cidades e até mesmo de outros estados, em busca de indenizações destinadas aos antigos proprietários”, disse o secretário regional, Leonardo Couto. Os responsáveis por novas construções serão notificados e terão suas obras demolidas.
O sociólogo da Urbel, Davidson Afonso, está trabalhando com a comunidade desde o início da elaboração dos projetos. Ele conta que é a primeira vez que há uma interlocução tão próxima na implantação do programa Vila Viva desde o inicio da elaboração do projeto básico e que o diálogo possibilitou uma ampla consulta popular sobre as mudanças a serem implemen¬tadas. “Os moradores são muito participativos e, por isso, optamos por fazer três propostas de projetos para eles escolherem a que melhor lhes atendia”, informou. Segundo o sociólogo, diversas sugestões foram acatadas pela equipe de engenharia. “A rua onde en¬saiam quadrilhas juninas, a pedido deles, ganhará uma praça com amplo espaço para a dança”, exemplifica.
Benefícios
Geraldo Prata, morador da Vila Cemig há 32 anos, será reassentado. A casa dele dará lugar a uma nova e ampla rua que facilitará o acesso. Ele ajudou a implantar as primeiras melhorias e recorda como era difícil entrar e sair da vila. “Antes, tínhamos que andar mais de meia hora para pegar o ônibus, agora ele já vem na entrada da vila e, com as obras, poderá circular aqui dentro”, comemora.
O Vila Viva irá beneficiar diretamente cerca de 7.450 pessoas das vilas Cemig e Alto das Antenas. Pelo menos 400 famílias devem ser removidas para a execução de obras como abertura e alargamento de vias e construção de novos espaços de atendimento social e lazer. Elas serão reassentadas em á¬reas dentro da própria Vila Cemig e nos bairros do entorno. O projeto das obras está sendo finalizado e, em breve, será licitado. Segundo o diretor presidente da Urbel, Claudius Vinicius Pereira, a expectativa é começar as intervenções ainda este ano.


Quinta-feira, 15 de Abril de 2010
BARREIRO RECEBE CONFERÊNCIA DISTRITAL DE SAÚDE
A Regional Barreiro e o Conselho Distrital de Saúde promoveram nos dias 9 e 10 de abril a eleição dos delegados para a III Conferência Distrital de Saúde. O evento foi realizado na sede da Escola Municipal Isaura Santos e contou com a participação de mais de 100 pessoas, entre usuários da saúde mental, profissionais da saúde, gerentes e conselheiros.
A secretária adjunta de Saúde, Susana Rates, a coordenadora de Saúde Mental do município, Mirian Abíude, e o secretário adjunto do Barreiro, Sylvio Malta, também prestigiaram o evento. “O atendimento oferecido nos Cersams, nos centros de convivência e nos centros de saúde demonstram o quanto já se avançou nessa causa. A Regional Barreiro é grande entusiasta dessas conquistas e acompanha tudo de perto” destacou Sylvio Malta.
A pré-conferência discutiu com representantes de diversos setores o tema Saúde Mental, direito e compromisso de todos: consolidar avanços e enfrentar desafios. Ao final do encontro, foram elaboradas propostas de âmbito municipal, estadual e federal. Os 27 delegados eleitos, sendo 15 usuários, oito trabalhadores e quatro gestores, estão incumbidos de apresentar as principais propostas elaboradas na pré-conferência durante a conferência municipal, que será realizada nos dias 22 e 24 desse mês.


Sexta-feira, 9 de Abril de 2010
BAIRRO TIROL TERÁ TRÂNSITO MAIS SEGURO
A BHTrans e a Regional Barreiro apresentaram aos membros da Comissão Regional de Transporte e Trânsito (CRTT) na terça-feira, dia 6, um projeto de mudança da sinalização e do trânsito do bairro Tirol. As alterações vão atingir de forma direta ruas como Antônio Eustáquio Piazza, Bráulio Gomes Nogueira e a avenida Nélio Cerqueira. O objetivo é melhorar a fluidez do trânsito e proporcionar mais segurança para motoristas e pedestres.
O projeto propõe a mudança de mãos direcionais de tráfego em algumas vias, como a implantação de mão única nas ruas Lupércio da Paixão e Antônio Eustáquio Piazza, a adaptação de canteiros e calçadas para torná-las mais acessíveis, criação de rótulas, recapeamento de vias, nova sinalização horizontal e vertical e ampliação de áreas para estacionamento. Na rua Bráulio Gomes Nogueira já foi feita uma rotatória para facilitar o acesso à rua Francisco Jonas Santana e instaladas rampas para pessoas com dificuldade de locomoção.
Além dessas intervenções, os passeios em frente à Escola Municipal Helena Antipoff serão alargados com o objetivo de estreitar a via e possibilitar uma travessia mais rápida e segura para os 1.200 alunos. Helenice do Nascimento, vice-diretora da escola, elogia a proposta. “O trecho em frente à escola é muito perigoso e as intervenções com certeza vão facilitar a entrada e saída dos funcionários e, principalmente, dos alunos”, avalia.
Toda a comunidade poderá conhecer o projeto e opinar sobre as alterações propostas, durante uma reunião que será realizada na terça-feira, dia 13, às 19h, na Escola Municipal Helena Antipoff (rua Antônio Eustáquio Piazza, 4.020, bairro Tirol).


Quinta-feira, 8 de Abril de 2010
CAFÉ DA MANHÃ DE PÁSCOA REÚNE SERVIDORES DA EDUCAÇÃO
A equipe da Gerência de Educação Barreiro promoveu um café da manhã especial para celebrar a Páscoa. A confraternização foi realizada na segunda-feira, dia 5, na sede da gerência, e reuniu todos os funcionários, que participaram levando lanches e trocando mensagens de paz.
Há mais de 16 anos trabalhando na gerência e considerada uma mãe da equipe, dona Terezinha Moura recebeu uma homenagem especial durante o café. Ela conta que, quando cantaram a “Ave Maria”, ela se lembrou do seu casamento. “O importante é trabalhar com amor. O mesmo bem que quero para a minha família, quero para todos que trabalham comigo”, agradeceu.
“Sempre comemoramos a Páscoa juntos. Para nós, ela simboliza mudança”, ensina a gerente regional de educação Barreiro, Maristela Bruno. “É um momento de lembrar que podemos fazer sempre melhor do que já fizemos”, conclui.
O momento de confraternização foi encerrado com o que não poderia faltar: a distribuição de ovinhos de chocolate. “Páscoa é lutar por um mundo melhor” foi uma das mensagens transmitidas e que identifica bem o trabalho de quem se dedica à educação


Quarta-feira, 7 de Abril de 2010
CENTRO CULTURAL LINDÉIA REGINA TEM PROGRAMAÇÃO DIVERSIFICADA EM ABRIL
O Centro Cultural Lindéia Regina, que fica na rua Arsi¬tolino Basílio de Oliveira, 455, no bairro Regina, apresenta uma programação diversificada no mês de abril. Confira:
Patrimônio Cultural
• Capoeira - Encontros promovidos pela comunidade para valorização do patrimônio cultural vivo da capoeira. Com Professor Modelo (Geovane). Toda quarta-feira, às 19h e às 20h30, e toda quinta-feira, às 19h e 20h30
• Roda de Capoeira – Encontro Especial - Com Prof. Modelo (Geovane). Dia 18, domingo, às 9h
• Senhores e Senhoras do Tempo - Grupo conta suas histórias de vida, recuperam memórias afetivas e compartilham vivências. Todo sábado, às 15h.
Incentivo à leitura
• Biblioteca - A biblioteca do centro cultural dispõe de um acervo de títulos diversos, infantil e adulto, com livros e periódicos para consulta local e empréstimo domiciliar. Possui, diariamente, um exemplar do jornal Estado de Minas disponível para leitura. Para se cadastrar, basta apresentar documento de identidade e comprovante de endereço. O cadastro de menores de 10 anos deverá ser feito pelo responsável. Aberta de terça-feira a sexta-feira das 9h às 21h e sábado, das 9h às 17h30.
• Contação de Histórias - Com temática baseada na literatura infantil. Dia 13, terça, às 10h.
Tai Chi Chuan
• Com o Shifu Magno Costa - mestre em cultura chinesa. Todo sábado, às 8h
Fotografia
• Exposição Danilo Mendes - O fotógrafo expõe com sensibilidade suas impressões da infância e paisagens das cidades do Vale Rio São Francisco.
Música
• Rock da Regina - Segunda Edição. Dia 10, sábado, às 15h. Apresentações de bandas de rock independentes da região do Barreiro e da Grande BH.
Cinema Clássicos do Humor
• Retrospectiva dos mestres do humor nacionais e internacionais, sempre com um filme de Charles Chaplin, Oscarito ou Mazzaropi. Dia 24, sábado, às 19h30
Programação Especial do Livro Infantil
• Sarau do Livro Infantil - Será realizado no cantinho das crian¬ças da biblioteca e será dedicado às obras infantis do acervo. Aberto à participação de todos. Dia 24, sábado, às 17h30
• Contação de História – “As Bruxices de Liliude” – A história é parte do diário de menina de uma professora chamada Mariana. Neste trecho ela conta a história de uma bruxa festeira que promove um grande baile para toda a “nobreza bruxesca”. Dia 27, terça, às 10h e 15h.
Cinema
• “As Crônicas de Nárnia – O Leão, a Feiticeira e o Guarda-Roupa” - No mês do livro infantil o centro cultural fará a exibição de um filme com roteiro adaptado de uma história da literatura infantil. Classificação livre. Dia 13, terça, às 13h30. Escolas e creches poderão agendar exibições extras por telefone


Terça-feira, 6 de Abril de 2010
LIVRO REGISTRA TRABALHOS DO CRAS INDEPENDÊNCIA
O Centro de Referência da Assistência Social (Cras) Independência, o primeiro equipamento do Programa BH Cidadania implantado na região do Barreiro, registrou a memória de seus trabalhos em um livro que reúne fotos e depoimentos dos participantes das atividades. Ele foi lançado na quarta-feira, dia 31, como encerramento da programação do mês da mulher no Barreiro.
O apanhado dos trabalhos de fortalecimento de vínculos familiares e comunitá¬rios, desenvolvidos pelo Cras desde 2002, foi apresentado em um encontro entre a comunidade e profissionais parceiros de diversos setores. “Aqui tem um pouquinho de cada trabalho que fazemos e de cada família que faz a história dessa comunidade”, destacou Magda Sant’ Ana, coordenadora do Cras desde sua inauguração, em agosto de 2002. Ao agradecer aos parceiros do Cras, ela destacou que a assistência social não trabalha sozinha, mas sempre em conjunto com outras políticas públicas. A coordenadora também lembrou a receptividade da comunidade e o empenho dos profissionais do Cras, que conhecem e compartilham a realidade das famílias da comunidade. “Temos uma equipe pequena, mas que faz grandes coisas”, concluiu.
Renilda Garajau, responsável por ensaiar as crianças para o Arraial da Paz, promovido com o apoio do Cras, falou em nome da comunidade. “O Cras é minha segunda casa. Todos aqui são meus amigos”, disse. João Flores, contador de histórias do grupo de terceira idade Amigos para Sempre, leu uma mensagem que escreveu especialmente para a ocasião. Falando do direito de sonhar com dias melhores, destacou a importância do trabalho social que vem sendo desenvolvido com crianças e jovens do bairro.
O livro sobre o Cras foi criado e diagramado por Marcelo Albert, que trabalhou com os adolescentes da região a redescoberta do bairro por meio do olhar da fotografia. “Os contornos utilizados na diagramação remetem às montanhas que são avistadas do bairro e a opção pelo uso de muitas cores teve como objetivo dar uma identidade dinâmica, tal como é o trabalho desenvolvido pelo Cras”, explicou Marcelo.


Quarta-feira, 31 de Março de 2010
DIA DE LAZER E INFORMAÇÃO NAS VILAS CEMIG E ALTO DAS ANTENAS
Cerca de 400 moradores das vilas Cemig e Alto das Antenas, na região do Barreiro, participaram no sábado, dia 27, na Escola Municipal Dinorah Fabri, das atividades recreativas e informativas organizadas pela Companhia Urbanizadora de Belo Horizonte (Urbel) e Serviço Social do Comércio (Sesc) com apoio da Regional Barreiro, Polícia Militar e Guarda Municipal. A promoção integrou as ações do trabalho social que vem sendo desenvolvido pelo programa Vila Viva nas duas comunidades.
Jogos, oficinas e brincadeiras empolgaram a garotada que compareceu ao local. Cama elástica, balão pula-pula, piscina de bolinhas, totó, ping-pong, xadrez, dama, oficinas de pintura corporal, foram algumas das atrações oferecidas aos participantes. Uma das coisas que chamou a atenção das crianças foi o tabuleiro de jogo “Controle Urbano”, criado por empregados da Urbel: uma forma lúdica dos jogadores conhecerem e cuidarem melhor da vila onde moram.
Segundo Karine Maria de Oliveira, engenheira civil da Urbel, coordenadora da equipe técnica que está elaborando o projeto básico do Vila Viva das vilas Cemig e Alto das Antenas, o evento também foi um momento importante para informar e esclarecer a população. “Fizemos exposição de mapas com as propostas das intervenções urbanísticas do Vila Viva, bem como dos locais afetados por remoções de famílias. Também prestamos esclarecimentos técnicos do projeto e sobre a situação fundiária da área aos moradores. As crianças adoraram os jogos e as brincadeiras e os adultos ficaram satisfeitos com as explicações”, disse. De acordo com ela, o acesso às informações reduz o nível de ansiedade das pessoas, o que é natural neste tipo de empreendimento.
Para o diretor presidente da Urbel, Claudius Vinicius Leite Pereira, a atividade foi um sucesso. “É a primeira experiência no Vila Viva em que a elaboração técnica do projeto básico é acompanhada ao mesmo tempo por tamanha participação comunitária”, assinalou. De acordo com ele, o projeto básico deve estar finalizado em meados de abril, possibilitando a abertura do processo de licitação das obras de urbanização, previstas para começarem no próximo semestre.
Vila Viva
O Vila Viva das vilas Cemig e Alto das Antenas vai beneficiar cerca de 7.450 pessoas. Está prevista a remoção de 671 famílias para a realização das intervenções e a construção de 400 unidades habitacionais para reassentar parte delas. O programa está sendo implantado com R$ 47,5 milhões do Programa de Aceleração Econômica (PAC) do Governo Federal, com contra¬partida municipal


Terça-feira, 30 de Março de 2010
CENTRO CULTURAL DO BARREIRO PROMOVE ATIVIDADES PARA AS MULHERES
O Centro Cultural Urucuia, na região do Barreiro, promoveu, na semana passada, uma palestra sobre o uso de ervas medicinais e alimentos saudáveis. Integrantes do grupo Semente da União, que propagam os benefícios de práticas naturais para a saúde, falaram, sobretudo, para participantes do grupo de yoga que se reúne todas as quintas-feiras pela manhã.
A palestrante Aparecida Ana testou o conhecimento das participantes pedindo que identificassem as ervas apresentadas. Ela também ensinou a fazer diferentes chás e passou receitas de alimentos que contribuem para uma vida saudável. O grupo de yoga teve a oportunidade de experimentar pão integral caseiro e patês de ervas.
Claudisse Pereira falou sobre sua expectativa de que os chás ajudem no tratamento de bronquite da filha Lorrane, de 4 anos. “Os remédios que minha filha toma são muitos fortes, agora posso obter um bom resultado com o tratamento alternativo” explicou.
A responsável pelo Centro Cultural, Cristina de Oliveira, explicou que o grupo de yoga já demonstrava interesse por plantas medicinais “O chá já faz parte da vida dessas mulheres, mas não com muita freqüência. O encontro serviu para aguçar o interesse delas”, observou.
Mostra de trabalhos artesanais
O Centro Cultural Urucuia também exibe uma mostra de trabalhos artesanais do grupo Troca de Saberes. O grupo é formado por mulheres que moram no entorno do centro cultural e que se reúnem uma vez por semana.
Os trabalhos que as mulheres ensinam umas às outras estão expostos juntos com acessórios femininos feitos por garotas de 7 a 13 anos, na oficina intitulada Belas Meninas, oferecida por Christina Bauer. Tapetes de retalhos, bonecas de pano e enfeites para cabelo são algumas das peças expostas. A mostra pode ser visitada até o dia 31 de março, das 9 às 17h.


Quinta-feira, 25 de Março de 2010
PREVIDÊNCIA SOCIAL É TEMA DE PALESTRA PARA SERVIDORES PÚBLICOS NO BARREIRO
Para esclarecer dúvidas e orientar de forma eficaz os questionamentos da comunidade a respeito da Previdência Social, a Regional Barreiro, através da Gerência de Atendimento Social, promoveu na semana passada uma palestra sobre o tema. O encontro foi realizado no Centro de Apoio Comunitário Barreiro (rua Pinheiro Chagas, 252, Santa Helena).
A assistente social da Previdência e educadora da PUC Minas, Amarilis de Las Casas, encarregou-se de instruir a plateia, composta de gerentes e assistentes sociais, sobre as modificações mais significativas realizadas na Previdência Social ano passado. “As mudanças interferem no dia a dia da população. É importante que os profissionais que lidam com o público tenham total consciência destas alterações”, declara a gerente de atendimento social da Regional Barreiro, Adelaide Houri.
Com as novas mudanças, pessoas de qualquer idade que possuam doenças crônicas terão direito a requerer o Benefício de Prestação Continuada (BPC), que oferece um salário mínimo mensal. A lei abrange também os idosos acima de 65 anos. “Mesmo que não tenham contribuído com a Previdência Social, eles terão direito à Prestação Continuada”, informa Adelaide. A gerente alerta que, antes de usufruir do benefício, os interessados são submetidos a entrevistas. Para realizar o cadastro, o interessado deve procurar uma agência da Previdência Social de sua região. Outras informações no site www.previdenciasocial.gov.br.



Sexta-feira, 26 de Março de 2010
PARQUE DAS ÁGUAS GANHA CENTRO DE EDUCAÇÃO AMBIENTAL
Telhado verde, aquecimento solar e reaproveita¬mento de água da chuva. Estas são algumas das características da sede do Centro de Educação Ambiental (CEA) inaugurada no Parque Roberto Burle Marx, mais conhecido como Parque das Águas, na região do Barreiro. Este foi o terceiro CEA instalado nas unidades da Fundação de Parques Municipais (FPM) e é um exemplo de construção sustentável. O espaço, que foi construído com alguns materiais reciclados, tem uma infraestrutura adequada para a realização de oficinas e atividades voltadas para a educação ambiental.
De acordo com o diretor de Planejamento e Moni¬toramento da FPM, Jorge Espeschit, esse importante centro de conscien¬tização am¬biental é também referência de participação popular na gestão pública. “O CEA nasce a partir de uma junção de esforços públicos e da interação com a comunidade”, afirma.
Durante a inauguração do espaço, o secretário municipal de Meio Ambiente, Ronaldo Vas¬concellos, ressaltou que o objetivo do CEA é levar a educação ambiental para todas as regiões de BH. “O CEA, aqui no Parque das Águas, está à disposição da população do Barreiro“.
Espaço sustentável
Detalhes construtivos e de acabamento deram ao CEA Barreiro as condições desejadas de sustentabilidade e, consequen¬temente, de demonstração edu¬cativa. Seu telhado vivo, preenchido de terra vegetal e revestido de plantas do tipo suculentas, eleva a sensação de conforto térmico e produz menos impactos am¬bientais do que o telhado convencional.
Ao longo dos beirais do telhado foi colocada calha de chapa galvanizada, de onde foi derivada uma tubulação para a coleta da água da chuva. Esta água contribuirá no abastecimento da rede de irrigação dos jardins.
Já a parede de fundo do hall de entrada recebeu revestimento de placas de aglomerado de lascas de pneus reciclados, e a pintura das paredes internas foi feita com tintas à base de terra. Segundo a arquiteta da FPM, Daniela Lima, “parte da água dos vasos sanitários serão tratadas e reutilizadas em jardins com espécies vegetais de folhas largas”.


Quarta-feira, 24 de Março de 2010
ESTADO E MUNICÍPIO ASSINAM CONVÊNIO PARA INICIAR OBRAS DO HOSPITAL METROPOLITANO
Convênio garante repasse de R$ 40 milhões para as obras do Hospital Metropolitano de Belo Horizonte, que terá capacidade de atender cerca de 13 mil pessoas/mês
O prefeito Marcio Lacerda assinou, ontem, com o governador Aécio Neves, o convênio para repasse de R$ 10 milhões do Governo de Minas à Prefeitura de Belo Horizonte para início das obras do Hospital Metropolitano de Belo Horizonte, a ser construído na rua Dona Luíza, 311, bairro Milionários, na região do Barreiro. A solenidade foi realizada no Palácio Tiradentes, na Cidade Administrativa Presidente Tancredo Neves.
Além dos R$ 10 milhões liberados de imediato, o convênio, assinado ainda pelos secretários de Estado de Saúde, Antônio Jorge de Souza Marques, e o secretário municipal de Saúde, Marcelo Teixeira, prevê a liberação de mais R$ 30 milhões, em 2011, para a conclusão das obras. Toda esta verba a ser repassada para a construção do Hospital Metropolitano de Belo Horizonte provém do Tesouro do Estado de Minas Gerais. A nova unidade de saúde atenderá toda a região do Barreiro, parte da região Oeste da cidade e a população de municípios vizinhos da Região Metropolitana.
Na avaliação do secretario Marcelo Teixeira, a localização do hospital é definitiva para garantir agilidade no atendimentos aos acidentados na Fernão Dias e no Anel Rodoviário. “Hoje, as pessoas que sofrem acidentes com politrauma¬tismo na saída para o Rio de Janeiro, no Anel Rodoviário, e na Fernão Dias, na saída para São Paulo, têm que atravessar a cidade para serem atendidos no Odilon Behrens ou no João XXIII. Este hospital, na Via do Minério, a um quilômetro do Anel Rodoviário, será a porta de entrada dos atendimentos de urgência, diminuindo o tempo de deslocamento”, explicou.
O prefeito Marcio Lacerda destacou a parceria com o governo do Estado como a grande viabilizadora deste projeto. “Eu preciso assinalar que este apoio do governo estadual, além de decisivo, reafirma a sensibilidade do governador Aécio Neves para com as questões de Belo Horizonte e da nossa região metropolitana”, disse. O governador Aécio Neves disse que se certificou de ter tomado as medidas necessárias antes da realização desta solenidade para “não apenas fazer um anúncio, mas já marcarmos o início das obras que possibilitarão ao Bar¬reiro ver suprida uma das suas mais importantes demandas”.
O Hospital Metropolitano, que deve ser concluído no primeiro semestre de 2012, será uma unidade de pronto atendimento, exclusivamente para casos de e¬mer¬gência e urgência. A obra total envolve a construção de cerca de 42 mil metros quadrados, distribuídos em 13 andares com, inicialmente, 240 leitos. Desses, 40 serão destinados para o Centro de Tratamento Intensivo (CTI), outros 40 para a Unidade de Cuidados Intermediários (UCI) e 40 para observação. A capacidade de atendimento do hospital será de 400 a 500 pessoas por dia, com previsão de 1.400 inter¬nações por mês. As obras estão previstas para começar em junho deste ano.
Economia
Será aplicado um conceito inovador na construção do hospital, concebido para permitir os menores custos com a manutenção da unidade. O projeto prevê a economia de energia. Para tal, serão construídos sistemas de aproveitamento e captação de luz solar e o reaproveitamento de água. O objetivo é que o Hospital Metropolitano de Belo Horizonte seja, além de moderno na qualidade do atendimento prestado, ecológico e ambientalmente correto.


Quinta-feira, 18 de Março de 2010
PROJETO GERAÇÃO INICIA AULAS GRATUITAS NO BARREIRO
A Regional Barreiro, em parceria com o Centro de Formação Profissional (CNI), realizou segunda-feira, dia 15 passada a aula prática do Projeto Geração, na rua Barão de Coro¬mandel, 44, Barreiro. A aula inaugural havia sido promovida na sexta-feira, na sede da Regional Barreiro, com a presença do Secretário da Regional Barreiro, Leonardo Couto.
Com 93 pessoas inscritas, o projeto oferece aulas gratuitas de informática a alunos atendidos por programas sociais da Prefeitura ou participantes do programa de Educação de Jovens e Adultos (EJA). Durante a aula, foram realizadas dinâmicas de grupo e palestra sobre os princípios básicos da informática. “Há quatro anos o CNI abre as portas para a comunidade. Geralmente o número de inscritos ultrapassa o número de vagas, mas eles sempre dão uma “forcinha” para ninguém ficar de fora”, ressalta o gerente de Políticas Sociais, Dílson de Oliveira.
O curso está sendo realizado nos horários em que há menos procura por vagas e está previsto para terminar em junho. O diretor do CNI, Eduardo Bolina, ressalta que não há qualquer diferenciação entre os alunos que pagam para fazer o curso e aqueles que fazem o curso gratuitamente. Desde 2006, o trabalho conjunto do CNI com a Prefeitura já possibilitou a inclusão digital de cerca de 400 pessoas da região do Barreiro.


Quinta-feira, 11 de Março de 2010
PERÍODO DE CHUVA AUMENTA SOLICITAÇÕES PARA JUNTA DE RECURSOS FISCAIS
Os membros da Junta de Recursos Fiscais da Regional Barreiro se reúnem toda semana, às quartas-feiras, para decidir os pedidos de prazo ou mesmo de cancelamento de notificações realizadas pela Prefeitura. De acordo com o fiscal de obras Paulo dos Santos, a última reunião exigiu mais esforços dos membros devido às fortes chuvas que atingiram a região.
Durante os dias 3, 4 e 5 de março, choveu 97,9 mm, valor comparado a 70% do previsto para o mês de março. Em decorrência disso, as ligações para o Serviço de Atendimento ao Cidadão (SAC) dobraram. As principais reclamações foram de moradores que se queixavam de tubulação de esgoto irregular nos imóveis, provocando alagamento.
A Prefeitura avalia o pedido e notifica o proprietário, de acordo com as irregularidades. “Algumas reclamações são por motivos particulares, mas independentemente da reclamação, o fiscal age de acordo com a lei. Alguns moradores não conseguem cumprir a notificação e solicitam a prorrogação do prazo ou mesmo o cancelamento. Para decidir se os processos serão aceitos ou negados é que a Junta de Recursos Fiscais existe”, destaca Paulo.
Neste ano, já foram julgados 124 processos, sendo que 64 foram aceitos e 60 negados. O fiscal de posturas, Junior Airton Alves, também integrante da Junta de Recursos Fiscais Barreiro, informa que atividades de risco à saúde não têm nenhuma possibilidade de serem liberadas. As notificações, em sua grande maioria, são baseadas no Código de Posturas do Município, que determina o procedimento que o cidadão deve ter no espaço comum


Quinta-feira, 11 de Março de 2010
FESTA PARA FUNCIONÁRIAS COMPLETA 17 ANOS NO BONSUCESSO
Sorteio de brindes, homenagens e muita comida marcaram as comemorações ao Dia Internacional da Mulher no Centro de Saúde Bonsucesso. A festa realizada na sede da unidade de saúde, localizada na rua Praça Antônio Piedade, 68, Bonsucesso, alegrou as funcionárias e usuárias durante todo o dia 8. Em parceria com a Gerência de Parques e Jardins da Regional Barreiro, a unidade de saúde distribuiu mudas de plantas para as participantes.
A festa, que já virou tradição no centro de saúde, completou 17 anos consecutivos de realização. Pela manhã, as usuárias foram agraciadas com sorteio de brindes, como kits de perfumes e mudas de plantas ornamentais. A partir das 15h, foi a vez das funcionárias da unidade serem homenageadas. Maria das Dores, gerente da unidade, avalia que a festa promove a integração entre o Centro de Saúde e a comunidade. “Tanto as mulheres do centro de saúde quanto as do bairro sentem-se especiais. É um momento muito importante para nós”.


Quarta-feira, 10 de Março de 2010
CAFÉ DA MANHÃ HOMENAGEIA SERVIDORAS E ABRE EXPOSIÇÃO DE FOTOS NO BARREIRO
Em lembrança ao Dia Internacional da Mulher, a Regio¬nal Barreiro homenageou em sua sede as servidoras com um café da manhã na segunda-feira, dia 8. Ao som do Coral da Beprem, as pessoas presentes no local puderam se divertir e até se emocionaram. “Esse é o primeiro ano em que participo do café e estou achando tudo ótimo. Aqui a servidora se sente valorizada como mulher,” afirmou Genilda Paulina, auxiliar de Enfermagem do Centro de Saúde Bonsucesso.
Aproximadamente 200 pessoas participaram do evento. Entre eles estavam Márcia de Cássia, da Coordenadoria Municipal de Direitos da Mulher, Tóto Teixeira, presidente da Beprem e Leonardo Couto, secretário regional. “Nós, homens, somos todos filhos e muitos que estão aqui também são maridos. As mulheres são fundamentais em nossas vidas”, disse Leonardo Couto, que lidera uma equipe onde cerca de 81% dos servidores são mulheres.
Além do café da manhã, também foi aberta a exposição “Brilhantes Operárias”, com fotos registradas pelas lentes do fotógrafo Inácio Sertebralle, também presente ao evento. Trata-se de um tributo às conquistas femininas no mercado de trabalho, que mostra um pouco do cotidiano de profissionais de diversas áreas. “Tenho fotografado mulheres em profissões inusitadas que até mesmo os homens têm receio de exercer. Isso prova a força da mulher e as valoriza”, disse o fotógrafo.
A exposição é aberta à visitação do público e ficará instalada na Regional Barreiro até o dia 31 de março, entre 8h e 17h, de segunda a sexta-feira.


Terça-feira, 9 de Março de 2010
PARCERIA PÚBLICO PRIVADA PROMOVE INCLUSÃO DIGITAL GRATUITA NO BARREIRO
Na sexta-feira, dia 12, às 18h, será promovida a aula inaugural da sexta turma do Projeto Geração, na sede da Regional Barreiro, na rua Flávio Marques Lisboa, 345. Há quatro anos, o projeto oferece aulas gratuitas de informática para pessoas atendidas por programas sociais.
O projeto é promovido pela Prefeitura em parceria com o Centro de Formação Profissional (CNI). A gerente de atendimento social da regional Barreiro, Maria Adelaide Houri, explica que os alunos encaminhados para o curso são atendidos por programas sociais da Prefeitura ou participantes do programa de educação de jovens e adultos.
As aulas vão começar no dia 15 de março e serão concluídas em três meses. Os 88 alunos farão o curso nos horários em que há menos procura por vagas. O diretor do CNI, Eduardo Bolina (foto), ressalta que não há qualquer diferenciação entre os alunos que pagam para fazer o curso e aqueles que fazem o curso gratuitamente. “Os alunos, sobretudo aqueles da terceira idade, são muito carinhosos e trazem até lanche para os instrutores. Além disso sempre indicam a escola para outras pessoas”, avalia Eduardo.
Parceria de sucesso
Há 17 anos no mercado, com 12 escolas em BH e na região metropolitana, o CNI está sempre pronto para fazer parcerias que o aproximem da comunidade local. “O CNI só funciona e é bem sucedido porque a sociedade acredita no nosso trabalho. O Projeto Geração é nossa forma de darmos um pouco em troca do que recebemos da comunidade”, afirma o diretor Eduardo Bolina.
Desde 2006, o trabalho conjunto do CNI com a Prefeitura já possibilitou a inclusão digital de cerca de 400 pessoas da região do Barreiro. “Nossa parceria é muito sólida. Mantemos uma relação aberta e próxima”, garante Eduardo, que também oferece desconto para alunos de escolas públicas.


Sábado, 6 de Março de 2010
MULHERES DEMONSTRAM DINAMISMO NA PREFEITURA
Maioria dentre os servidores (78%), as mulheres assumem com competência 81% dos cargos da regional Barreiro. Em áreas que exigem mais contato e relacionamento humano como educação, saúde, atendimento ao público e assistência social elas já têm espaço cativo.
Rozinei da Silva, mãe de Juan de 10 anos, tem cuidados maternais durante o trabalho. Funcionária da Unidade Municipal de Educação Infantil Cardoso há 5 anos, Ro¬zinei conta que cuidar das crianças é muito gratificante. “Escolhi essa profissão porque é o que realmente gosto de fazer. As crianças são carinhosas e esse sentimento é recíproco“, afirma.
Mas elas também têm força e garra suficientes para cavar espaço e se destacar em profissões tipicamente masculinas. A engenheira Viviane Aguida passa o dia em meio a tratores, cimento, areia e lidera uma equipe de 40 homens. Gerente de Manutenção Viária do Barreiro, ela garante que gosta da rotina de obras e não tem dificuldades em gerenciar a equipe. “Gosto muito do que faço e sou reconhecida e respeitada pela maioria dos homens que trabalham comigo”, avalia.
A guarda municipal Patrícia Flávia, lembra que passar em concursos para polícia ou guarda é uma prova de empenho e garra redobrados, pois o percentual de vagas destinado às mulheres é consideravelmente menor que o oferecido aos homens. “A mulher é de¬dicada e determinada por natureza, quando se trata de concurso nessa área, tem que ser muito mais. Quando participei da seleção, éramos 143 mulheres por vaga“, conta.


Quinta-feira, 4 de Março de 2010
BARREIRO ESTÁ DE PORTAS ABERTAS PARA O TURISMO
A Regional Barreiro promoveu ontem a II Edição do Projeto Sala de Visitas do Barreiro, que apresentou como tema: “Turismo, Ecologia e Lazer. Barreiro, prazer em conhecer”. O evento foi realizado no Parque Roberto Burle Marx, o Parque das Águas, e reuniu lideranças comunitárias, estudantes do setor, representantes de entidades, ONGs, empresas e órgãos púbicos ligados ao turismo.
O secretário regional Leonardo Couto chamou a atenção para algumas po¬tencialidades da região. “Somos destaques em gastro¬nomia e comida de boteco, temos perfil para o turismo religioso e o ecoturismo e estamos executando e planejando obras para aumentar as opções de acesso ao Barreiro”, enumerou.
Diretor de eventos da Belotur, Arthur Vianna en¬fatizou o potencial da região para o turismo ecológico e convidou o Barreiro a participar da discussão que o Conselho Municipal de Turismo fará sobre a Copa de 2014. A gerente do projeto sustentador Turismo em BH, que compõe o Programa BH Metas e Resultados, Débora Rodrigues, anunciou a construção de um novo centro de convenções na cidade. “Ainda não definimos o local. Quem sabe o Barreiro possa conquistar essa obra”, propôs. O presidente do Belo Horizonte Convention e Visitors Bureau – Casa do Turismo, Roberto Noronha, destacou a importância do envolvimento da comunidade no planejamento das ações de fomento do turismo. “A cidade só é boa para o turista se for boa para o morador”, ensina.
Ao final do evento, foi composta uma comissão que vai prosseguir e apro¬fundar as discussões sobre o desenvolvimento do turismo na região. A partir desse levantamento, o Barreiro pretende integrar o roteiro de atrativos da cidade.
O Barreiro está localizado aos pés do Parque Estadual da Serra do Rola Moça, terceiro maior parque em área urbana do país, que abriga também o Parque Roberto Burle Marx, que oferece belos jardins e opções de lazer e prática esportiva.


Quinta-feira, 25 de Fevereiro de 2010
BARREIRO INTERDITA FERRO-VELHO EM AÇÃO DE COMBATE À DENGUE
Mais uma importante ação de combate à dengue foi implementada pela Prefeitura no Barreiro na terça-feira, dia 23. Um depósito de ferro-velho de mil metros quadrados, na rua Albertino Teixeira Dias, 215, no bairro Teixeira Dias, foi interditado por representar risco à saúde pública e não possuir alvará de localização e funcionamento. A ação foi realizada em conjunto pelas equipes de Zoo¬noses, Vigilância Sanitária, Fiscalização e Limpeza Urbana da Regional Barreiro.
Localizado em uma das regiões com maior número de casos de dengue no Barreiro, o estabelecimento estoca peças e máquinas a céu aberto. Identificado como ponto crítico de proliferação da dengue, o estabelecimento é monitorado quinzenalmente. Embora os agentes de controle de en¬demias façam tratamento focal em todos os equipamentos com água empoçada, a rota¬tividade de materiais e a chuva fazem com que novos focos se formem com frequência, dificultando o controle do índice de larvas. “Usamos repelente e deixamos o ventilador ligado o tempo todo, mas nem isso afasta os mosquitos”, reclama a secretária Débora Dinis, que trabalha ao lado do depósito.
Código de Posturas
O proprietário já recebeu notificações e multas, mas se negou a instalar cobertura no pátio e a regularizar a documentação do negócio. Durante a ação de interdição, o estabelecimento foi novamente multado pela fiscalização de Posturas e de Vigilância Sanitária.
Conforme previsto no Código de Posturas, o valor das multas aplicadas anteriormente foi duplicado, totalizando mais de R$5 mil. Além disso, a equipe da Prefeitura detectou a presença de produtos químicos no local e acionou o Corpo de Bombeiros e a Secretaria Municipal de Meio Ambiente para analisar o material.
Outros locais com potenciais criadouros do mosquito Aedes aegypti estão sendo monitorados e podem ser interditados a qualquer momento.

Sábado, 13 de Fevereiro de 2010
PALESTRA ALERTA PARA PREJUÍZOS DO CONSUMISMO PARA O ORÇAMENTO E O MEIO AMBIENTE
Na quinta-feira, dia 18, às 14h, o Centro de Convivência de Saúde Mental Barreiro (rua Pinheiro Chagas, 252, Santa Helena) recebe a palestra “Consumo Consciente: Cidadania e Meio Ambiente”, promovida pelo Movimento das Donas de Casa e Consumidores de Minas Gerais.
As palestrantes do Movimento das Donas de Casa e Consumidores, Maria Kupi¬dlowski e Darcy Azevedo, vão orientar o público sobre a importância do consumo consciente para o controle do orçamento doméstico e alertar para os prejuízos que o con¬sumismo gera para o meio ambiente.
Serão entregues kits de materiais educativos contendo o Código de Defesa do Consumidor, a cartilha “Diga Não ao Desperdício”, a cartilha de prestadores de serviço cadastrados pelo movimento e planilha do orçamento doméstico. Para palestras no ensino fundamental é entregue também a recém lançada Cartilha do Consumidor Mirim.
A palestra é aberta a todos, mas, para receber o kit informativo, é preciso confirmar presença até quarta-feira, dia 17, quarta-feira. Para garantir a vaga, entre em contato pelo telefone 3277-5889.


Quarta-feira, 10 de Fevereiro de 2010
AÇÕES DE COMBATE À DENGUE MOBILIZAM ESTUDANTES E LIDERANÇAS COMUNITÁRIAS
Atividades para evitar e eliminar focos do Aedes aegypti se espalham por toda a cidade e incluem peça teatral, passeatas e mutirões
O trabalho de combate à dengue em Belo Horizonte é reforçado com ações que envolvem toda a comunidade. A Regional Barreiro realizou um encontro com lideranças comunitárias para anunciar estratégias e pedir apoio na luta contra o Aedes aegypti. Outra arma para eliminar o mosquito é a criatividade dos funcionários do Centro de Saúde Santa Terezinha, na região da Pampulha, que, além da coreografia do rap da dengue, desenvolveram uma peça teatral para conscientizar a população sobre as formas de prevenção e os riscos da doença.
A Prefeitura, por meio da Superintendência de Limpeza Urbana (SLU) e da Secretaria Municipal de Saúde, promove uma série de mutirões para recolher materiais propícios à proliferação do mosquito transmissor da dengue. A medida abrange as nove regionais da capital. Entre hoje e o dia 26 estão programados mais sete mutirões de um total de 25 que vêm sendo realizados desde o final de janeiro. Outra medida tomada pelo município, entre diversas ações, é a entrada forçada em imóveis abandonados, com o objetivo de eliminar possíveis focos.
Líderes comunitários
A Regional Barreiro reuniu 50 lideranças de diversos bairros para anunciar estratégias e pedir apoio no combate à dengue. Durante o encontro, na segunda-feira, dia 8, o secretário regional, Leonardo Couto, anunciou a contratação de 25 agentes de controle de endemias e de dois novos caminhões para serem utilizados em mutirões. Leonardo destacou a responsabilidade de toda a comunidade. “Essa é uma luta que devemos travar juntos. Conto com a força que cada um de vocês tem em sua comunidade”, conclamou o secretário.
Coordenador de Zoo¬noses, Mário Henri¬que se encarregou de alertar as lideranças para a gravidade da situação e destacou a necessidade de se agir rápido. “A intensidade das chuvas e do calor reúnem as condições ideais para a reprodução acelerada do Aedes aegypti”, advertiu. Cada mosquito representa um grande risco. “A fêmea bota 200 ovos em uma semana e o raio de ação do mosquito gira em torno de 200 me¬tros”. Os principais focos de reprodução do Aedes aegypti na região são respectivamente os objetos inservíveis, pratinhos de planta e pneus. O que indica a importância de ações cotidianas para eliminar as larvas de dentro das casas.
“Temos conseguido controlar a proliferação da doença no Barreiro em função da grande mobilização e comprometimento dos setores internos da regional e da atuação conjunta com parceiros nas comunidades”, avalia a gerente regional de Zoonoses, Joana D’arc Fuchs, que chama a atenção para a importância do apoio que a limpeza urbana oferece a este trabalho. Igrejas e escolas também estão sendo chamadas a reforçar a parceria na conscientização dos moradores.
Para retirar os mate¬riais que acumulam água nos quintais, o mutirão de limpeza, promovido duas vezes ao ano em todos os bairros, já recolheu 52 toneladas de materiais na região de a¬brangência dos centros de saúde Bonsu¬cesso, Miramar, Tirol e Milionários. A contra¬tação de dois novos caminhões irá agilizar o crono¬grama de recolhimento e ainda esta semana o mutirão percorrerá toda a área de abrangência do Centro de Saúde Teixeira Dias/Diamante.
Na região, cortada pela linha férrea, as margens são alvo de deposição clandestina de lixo. Uma força tarefa tem percorrido longos trechos para eliminar a sujeira.


Terça-feira, 9 de Fevereiro de 2010
ESTRELA DO VALE PROMOVE FOLIA DE CARNAVAL NO CENTRO CULTURAL URUCUIA
Muita música e folia prometem agitar o Carnaval do Centro Cultural Urucuia. Na quinta-feira, dia 11, às 19h, a bateria da Escola de Samba Estrela do Vale apresenta ao público seu samba enredo de 2010, que tem como tema “Barreiro: Sua História, Suas Riquezas, Sua Beleza”. Além de proporcionar um momento de descontração e alegria para a comunidade, a festa tem como objetivo formar público para os desfiles das escolas de samba que acontecem na Via 240. A promoção é da Prefeitura de Belo Horizonte, por meio da Fundação Municipal de Cultura e do Centro Cultural Urucuia, que fica na rua W3, 500, no bairro Urucuia. A entrada é gratuita.
A Escola de Samba
O Grêmio Recreativo Escola de Samba Estrela do Vale foi fundado em 14 de março de 2009, por iniciativa de Eduardo Raimundo Bavose e sua esposa, Maria Madalena Ferreira Bavose. A ideia, prontamente aceita por amigos e parentes que já desfilavam por outras escolas da capital, era criar uma agremiação que proporcionasse mais lazer e cultura aos moradores da região.
Dentre os integrantes da escola, encontram-se sambistas de longa data, que participaram ativamente em desfiles de escolas de samba de BH. Entre eles, Aristel Anna Bavose, baiana entusiasmada nos desfiles, e Carmem Fátima de Jesus, que faz parte da diretoria da Ala das Baianas. Compõem a escola ainda outros participantes que atuam desde crianças no Carnaval, como o mestre de bateria Wanderley e o segundo secretário, Alexandre Magno Bavose, que faz parte da Comissão de Carnaval e foi o responsável pela elaboração do enredo e das fantasias.

Terça-feira, 9 de Fevereiro de 2010
TRABALHO CONJUNTO GARANTE QUALIDADE DE GRANDES EVENTOS PROMOVIDOS NO BARREIRO
O sucesso dos eventos de grande porte e tradição organizados pela Regional Barreiro está associado ao trabalho conjunto de profissionais de diversos setores e especialidades. Manutenção, limpeza urbana, fiscalização e vigilância sanitária trabalham antes, durante e após os eventos. Além das equipes de montagem e suporte técnico, também são fundamentais o empenho das equipes dos setores financeiro, de serviços gerais, licenciamento e comunicação.
O Pré-Carnaval Brinca¬Belô, promovido na sexta e no sábado, dias 5 e 6, comprova o empenho desses profissionais. O trabalho começou às 7h e se estendeu até às 2h do dia seguinte. A equipe da manutenção, composta por 11 pessoas, começou a trabalhar cedo. Eletricista, motorista e auxiliares de serviço iniciaram a montagem da estrutura de palco e a instalação da iluminação às 7h. Em seguida, as barracas de comidas e bebidas começaram a ser montadas.
A partir das 18h, a equipe de vigilância sanitária iniciou um processo de vistoria, transmitindo a cada barraqueiro instruções sobre as normas de comercialização dos produtos. Eles são orientados quanto à qualidade, acondicionamento e manuseio dos alimentos e utilização de vestimentas adequadas. Durante a preparação e comercialização dos alimentos, os fiscais retornam ao local para verificar se as orientações estão sendo cumpridas. A barraqueira Sinélia Cristina, que comercializa bebidas há 20 anos, envolve toda a família no trabalho. “Gosto muito de trabalhar com a Prefeitura, a equipe é muito organizada e nos trata com muito respeito”, elogia.
A fiscalização é encarregada de coibir a venda irregular de mercadorias na área dos eventos. Aproximadamente 20 profissionais mantêm a ordem até o final das atividades. Às 2h, a manutenção volta a campo para a desmontagem da estrutura. “Vale a pena todo o esforço que fazemos, até mesmo chegar mais cedo ou trabalhar horas a mais. Nos sentimos recompensados ao ver a alegria do público”, afirma o encarregado Elias Beral. Conhecido como Ibirité, ele é peça chave no trabalho por resolver imprevistos sempre com muita disposição e eficiência. Por fim, a equipe de limpeza urbana rea¬liza a varrição e a lavagem do local. Até as 13h do dia seguinte ao evento, os funcionários entregam tudo limpo para a população do Barreiro.
Os esforços da equipe da Prefeitura são recompensados pela grande adesão do público aos eventos. O pré-carnaval deste ano atraiu mais de 30 mil pessoas. “Ouço muitos comentários positivos sobre a organização dos eventos. As equipes não medem esforços para proporcionar uma grande festa ao público”, elogia o secretário regional, Leonardo Couto.


Terça-feira, 9 de Fevereiro de 2010
PRE-CARNAVAL DO BARREIRO LEVA 30 MIL PESSOAS PRA AVENIDA
A Regional Barreiro promoveu na sexta e no sábado, dias 5 e 6, o popular pré-carnaval da região, na avenida Afonso Vaz de Melo, em frente à PUC Barreiro (foto abaixo). Na sexta-feira, o evento começou às 19h e teve show com a banda Matboy. No sábado, teve matinê à tarde e a programação foi encerrada com um show de Lívia Cristo e banda.
Nos dois dias de folia, cerca de 30 mil foliões brincaram na avenida. A segurança foi garantida por 200 homens das polícias Militar e Civil, Corpo de Bombeiros, guardas municipais e também por seguranças contratados. Durante as 12 horas de festa, nenhuma ocorrência foi registrada.
Ação preventiva contra DSTs
Com a aproximação do Carnaval, a Prefeitura de Belo Horizonte, através da Secretaria Municipal de Saúde (SMSA), intensifica a campanha contra as doenças sexualmente transmissíveis (DSTs). Neste ano, a SMSA dobrou o número de camisinhas a serem entregues e 1 milhão de preservativos serão distribuídos, ao longo deste mês, nos eventos e nos centros de saúde da capital. No sábado, dia 6, 30 mil preservativos foram entregues aos foliões da Banda Mole. Além das camisinhas também foi fornecido ao público um leque com informações sobre as formas de transmissão das doenças, como evitar o contágio e como usar o preservativo.
O coordenador de DST/AIDS da SMSA, Mateus Westin, fala da importância das ações de Carnaval. “Temos que aproveitar o Carnaval para reforçar a lembrança do uso constante da camisinha e dar informações sobre a luta de prevenção contra DST/AIDS” disse o coordenador. Mateus lembrou que todo cidadão que reside em Belo Horizonte possui uma cota de 12 camisinhas por mês no centro de saúde responsável pela região onde reside.


Sexta-feira, 5 de Fevereiro de 2010
AVENIDA NO BARREIRO É INTERDITADA PARA REALIZAÇÃO DO BRINCABELÔ
A avenida Afonso Vaz de Melo, entre as ruas Américo Magalhães e Pastor Francisco Pessoa, em frente à PUC Minas, no Barreiro, será interditada a partir de hoje para a realização do BrincaBelô Carnaval 2010 – Barreiro. A BHTrans irá desviar e monitorar o trânsito no local até às 12h30 do dia 7, domingo. Agentes da Unidade Integrada de Trânsito irão operar o tráfego na região. O local será sinalizado com faixas de tecido para orientação aos condutores.
Desvio de Trânsito
Hoje, de 0h às 18h e amanhã, de 2h às 12h30
Tráfego Geral e Transporte Coletivo
• Sentido Centro/Bairro: Av. Afonso Vaz de Melo, rua Américo Magalhães, rua Barão de Coromandel, avenida Afonso Vaz de Melo.
• Sentido Bairro/Centro: Inalterado.
De 18h de hoje até 2h de amanhã e de 12h30 de amanhã às 2h do dia 7, domingo
Tráfego Geral
• Sentido Centro/Bairro: Av. Afonso Vaz de Melo, Viaduto Santa Margarida, avenida Tereza Cristina (à direita), rua Gudisteu Pires, avenida Álvaro da Silveira, rua João Machado, avenida Tereza Cristina(à esquerda).
• Sentido Bairro/Centro: Inalterado.

Terça-feira, 2 de Fevereiro de 2010
MORADORES DO BARREIRO SE DIVERTEM DURANTE ATIVIDADES DO BH EM FÉRIAS
Moradores da região do Barreiro tiveram uma semana com diversas opções de lazer com as atividades do projeto BH em Fé¬rias promovidas pelo Núcleo de Apoio à Família/Centro de Referência da Assistência Social (NAF/Cras) Vila Cemig, com apoio da administração regional e das secretarias de Esportes, Educação e Abastecimento. O objetivo foi proporcionar aos usuários e à comunidade convivência, integração e socialização.
Entre os dias 26 e 29 de janeiro, moradores das Vilas Cemig, Alto das Antenas, Conjunto Esperança e do bairro Flávio Marques Lisboa participaram de rua de lazer, passeios e sessões de cinema. As atividades começaram na terça-feira, com um passeio ao Zoológico. Ao meio-dia, três ônibus, com 158 crianças e adolescentes, saíram do Cras. O passeio durou toda a tarde. Na quarta-feira, a diversão foi garantida por uma rua de lazer com muitos jogos e brincadeiras.
Além do público infanto juvenil, os adultos e idosos também puderam participar de atividades como pula pula, cama elástica, totó, pingue pongue e oficina de fabricação de chaveiro e imã de geladeira. Patrícia Santos, mãe de Pedro, de quatro anos de idade, é usuária do Cras Vila Cemig e uma das pessoas que elogiaram a inicia¬tiva. “Foi muito bom, porque quase não temos opções de lazer. Eu e meu marido estamos desempregados e esta foi uma ótima oportunidade para eu me divertir com meu filho”, disse.
Na quinta-feira, dia 28, 120 pessoas fizeram um passeio ao Parque das Mangabeiras. A programação foi encerrada na sexta-feira com a exibição do filme “Artur e os Minimoys”, em duas sessões, que reuniram 80 pessoas.


Terça-feira, 26 de Janeiro de 2010
BARREIRO REGISTRA AVANÇOS NA ÁREA DE EDUCAÇÃO
Acreditando que ensino de qualidade é um dos pilares para o desenvolvimento, a Prefeitura investe continuamente em infraestrutura e projetos pedagógicos. Em 2009, foram criadas duas novas Unidades Municipais de Educação Infantil (Umeis) e vários projetos foram implantados ou ampliados para promover a qualidade do ensino nas escolas da rede municipal. No caso do Barreiro, de acordo com a gerente regional de educação, Maristela Bruno, o último ano foi um período de grandes conquistas para para o setor. “Foi um ano de muito trabalho, mas conseguimos evoluir na qualidade e ampliar o atendimento”, avalia.
O Projeto Escola Integrada expandiu-se de forma expressiva, com o aumento de 15 escolas e atendimento a cerca de 60 mil alunos. Criado em 2006, ele visa melhorar a aprendizagem com a ampliação da jornada escolar, por meio de vivências diferenciadas da formação em sala de aula, em locais próximos às escolas.
O Programa Bom Aluno foi outro benefício recebido pelos estudantes da rede municipal em 2009. Promovido nacionalmente pelo Instituto Bom Aluno, o programa incentiva estudantes do ensino público com bom rendimento escolar e baixa renda a continuar os estudos. São oferecidas bolsas de graduação e pós-graduação, inclusive no exterior. A aluna da Escola Municipal Pedro Nava, Dayane Santos, se emociona ao falar dos benefícios do programa. “Recebo materiais escolares e auxílio financeiro. Sem o programa não teria condições de cursar uma faculdade”, comemora.
Com 81,4% de aprovação dos alunos, a Escola Municipal Lucas Monteiro Machado foi destaque no Proalfa, conforme apontam os resultados do exame de mapeamento do desempenho dos estudantes. Por meio dessa avaliação, a alfabetização dos alunos do ensino fundamental é avaliada e são estabelecidos acompanhamentos direcionados.
Instrumento
Lorena Stephane, estudante da Escola Municipal Pedro Nava, conquistou o 1º lugar no concurso estadual de redação promovido pelo Programa de Erradicação das Drogas (Proerd), com o tema “Viva Feliz sem Drogas”. O programa é desenvolvido pela Polícia Militar, em parceria com a Regional Barreiro, com o objetivo de reduzir a violência e prevenir o uso de drogas por crianças e adolescentes. O curso é ministrado pelos militares nas escolas cadastradas e vem obtendo resultados animadores. “Desde que começaram a fazer o curso, muitos adolescentes saíram da rua e têm ido mais para a escola”, conta Lorena.

Quinta-feira, 21 de Janeiro de 2010
INTERVENÇÕES NO BARREIRO EM 2009 PROMOVERAM CRESCIMENTO DA REGIÃO
A cada ano, o Barreiro se consolida como um imponente polo comercial, com ampla rede de serviços públicos. Tal papel de destaque vem sendo reforçado por grandes investimentos. Recém concluídas ou em andamento, as obras promovidas pela Prefeitura na região em 2009 ultrapassam os R$380 milhões.
Em janeiro, os esforços foram concentrados nas áreas mais afetadas pelas chuvas. Moradores, sobretudo os dos bairros Tirol e Bonsucesso, receberam auxílio financeiro para repor os móveis perdidos e muitos foram removidos das áreas de risco e encaminhados para moradias seguras. Também foram anunciadas e executadas diversas obras para minimizar as inundações nas próximas chuvas.
Para facilitar o trânsito, foram implantadas diversas melhorias no trânsito e criadas sete novas linhas de ônibus, uma delas para ligar o Barreiro diretamente a Venda Nova. A avenida Deputado Álvaro Antônio facilitou o acesso e saída do Barreiro, interligando a avenida Olinto Meireles diretamente à Via do Minério. A requalificação da avenida Nélio Cerqueira mudou a paisagem do bairro Tirol.
Além disso, a adesão do público local às promoções culturais da Prefeitura foram comprovadas pela presença de 13 mil foliões no carnaval Samba Belô e de um público de 15 mil pessoas no Arraial de Belô.
Várias obras em diversos setores
Para oferecer cada vez mais qualidade de atendimento, as áreas de saúde, educação, infraestrutura e lazer receberam diversas obras. Foram entregues dois novos espaços esportivos (Lindéia e Vale do Jatobá), duas Unidades Municipais de Educação Infantil (Águas Claras e Miramar) e implantado o terceiro Centro de Referência em Assistência Social (Cras) da região, na Vila Cemig, onde será implantado o Projeto Vila Viva, com investimentos de R$ 45 milhões na melhoria da infraestrutura de toda a vila.
Dez centros de saúde passaram por reforma e ampliação, foi construído um novo centro de saúde (Vila Cemig), o Centro de Saúde Mangueiras está em fase final de construção e outras quatro unidades ganharão sedes novas: Regina, Itaipu, Barreiro de Cima e Bonsucesso. As obras são muitas, mas uma das principais notícias do ano foi o anúncio de que a região do Barreiro será sede de um dos maiores investimentos que a Prefeitura já realizou na área de saúde: o Hospital Metropolitano.
Outras obras, como a reforma geral do Parque das Águas e o Drenurbs/Nascentes – Programa de Recuperação Ambiental de BH –, em que os investimentos chegam a R$ 118,7 milhões, revelam o empenho da Prefeitura para tornar esta região um lugar cada vez melhor para se viver.

Ensino de qualidade
Alunos das escolas municipais do Barreiro brilharam em concursos e demonstram os frutos que o empenho dos profissionais da educação e os investimentos feitos pela Prefeitura estão produzindo. Diversos estudantes da região foram selecionados pelo Programa Bom Aluno, que oferece bolsa de estudos para graduação e pós-graduação. Além disso, a região conquistou quatro medalhas na 5° Olimpíada Brasileira de Matemática das Escolas Públicas, dentre elas uma de ouro, tra¬zida por Carolina Machado, da Escola Municipal Luiz Gatti. O Barreiro também levou o primeiro lugar no curso de edificações no Cefet, com a aluna da Escola Municipal Aurélio Buarque de Holanda, Kátia Louhanny Soares.
Mas a meta é oferecer cada vez mais apoio desde os primeiros anos de ensino. Para isso, o atendimento na educação infantil também está sendo ampliado. Em 2009 foram recebidas 500 novas crianças de 0 a 5 anos e 6 meses e, em 2010, 5.246 crianças serão atendidas na rede municipal de educação infantil e nas creches conveniadas.
Restaurante Popular do Barreiro poderá servir mais de oito mil refeições por dia
O Restaurante Popular do Barreiro, que fica na avenida Afonso Vaz de Melo, 1.001, próximo à Estação BHBUS, será a maior unidade do Brasil, com capacidade para servir mais de oito mil refeições diárias, incluindo café da manhã, almoço e jantar. Foram investidos cerca de R$ 6,8 milhões na obra e mais R$ 1,7 milhão será destinado à compra dos equipamentos necessários.
Atualmente, a Prefeitura mantém três restaurantes populares - Centro, Santa Efigênia e Venda Nova - e um Refeitório Popular, na Câmara Municipal. São oferecidos pratos prontos, nutricionalmente balanceados, originados de processos seguros e comercializados a preços acessíveis: R$ 1 pelo almoço, R$ 1,50 o mar¬mitex, R$ 0,50 pelo jantar e R$ 0,25 pelo café da manhã. Nas quatro unidades, são servidas cerca de 3,5 milhões de refeições por ano. A meta da Prefeitura é superar 5 milhões de bandejas em 2010.


Terça-feira, 12 de Janeiro de 2010
REGIONAL BARREIRO PROMOVE CAMPANHA CONTRA A DENGUE
A Regional Barreiro inicia nesta semana atividades intensas contra o mosquito da dengue. Hoje e amanhã, agentes da saúde farão entregas de panfletos informativos sobre o Aedes aegypti nos bairros de abrangência do Centro de Saúde Bonsucesso. Os moradores serão orientados a recolherem todo material propício à proliferação do mosquito, como pneus, garrafas, móveis velhos e lixos. Após realizar o trabalho de conscientização, a equipe da zoonoses, juntamente com o Serviço de Limpeza Urbana (SLU), fará a coleta do lixo durante os dias 15 e 16.
O trabalho será realizado até o fim do período crítico da dengue, no final de março e no início de abril. Com 132 casos, o Barreiro fechou 2009 como a região de Belo Horizonte com menor índice de vítimas da dengue. O sucesso deste resultado se deve ao trabalho realizado há 12 anos, que inclui mutirão de limpeza, panfletagem, palestras em escolas e a atuação do conselho distrital. Além disso, a equipe de agentes passou por constantes aperfeiçoamentos. "Ao longo do ano, passamos por uma série de treinamentos, com discussões e debates sobre a dengue", enfatiza Conceição Viana, agente de combate a endemia há 11 anos.
Gerente de zoonoses, Joana Fuchs alerta sobre a necessidade de dar o destino correto ao lixo, não só pela possibilidade de os objetos reterem água. "O lixo não traz só a dengue, mas também outras doenças, além de poluir o meio ambiente" acrescenta. A partir do dia 19, áreas próximas ao Centro de Saúde Miramar também receberão o trabalho da equipe da zoonoses.

Terça-feira, 12 de Janeiro de 2010
CORAL MOSTRA TALENTOS DOS SERVIDORES
O Coral Arte e Canto, formado por servidores da Prefeitura, promoveu apresentações marcantes em 2009. Com um currículo amplo que inclui participações em diversos eventos, o grupo se apresentou recentemente no Festival Internacional de Corais e na missa de aniversário da cidade, realizada na Catedral da Boa Viagem.
Fundado em 1995, o coral é composto por 30 servidores da saúde, educação, engenharia, administração e assistência social e é regido pelo maestro Leonardo Viana. A servidora Déa Rodrigues, responsável pelo Procon Barreiro há 16 anos, é um exemplo dos talentos que o compõem. Conhecida na regional por sua aptidão artística, a artesã, que faz pinturas, fuxico e aplicações em tecidos, descobriu também o gosto e talento para a música há pouco mais de um ano.
Segundo ela, o interesse em participar do grupo surgiu quando ela viu um convite em um contra cheque. "Fiz inscrição e passei na seleção feita por professores de canto e fonoaudiólogas", relembra.
Novas vagas
O grupo está aberto para receber servidores do sexo masculino. Os interessados devem entrar em contato com Leonardo Viana pelos e-mails leonardo.viana@pbh.gov.br ou geasof@pbh.gov.br.

Sábado, 9 de Janeiro de 2010
BARREIRO TEVE A MAIOR COBERTURA NA CAMPANHA DE VACINAÇÃO
Belo Horizonte apresentou resultados positivos em todas as campanhas de imunização em 2009. A capital mineira conseguiu reverter a tendência de queda e aumentou o índice de cobertura em relação aos anos anteriores em todas as campanhas de vacinação feitas em 2009. A Campanha Nacional de Vacinação contra a gripe ultrapassou a meta de 80% preconizada pelo Ministro da Saúde, com 20 mil idosos imunizados a mais. A cobertura foi de 83% das 285.247 das pessoas acima de 60 anos da capital.
A vacinação das crianças também teve bom desempenho – 86,7% das 140.487 dos menores de cinco anos receberam a vacina contra pólio na primeira etapa e 83% na segunda etapa. A grande mobilização feita na capital assegurou índices superiores aos de 2008, que foi de 82% na primeira etapa.
As crianças também receberam neste ano, pela primeira vez, a vacina contra a meningite meningocócica do tipo C, que foi incorporada no calendário básico de vacinação. Foram 38.429 menores de dois anos imunizados contra a meningite (72,1% de cobertura). O Barreiro foi a regional com maior cobertura (87,2%).

Quinta-feira, 7 de Janeiro de 2010
BARREIRO AMPLIA SERVIÇO DE VARRIÇÃO
Cerca de 140 novas ruas do Barreiro começam a receber o serviço de varrição a partir deste mês. As ruas pertencem aos bairros Jatobá, Pongelupe, Teixeira Dias, Cristiano Rezende, Independência, Santa Cruz, Tirol e Vila Pinho. Moradora do Tirol, Elizabeth Oliveira elogia a iniciativa. "Fiquei muito feliz em ver que a minha rua está limpa. Isso torna o bairro mais agradável, evita ratos, inundações e torna as ruas mais adequadas para as crianças brincarem", comemora.
O trabalho é realizado em todos os 80 bairros da região do Barreiro. Todas as ruas recebem o serviço uma vez na semana. Para fazer a limpeza de mais de duas mil ruas, a Gerência de Limpeza Urbana conta com uma equipe de varrição composta por 102 pessoas, que está sendo ampliada. Além da varrição, são feitas coletas de lixo e capina para manutenção das vias.
A equipe de limpeza urbana conta com a colaboração dos moradores para manter as ruas limpas. "As pessoas precisam ter consciência do papel que deveriam desempenhar como cidadãos. Elas acreditam que a responsabilidade da cidade limpa é exclusividade da Prefeitura, mas a realidade é que o nosso trabalho é feito em vão quando não temos o apoio dos moradores de cada bairro", destaca o gerente regional de limpeza urbana, Cláudio Passos.

Sábado, 2 de Janeiro de 2010
SINE ABRE INSCRIÇÕES PARA CURSOS TÉCNICOS DE NÍVEL PÓS-MÉDIO
O Sine está com inscrições abertas para cursos técnicos de nível pós-médio gratuitos. Os cursos são oferecidos pela Prefeitura em parceria com o Senai, o Senac e a Faculdade São Camilo. Serão disponibilizadas 505 vagas para toda a cidade. Além do curso gratuito, os alunos receberão vale transporte e material didático. Os cursos ofertados são os de técnico em automobilística, confecção industrial do vestuário, mecânica industrial, podologia, saúde e segurança do trabalho, redes de computadores, contabilidade e enfermagem.
Para fazer o curso é necessário ser cadastrado no Sine, morar em Belo Horizonte, ter mais de 17 anos de idade, ensino médio completo e ter em mãos toda a documentação, incluindo a carteira de trabalho. As inscrições podem ser feitas até o dia 15 de janeiro e são acompanhadas de orientação profissional, com apresentação dos cursos.
No início de fevereiro, os candidatos farão uma prova de seleção, com questões de Português e Matemática ou Português e Biologia. Essa prova vai avaliar quem possui os conhecimentos básicos necessários para fazer o curso escolhido.
Os interessados deverão procurar os postos do Sine no Barreiro (rua Barão de Coromandel, 982) ou em Venda Nova (rua Padre Pedro Pinto, 1.055).
Barreiro recebe obras de melhoria do trânsito
Com cerca de 300 mil habitantes e reconhecido pólo comercial e industrial e porta de entrada para várias cidades metropolitanas, o Barreiro tem recebido atenção especial da Prefeitura com relação ao trânsito. Para melhorar a segurança de motoristas e pedestres e aumentar a fluidez, as vias da região têm recebendo diversas intervenções promovidas pela BHTrans, com apoio da Regional Barreiro.
Sinalização horizontal e vertical, mudança na circulação das vias, adaptação de canteiros e calçadas para facilitar o acesso de pessoas com dificuldade de locomoção, criação de rótulas e ampliação de áreas para estacionamento são algumas das melhorias implantadas no bairro Tirol, um dos mais movimentados da região. Os passeios em frente à Escola Municipal Helena Antipoff foram alargados com o objetivo de estreitar a via e possibilitar uma travessia mais rápida e segura para os alunos. Outra via do bairro que será beneficiada nas próximas semanas é a Rua Newton Bonifácio Costa, onde será instalado semáforo. Próximo ao bairro, a esquina das ruas Júlio Mesquita e Paulínia, no Bairro Itaipu já recebeu nova sinalização.
A conclusão da Av. Tereza Cristina, em parceria com o Governo Federal, é uma das intervenções de maior destaque. A avenida vai ligar o Barreiro às regiões Oeste e central da cidade e será mais uma importante opção de acesso. A obra inclui a construção de um viaduto interligando a Avenida Olinto Meireles à Avenida Tereza Cristina. Próximo à obra, foi instalado um radar para aumentar a segurança de motoristas e pedestres.
Parcerias também facilitam a vida de quem transita pelo Barreiro. A V&M do Brasil está construindo novas vias dentro do terreno da empresa. A abertura da av. Deputado Álvaro Antônio teve grande impacto no trânsito da região. Ela liga a Av. Olinto Meireles à Via do Minério e reduziu significativamente as retenções nas vias do entorno. Além de novas vias internas, que em breve devem ser abertas para o trânsito, a empresa construiu uma rua no Bairro das Indústrias, interligando as ruas Dário Faria Tavares, Júlio Correia Pinto, Alfredo Nohmi Filho e Maria de Lourdes Manso, todas, antes, sem saída.
Radares para facilitar o controle do limite de velocidade na Via do Minério e na Av. Olinto Meireles, já estão funcionando. Ligado no dia 01 de setembro, o radar garante mais segurança para o grande número de pedestres que utiliza os pontos de ônibus próximo ao viaduto que dá acesso à região.
O incentivo ao uso de meios de transporte alternativos também faz parte das estratégias da Prefeitura para melhorar o trânsito. No dia 24 de setembro, foi publicado o edital de licitação que prevê a contratação de uma empresa para elaborar o projeto de ciclovias para a cidade, inclusive para a região do Barreiro.
Trânsito seguro no Barreiro
Atravessar e convergir no entroncamento da Av. Waldyr Soeiro Emrich (Via do Minério) com as ruas Aladim Corrêa de Farias e José dos Santos Lage, no Bairro Teixeira Dias está mais seguro a partir desta quinta-feira, dia 14. Com o objetivo de garantir a tranqüilidade de pedestres e melhorar a circulação de veículos no local, foram instalados semáforos e nova sinalização horizontal e vertical.
O Analista de Transporte e Trânsito da BHTrans, Leonardo Barros, explica a importância das medidas. “Os carros que circulavam em qualquer direção tinham quatro possibilidades de sentido: seguir em frente, retornar, convergir à esquerda ou à direita. Com isso, o entroncamento apresentava grandes retenções e possibilidades de atropelamentos e colisões entre veículos”. Em horários de trânsito mais intenso, o fluxo na Via do Minério chega a 2mil veículos por hora. “Era preciso esperar até 15 minutos para atravessar”, relata João Bosco, que mora há mais de 20 anos próximo ao local.
O semáforo foi ligado às 9h e agentes da BHTrans monitoraram o trânsito para orientar os motoristas e avaliar o impacto nos diferentes horários do dia. “A equipe vai continuar o trabalho de monitoramento amanhã para avaliarmos todas as necessidades de ajustes no tempo dos semáforos recém-implantados e dos existentes nos quarteirões próximos”, garantiu Leonardo Barros.
Confira as mudanças
Foram proibidas manobras de retorno na avenida, bem como as conversões à esquerda para a Rua Aladim Corrêa de Faria (sentido bairro) e para a Rua José dos Santos Lage (sentido centro).
O trajeto da Linha 314, que faz o itinerário Estação Diamante/Estação Barreiro – Via Santa Helena, foi alterado somente no sentido Estação Barreiro. Detalhes sobre o novo itinerário são informados no interior dos ônibus e nos pontos de embarque e desembarque. 
 
Para que as melhorias dêem resultado, todos devem respeitar a sinalização.

A BHTRANS dá algumas dicas para que o pedestre realize uma travessia com segurança e tranquilidade:

- Atravesse na faixa de pedestre ou na passarela mais próxima;

- Onde não tiver faixa de pedestre, procure um lugar seguro para atravessar;

- Espere o sinal verde de pedestres e observe se os carros e motos estão parando;

- Antes de atravessar, é mais seguro esperar no passeio e não na rua.

- Sempre olhe para os dois lados antes de atravessar a rua (mesmo em vias de mão única);

- Falar ao celular ou correr na rua aumenta o risco de acidentes;

- Não pule o gradil, ele existe para a sua segurança;

- Ajude crianças, idosos e pessoas com dificuldades de locomoção a atravessarem as ruas.


Dicas para os motoristas:


- Parar ou estacionar sobre a faixa de pedestre aumenta o risco de acidentes;

- Aguarde o pedestre terminar a travessia pra você seguir em frente;

- Reduza a velocidade em locais com muita gente;

- Motoristas e motociclistas são sempre responsáveis pela segurança dos pedestres;

- Onde houver faixa de pedestre e não houver semáforo, a preferência é do pedestre;

- Respeite a faixa de retenção, ela não deve ser ultrapassada;

- O passeio é destinado para a locomoção de pedestres e não para estacionamento de veículos.


Os pedestres que estiverem atravessando a via sobre as faixas têm prioridade de passagem. É o que está previsto no Código de Trânsito Brasileiro e é o que deve ser seguido pelos motoristas. Respeitar a faixa de pedestre é o primeiro passo para uma cidade mais segura
Revitalização de canteiro central valoriza chegada da primavera

Centenas de esportistas que percorrem diariamente a avenida Olinto Meireles, além de milhares de pessoas que transitam de carro e ônibus pelo local, foram surpreendidas com uma bela amostra da chegada da primavera. O canteiro central foi revitalizado e ganhou um novo colorido.

Durante quase 30 dias, dez funcionários da gerência de jardins e áreas verdes se dedicaram à revitalização e ajardinamento de 700 metros do canteiro central da avenida, no trecho entre a Avenida Álvaro Antônio e a Via do Minério.

Uma detalhada restauração do piso dos canteiros proporcionou mais segurança e conforto para os praticantes de caminhada e de cooper. A paisagem natural também foi valorizada. O sistema de irrigação recém-implantado está garantindo que o novo gramado permaneça verde e contraste com as flores dos frondosos ipês rosa que sombreiam a avenida. A moradora do bairro Santa Helena, Laura Carolina, não deixou de notar a diferença e elogiar a iniciativa. “Gostei muito. O Barreiro ficou mais bonito”, observou. A manutenção do canteiro ficará sob responsabilidade da empresa Suggar Eletrodomésticos, que possui uma fábrica na região e acaba de adotá-lo por meio do Programa Adote o Verde.

 

 

Segunda-feira, 17 de Janeiro de 2011

CRTT RECEBE NOVOS MEMBROS.
A Regional Barreiro presidiu no dia 17 de janeiro, a posse dos novos membros da Comissão Regional de Transporte e Trânsito (CRTT). Os 52 representantes foram escolhidos durante as eleições realizadas no mês de junho. A seleção foi realizada entre as cinco sub-regiões do Barreiro. “Aos membros da CRTT cabe a responsabilidade de defender os interesses da população relacionados ao trânsito”, explica o representante da Regional Barreiro, Damião Reis
Há 16 anos no CRTT, Edy Gonçalves, lembra os benefícios conquistados pela comunidade, “houve muitas melhorias no trânsito do Barreiro como o aumento do número de ônibus, somos a única regional com duas estações”. De acordo com Edy, as solicitações mais pedidas pelos moradores são redutores de velocidade, alterações de ponto de ônibus e placas de sinalização.
A cada dois anos o processo é realizado nas regionais. São escolhidos dez representantes de cada sub-região. Os membros devem ser voluntários e ter disponibilidade. Eles são responsáveis por acompanhar as demandas da comunidade e direcioná-las à BHTrans. Neste ano, foram eleitos 52 representes, entre eles estão os titulares e suplentes. Podem participar da eleição do CRTT, pessoas acima de 16 anos e que residam na região.
A Prefeitura disponibiliza uma verba extra destinada ao CRTT. A comissão fica responsável por escolher o direcionamento do dinheiro. “Na medida do possível as petições são ouvidas, o mais importante é poder participar do processo, é através do CRTT que podemos acompanhar de perto o trânsito do Barreiro”, conta Damião. 
 

PREFEITURA MUNICIPAL DE BELO HORIZONTE - 2007 - TODOS OS DIREITOS RESERVADOS
Av Afonso Pena, 1212 - 30130-908 - Belo Horizonte MG Geral: 156 Fax: 31 3224-3099